Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16767
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Uma abordagem fonológica da segmentação na escrita de alunos do ensino fundamental II
metadata.dc.creator: Brandão, Maria Hellen
metadata.dc.contributor.advisor1: Magalhães, José Sueli de
metadata.dc.contributor.referee1: Cristianini, Adriana Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Dermeval da Hora
metadata.dc.description.resumo: Neste trabalho, apresentamos um estudo sobre segmentações não-convencionais do tipo hipossegmentação, hipersegmentação e segmentação híbrida na escrita de alunos de 7o ano do Ensino Fundamental II. Estruturas como denovo, grafada para \"de novo\"; subi solo, grafada para \"subsolo\"; e derre pente, grafada para \"de repente\" caracterizam, respectivamente, esses fenômenos. A partir de dados retirados de um corpus constituído por 640 textos, escritos em contexto de sala de aula, fizemos uma descrição e análise geral das estruturas segmentadas de forma não-convencional, buscando entender o porquê de alunos desse nível de escolarização ainda segmentarem palavras de forma não convencional. Objetivamos, com o entendimento desses fenômenos, disponibilizar a professores (as), de Ensino Fundamental, informações sobre o funcionamento da língua, especificamente, acerca de processos fonológicos dos quais podem decorrer as segmentações não-convencionais, juntamente com uma proposta didática que lide com esses fenômenos. Dentre as discussões teóricas que nos subsidiaram, encontram-se a proposta feita por Bisol (1999) para tratar a sílaba no português brasileiro; a de Hayes (1995) sobre o acento e a abordagem de Bisol (1999,2005), fundamentada em Nespor e Vogel (1986), sobre a hierarquia prosódica. Valemonos ainda de estudos feitos por Cunha (2004), Tenani (2011) e Silva (2014) sobre segmentações não-convencionais. Os resultados obtidos, neste estudo, revelaram um número significativo de estruturas hipossegmentadas, 67,2% do total dos dados, contra 32,3% de casos de hipersegmentação e 0,5% apenas duas estruturas de segmentação híbrida. Com base nas descrições e análises feitas, ficou evidenciado que a maior parte das estruturas tanto hipossegmentadas quanto hipersegmentadas envolve uma palavra gramatical um clítico. Desse resultado, inferimos que a dificuldade de segmentação, na população investigada, diz respeito ao uso dos elementos clíticos. Em virtude disso, propusemos as atividades que compõem a proposta didática, buscando destacar a segmentação adequada desse tipo de palavra, por meio do uso do espaço em branco e do hífen. Em relação ao segundo recurso gráfico referido, objetivou-se trabalhá-lo somente na separação de sequências constituídas de verbo + pronome em posição enclítica.
Abstract: In this work, we present a study about unconventional segmentations such as hyposegmentation, hypersegmentation and hybrid segmentation in texts written by 7th year students from the Elementary School II. Structures like \'denovo\', \'subi solo\' and \'derre pente\' replacing \"de novo\", \"subsolo\" and \"de repente\", respectively, characterize these phenomena. From data extrated of a corpus constituted by 640 texts, written in the classroom, we made a description and a general analysis of the structures segmented in a non conventional way, in order to understand why students of this level of education are still segmenting words unconventionally. We aim, with the understanding of these phenomena, to make available to teachers from elementary school information on the functioning of the language, specifically, about phonological processes which may promote non conventional segmentations, along with a didactic proposal that deals with these phenomena. Among the theoretical discussions that subsidized us, are the proposal made by Bisol (1999) for the syllable treatment in brazilian portuguese; the Hayes\' (1995) proposal on the stress use and the Bisol\'s approach (1999,2005), grounded on Nespor and Vogel (1986), on the prosodic hierarchy. We also used studies done by Cunha (2004), Tenani (2011) and Silva (2014) on non conventional segmentations. The results of this work revealed a significant number of hyposegmentation cases: 67.2 percent of total data, contrasting with 32.3 percent of hypersegmentation cases and 0.5 percent of hybrid segmentation, which represent only two cases. Based on the descriptions and analysis made, it was evident that most hyposegmented and hypersegmented structures involves a grammatical word a clitic. From this result, we infer that the difficulty of the investigated population on segmenting is related to the use of clitic elements. Because of this, we purposed the activities that compose the didactic proposal, seeking to emphasize the appropriate segmantation of this kind of word, through the use of blank space and hyphen. About the second graphic sign referred, we aimed to instruct its use only to separate sequences formed by verb + pronoun in enclitic position
Keywords: Segmentação não-convencional
Hipossegmentação
Hipersegmentação
Segmentação híbrida
Palavras gramaticais
Proposta didática
Non conventional segmentation
Hyposegmentation
Hypersegmentation
Hybrid segmentation
Grammatical words
Didactic proposal
Linguística
Escrita
Palavras e expressões
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras (Mestrado Profissional)
Citation: BRANDÃO, Maria Hellen. Uma abordagem fonológica da segmentação na escrita de alunos do ensino fundamental II. 2015. 201 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16767
Issue Date: 20-Jul-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Letras (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AbordagemFonologicaSegmentacao.pdf5.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.