Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17104
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Antecedentes da intenção de rotatividade: comprometimento organizacional e confiança do empregado na organização
metadata.dc.creator: Carmo, Giselle do
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Aurea de Fátima
metadata.dc.contributor.referee1: Coleta, Marilia Ferreira Dela
metadata.dc.contributor.referee2: Macedo, Kátia Barbosa
metadata.dc.description.resumo: Investigar a intenção de rotatividade do indivíduo no ambiente de trabalho tem surgido como tema de interesse para pesquisadores e profissionais. Isto se deve ao fato de que o contexto organizacional mudou drasticamente nas últimas décadas e o entendimento que o profissional possui em relação ao que esperar da organização também mudou. Dessa forma, este estudo teve como objetivo testar um modelo que considerava Comprometimento Organizacional (Afetivo, Calculativo e Normativo) e Confiança do empregado na Organização como antecedentes de intenção de rotatividade. A amostra foi composta de 139 empregados de diferentes empresas e segmentos que responderam a escalas válidas e consistentes: Comprometimento Organizacional (Afetivo, Calculativo e Normativo), Confiança do empregado na Organização e Intenção de Rotatividade. Além das escalas, elaborou-se um questionário sobre dados pessoais e profissionais. As respostas codificadas foram submetidas a análises descritivas e de regressão múltipla, tendo a medida de Intenção de Rotatividade como variável consequente. Para testar o modelo foi realizada uma análise de regressão múltipla Stepwise. O modelo proposto foi parcialmente confirmado. Os resultados indicaram que o Comprometimento Organizacional Afetivo explica 50% da variância de Intenção de Rotatividade. A variável Perdas de Investimento explica 6%, e a variável Normas relativas à Demissão explica 2% variância de Intenção de Rotatividade. Os resultados foram discutidos à luz da literatura da área, tendo sido comparados com resultados de outros estudos empíricos. As conclusões deste estudo corroboram os achados da área e sugestões para novas pesquisas foram propostas.
Abstract: Investigating turnover intention in the work place has been the topic of many studies and professionals. This is due to the fact that the organizational context has changed dramatically over the past decades and a professional s understanding of what to expect from the organization has also changed. The present study aims at testing a model which considered the Organizational Commitment (affective, calculative and normative) and the Trust of the employee to the organization as an antecedent to Turnover Intention. The sample comprises of 139 employees from different companies and segments who answered consistent and validated scales: Organizational Commitment (affective, calculative and normative), Trust of the employee to the organization and Turnover Intention. Not only were the scales developed, but also a questionnaire about personal and professional data. Descriptive analyses and multiple regressions have been, then, carried through, considering the measure of Turnover Intention as a dependent variable. In order to test the model, it was conducted a Stepwise multiple regression analysis. The proposed model was partially confirmed. The results indicates that the affective organizational commitment explain 50% of the variance of Turnover Intention. The variable Losses of Investment explain 6%, and the variable Norms relative to the Resignation explain 2% of the variance of Turnover Intention .These results were analyzed and compared with others empirics studies, and the conclusions corroborate findings in the Organization Behaviors. Further researches were proposed.
Keywords: Comprometimento organizacional (afetivo, calculativo e normativo)
Confiança do empregado na organização
Intenção de rotatividade
Organizational commitment (affective, calculative and normative)
Trust of the employee to the organization
Turnover intention
Trabalho - Aspectos psicológicos
Comportamento organizacional
Psicologia social
Psicologia industrial
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: CARMO, Giselle do. Antecedentes da intenção de rotatividade: comprometimento organizacional e confiança do empregado na organização. 2009. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17104
Issue Date: 13-Nov-2009
Appears in Collections:PGPSI - Mestrado em Psicologia Aplicada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Giselle.pdf935.54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.