Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16893
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise epidemiológica dos traumatismos dentários em dentição permanente em Goiânia
metadata.dc.creator: Guedes, Orlando Aguirre
metadata.dc.contributor.advisor1: Estrela, Carlos
metadata.dc.contributor.referee1: Biffi, João Carlos Gabrielli
metadata.dc.contributor.referee2: Barletta, Fernando Branco
metadata.dc.description.resumo: Avaliou-se os aspectos epidemiológicos das injúrias traumáticas na dentição permanente em uma amostra de 847 pacientes atendidos pelo Serviço de Urgência da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás, entre os anos de 2000 e 2008. O tratamento estatístico analisou os dados frente a distribuição de freqüência, Qui-quadrado e regressão logística múltipla. O nível de significância foi de p<0,05. Os resultados mostraram uma maior ocorrência entre os indivíduos do gênero masculino (72,01%), na faixa etária 6-10 anos. A fratura coronária sem exposição do tecido pulpar (502; 26,95%), avulsão (341; 18,30%) e fratura coronária com exposição pulpar (330; 17,71%) constituíram nas injúrias traumáticas mais prevalentes. A prevalência das injúrias traumáticas ao longo dos meses do ano mostrou-se proporcional, sendo observado um maior número de casos entre os meses de julho a setembro (249; 29,39%). O dente mais comumente afetado foi o incisivo central (65,65%), seguido pelo incisivo lateral (19,67%). Em 311 participantes (18,25%) apenas um dente estava envolvido, enquanto que a maioria dos pacientes (536; 81,75%), injúrias dentárias ocorreram em mais de um dente. Significativa proporção (82,27%) dos dentes traumatizados apresentava os ápices radiculares completamente formados. Os principais fatores etiológicos envolvidos nos traumatismos dentários foram as quedas (51,71%), acidentes automobilísticos (22,90%), e violência (5,67%). Políticas de promoção em saúde devem ser institucionalizadas, capaz de estimular a criação de ambientes seguros e divulgar protocolos de adequado manejo dos traumatismos dentários.
Abstract: Epidemiologic aspects of traumatic dental injuries were evaluated in permanent dentition in a sample of 847 patients treated at the Emergency Service at the Dentistry School of the Federal University of Goias (UFG), from year 2000 to 2008. The statistical treatment analyzed data from frequency distribution, chi-square test and multiple logistic regression. The level of significance was p<0,05. The results showed a greater incident among males (72,01%) with the mean age of 6-10 year-old. The crown fracture without pulp exposure (502; 26,95%), avulsion (341; 18,30%) and crown fracture with pulp exposure (330; 17,71%) constituted the most prevalent traumatic dental injuries. The prevalence of traumatic injuries throughout the years showed proportionality, being observed a greater number of cases between July and September (249; 29,39%). The most affected tooth was the central incisors (65,65%), followed by the lateral incisors (19,67%). In 311 participants (18,25%), only one tooth was involved, while in most of the patients (536; 81,75%), traumatic dental injuries occurred in more than one tooth. Significant proportion (82,27%) of traumatized teeth presented root apex completely formed. The main etiologic factors involved in dental traumatism were falls (51,71%), motor vehicle accidents (22,90%) and violence (5,67%). Politics of health promotion have to be institutionalized, capable to stimulate the creation of secure environments and spread protocols of appropriate management of traumatic dental injury.
Keywords: Traumatismo dentário
Epidemiologia oral
Prevenção
Traumatic dental injury
Epidemiology oral
Prevention
Traumatismos dentários
Traumatismos dentários - Epidemiologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: GUEDES, Orlando Aguirre. Análise epidemiológica dos traumatismos dentários em dentição permanente em Goiânia. 2009. 192 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16893
Issue Date: 21-Aug-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
orlando.pdf1.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.