Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17004
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Resistência de união à cerâmica e avaliação de propriedades químico-mecânicas e ópticas de cimento resinoso fotoativado contaminado por agentes hemostáticos
metadata.dc.creator: Araújo, Isabela Sousa de
metadata.dc.contributor.advisor1: Prado, Célio Jesus do
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Gisele Rodrigues da
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Raposo, Luís Henrique Araújo
metadata.dc.contributor.referee1: Santos Filho, Paulo César de Freitas
metadata.dc.contributor.referee2: Orsi, Iara Augusta
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o grau de conversão, estabilidade de cor, composição química e resistência de união de cimento resinoso fotoativado (Variolink Veneer, Ivoclar Vivadent) contaminados com três diferentes agentes hemostáticos (Hemostop, ViscoStat e ViscoStat clear). As amostras foram preparadas para o grupo controle (cimento resinoso não contaminado) e grupos experimentais (cimento resinoso contaminado por uma solução hemostática) de acordo com os grupos. Para o grau de conversão (n = 5) e análise de cor (n = 10), as amostras (3 mm de espessura e 2 mm de diâmetro) foram avaliadas usando um infravermelho com transformação de Fourier (FTIR) e espectrofotometria (analisado pelo sistema CIElab (L * a * b *)), respectivamente. Para a análise química elementar (n = 1), as amostras (2 mm de espessura e 6 mm de diâmetro) foram avaliadas por meio de espectroscopia de energia dispersiva por emissão de raio X (EDS). A resistência de união entre os grupos foi avaliada pelo teste de microcisalhamento (n = 20) em substrato cerâmica reforçada por leucita (IPS Empress Cad LT A1), seguida de análise do modo de falha por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os valores médios, exceto para o modo de falha e avaliação química elementar, foram avaliados através do teste de variância ANOVA one-way para o grau de conversão e ANOVA com parcela subdividida para os testes de cor e resistência de união, seguidos pelo teste de Tukey. O grupo VS apresentou maior grau de conversão do cimento (P<0.01), a cor foi influenciada pela contaminação (P<0.01) assim como o envelhecimento (P<0.01) causando a instabilidade de cor de todos os grupos, uma vez que o grupo VC seguido pelo HS apresentaram maiores valores de &#61508;E (P<0.01). A resistência de união foi alterada pela contaminação (P<0.01), o grupo CT apresentou maior resistência de união com predominância de falha AD. Na avaliação química, nos grupos VC e HS houve a presença de alumínio, cloro e cálcio além dos componentes presentes do cimento não contaminado. Já no grupo VS os elementos em destaque foram o ferro e o enxofre. Considerando as limitações desse estudo, concluiu-se que os agentes hemostáticos influenciam nas propriedades do cimento resinoso fotoativado negativamente, porém quando existir a necessidade de lançar mão de hemostáticos, convém utilizar o Hemostop, que foi a solução que apresentou resultados mais próximos ao grupo controle nesse estudo.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the degree of conversion, color stability, chemical composition, and bond strength of a light-cure resin cement (Variolink Veneer, Ivoclar Vivadent) contaminated with three different hemostatic solutions ( Hemostop, Viscostat and Viscostat Clear). Specimens were prepared for the control (uncontaminated resin cement) and experimental groups (resin cement contaminated with one hemostatic solution) according to the tests. For the degree of conversion (n=5) and color analysis (n=10), specimens (3 mm thick and 2 mm in diameter) were evaluated using a Fourier infrared transform spectroscopy (FTIR) and spectrophotometer (analyzed in the CIElab system (L * a * b *) respectively. For the elemental chemical analysis (n=1), specimens (2 mm thick and 6 mm in diameter) were evaluated using x-ray energy dispersive spectroscopy (EDS). The bond strength of the groups was assessed by microshear test (n=20) in a leucite-reinforced glass ceramic substrate (IPS Empress Cad LT A1), followed by analysis of the failure mode using scanning electron microscopy (SEM). The mean values, except for the elemental chemical evaluation and failure mode, were evaluated using split plot ANOVA and Tukey post hoc analysis. Contamination with ViscoStat increased cement degree of conversion, the color was influenced by contamination and aging caused the instability of color all groups and the bond strength was negatively influenced by contaminants.
Keywords: Análise de cor
Cimento resinoso
Grau de conversão
Resistência adesiva
Agentes hemostáticos
Bond strength
Chemical elemental analysis
Color analysis
Degree of conversion
Hemostatic solutions
Light-cure resin cement
Cimentos dentários
Materiais dentários
Restauração (Odontologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: ARAÚJO, Isabela Sousa de. Resistência de união à cerâmica e avaliação de propriedades químico-mecânicas e ópticas de cimento resinoso fotoativado contaminado por agentes hemostáticos. 2015. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17004
Issue Date: 11-Feb-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ResistenciaUniaoCeramica.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.