Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17087
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Educação profissional de nível médio: estudo exploratório numa amostra de alunos, a respeito dos motivos para aprendizagem e níveis de raciocínio inferencial
metadata.dc.creator: Santos, Renata Macedo
metadata.dc.contributor.advisor1: Lopes, Renata Ferrarez Fernandes
metadata.dc.contributor.referee1: Maimone, Eulália Henriques
metadata.dc.contributor.referee2: Gomide Junior, Sinésio
metadata.dc.contributor.referee3: Montagnero, Alexandre Vianna
metadata.dc.description.resumo: A educação profissional de nível médio foi foco do presente trabalho, por ser, hoje, bastante procurada, tendo em vista ser uma modalidade de ensino conveniente. Qualifica o trabalhador, num curto espaço de tempo, contribuindo, assim, para a formação de indivíduos críticos e conscientes do seu papel na sociedade e no mercado de trabalho. Os resultados encontrados aqui ilustram que a população feminina nesses cursos é bem maior, com predominância por uma procura de cursos técnicos da área da saúde. A maioria desses alunos é um pouco mais velha que a média para o nível de escolarização, com média de 25 anos de idade. Trabalham e estudam ao mesmo tempo e já interromperam os estudos. De forma geral, a amostra observada teve desempenho sensivelmente superior à média para estudantes do estado de Minas Gerais no RIn Teste de Raciocínio Inferencial, não sendo identificadas diferenças de desempenho significativas entre homens e mulheres, no que tange ao raciocínio inferencial.Em relação à motivação para aprendizagem, na nossa amostra, os meninos apresentaram-se mais orientados à meta aprender, com maior busca por atividades acadêmicas desafiadoras e a busca de atividades escolares que por si só já são recompensadoras que as meninas. Elas se apresentaram mais orientadas à meta performance aproximação, contrariando estudos apresentados para validação da Escala de Motivação para Aprendizagem. (EMAPRE). Ou seja, as meninas são mais orientadas ao comportamento de quererem ser as melhores da classe ou parecerem inteligentes. Observou-se ainda que quanto mais velha a amostra, mais tempo fora da escola e ainda menor o desempenho nas séries A e D do RIn ( Teste de Raciocínio Não Verbal). E que quanto mais velha a pessoa, mais dirigida à meta aprender esta se encontra. Constatou-se, ainda, que a inteligência é apenas mais um dos fatores responsáveis pela motivação do aluno e pelo seu desempenho em sala de aula, principalmente com alunos adultos e numa sala de aula de curso técnico profissionalizante. A autoeficácia, a crença de que cada um tem sobre sua própria inteligência e esforço também são fundamentais para que o aluno se mantenha mais motivado. Podemos concluir que os resultados obtidos nesse trabalho, foram, em grande parte, congruentes com os relatados nas pesquisas consultadas sobre o tema.
Abstract: Professional education in medium level was the focus of this study, for being chosen, due it is a convenient teaching modality. It qualifies the worker in a short time and therefore it contributes to formation of critical individuals concerned to their role in the society and in work market. Fond data show that girls predominate in these courses, mainly in health technical courses. Most of these students are a little older than the average for the schooling level, 25 years old. They work and study at the same time and have already interrupted their school permanence. In a general way, the sample had a performance significantly above average for students in Minas Gerais state in RIn test and significant differences between boys and girls were not identified in this item. But concerning to motivation, in our sample, boys showed themselves as more oriented to learning goal and have looked for academic activities which represented bigger challenges and they considered that academic activities were rewarding by themselves, more than girls. The girls were more oriented to performance-approximation goal, in opposition do results for validation of Learning Motivation Scale. That is, girls behavior is directed to be the best In the class or to seem themselves as intelligent ones. It was observed that older was the sample more time out of school e worst performance in A and D series of RIn test (Non verbal reasoning test). Older the person more interested to learn she is. It was shown also that intelligence is merely a factor responsible for student motivation and class performance, mainly when they are adult in a technical and professional school. Self-effectiveness, everyone beliefs their own intelligence and effort are also basic in order that the student keep motivation. We can conclude that the results of this search are quite similar to those reported in literature on this subject.
Keywords: Educação profissional
Inteligência
Motivação para aprendizagem
Motivação intrínseca
Motivação extrínseca
Professional education
Motivation
Intrinsic motivation
Extrinsic motivation
Intelligence
Ensino profissional
Inteligência
Motivação (Psicologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: SANTOS, Renata Macedo. Educação profissional de nível médio: estudo exploratório numa amostra de alunos, a respeito dos motivos para aprendizagem e níveis de raciocínio inferencial. 2009. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17087
Issue Date: 4-Sep-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
renata.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.