Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16915
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Correlação entre prevalência de disfunção temporomandibular, variáveis oclusais, hábitos parafuncionais e tratamento ortodôntico em universitários
metadata.dc.creator: Ferreira, Fabiane Maria
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes Neto, Alfredo Júlio
metadata.dc.contributor.referee1: Simamoto Júnior, Paulo Cézar
metadata.dc.contributor.referee2: Nóbilo, Mauro Antônio de Arruda
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo foi determinar prevalência de Disfunção Temporomandibular (DTM) entre alunos da Universidade Federal de Uberlândia, e ainda correlacionar tal prevalência com variáveis oclusais, hábitos parafuncionais, e tratamento ortodôntico prévio. Obteve-se amostra de 201 universitários após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Foi realizado preenchimento do critério diagnóstico denominado Research Diagnostic Criteria (RDC), que possibilitou classificar os universitários em dois grupos: portadores de dor miofascial (G-DM) e/ou portadores de deslocamento de disco (G-DD). Durante análise oclusal, considerou-se alterações morfológicas: overjet e overbite acentuados, mordida cruzada e mordida aberta, enquanto discrepância entre posição de relação cêntrica (RC) e máxima intercuspidação habitual (MIH), interferências latero e mesiotrusivas, interferência durante protrusão e limitação de abertura bucal, foram considerados distúrbios funcionais. Bruxismo, apertamento dental, e realização de tratamento ortodôntico prévio foram considerados apenas pelo auto-relato de cada participante. Testes X2 e análise de regressão logística foram utilizados para tratamento estatístico dos dados. Dor miofascial estava presente em 18,4% dos universitários, e 12,4% foram classificados para o grupo G-DD. Apertamento dental foi o único hábito parafuncional estatisticamente associado com DTM, por ambos os testes estatísticos (p=,000; OR= 4,236). Dentre as variáveis oclusais, somente overjet demonstrou correlação com o Grupo G-DM. Nenhuma associação entre alteração funcional e DTM foi observada. Análise de regressão desenvolvida para o grupo G-DD, possibilitou encontrar associação entre tratamento ortodôntico e deslocamento de disco com redução (p=,008; OR= 15,477). Concluiu-se que prevalência de DTM na população universitária foi baixa, e que Overjet e apertamento dental estiveram correlacionados com G-DM. Tratamento ortodôntico prévio demonstrou associação significativa apenas com o grupo G-DD.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the prevalence of Temporomandibular Disorders (TMD) between students of Federal University of Uberlandia, and correlate this prevalence with occlusal variables, functional habits, and previous orthodontic treatment. After application of the inclusion and exclusion criteria, 201 undergraduates were selected. Research Diagnostic Criteria (RDC), was used to classified students into two groups: patients with myofascial pain (G-DM) and / or patients with disc displacement (DD-G). Occlusal analysis considered as morphological variables: overjet, overbite, crossbite and open bite. Discrepancy among retruded contact position (RCP) and maximum intercuspation (MI), and laterotrusive and mediotrusive interferences, posterior interference during protrusion and limitation of mandibular opening were considered functional disorders. Bruxism, clenching and previous orthodontic treatment were considered only by self-report of each patient. Chi-square and logistic regression analysis were used for statistical processing of data. According RDC, 18.4% of students had myofascial pain (G-DM) and 12.4% were classified to the group G-DD. Clenching showed significant associated with TMD, by both statistical tests (p = .000, OR = 4.236). Among the variables oclusal, only overjet presented to correlate with GDM. No association between TMD and functional variables was observed. Logistic regression analysis met possible association between orthodontic treatment and disc displacement with reduction (p =, 008, OR = 15.477). Based on these results, prevalence of TMD in university population was low, and Overjet and clenching were associated with G-DM. Previous orthodontic treatment showed association with G-DD.
Keywords: Disfunção temporomandibular
Epidemiologia
Oclusão
Temporomandibular disorders
Epidemiology
Occlusion
Articulação temporomandibular - Doenças
Oclusão (Odontologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: FERREIRA, Fabiane Maria. Correlação entre prevalência de disfunção temporomandibular, variáveis oclusais, hábitos parafuncionais e tratamento ortodôntico em universitários. 2010. 134 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16915
Issue Date: 23-Feb-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
parte1.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open
parte2.pdf7.18 MBAdobe PDFView/Open
parte3.pdf6.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.