Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16735
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Perfil de quimiocinas e citocinas séricas em recém-nascidos com diferentes manifestações da toxoplasmose congênita ocular
metadata.dc.creator: Araújo, Thádia Evelyn de
metadata.dc.contributor.advisor1: Martins Filho, Olindo Assis
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Ferro, Eloisa Amália Vieira
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo caracterizou as primeiras mudanças nas assinaturas e redes de quimiocinas e citocinas séricas de lactentes portadores de toxoplasmose congênita (TOXO), em comparação aos controles não infectados (NI). Grupo TOXO foi subdivididos de acordo com o status de lesão retinocoroidal como sem lesão (SL), lesão ativa (RA), lesão cicatricial e ativa (RAC) e lesão cicatricial (RC). Os resultados mostraram que TOXO exibiu um perfil proeminente de quimiocinas mediada por IL-8/CXCL8, MIG/CXCL9, IP-10/CXCL10 e RANTES/CCL5. Além disso, enquanto IL-8/CXCL8 e IP-10/CXCL10 são biomarcadores gerais associados com lesão ocular, MIG/CXCL9 aparece com um biomarcador seletivo para lesão retinocoroidal ativa. Além disso, TOXO é caracterizado por um padrão de citocinas misto com ação pró-inflamatória /reguladora mediada por IL-6, IFN-, IL-4, IL-5 e IL-10. Enquanto o TNF aparece como um biomarcador putativo para SL e IFN-e IL-5, como característica imunológica para RA, IL-10 surge como um mediador relevante em RAC/RC. Assinaturas de biomarcadores séricos corroboram que TOXO é acompanhado por uma produção profícua de quimiocinas/citocinas com um amplo conjunto de mediadores pró-inflamatórios/ reguladores. IL-8 / CXCL8 e IP-10 / CXCL10 são indicadores de amplo espectro de doença ocular, enquanto TNF é um biomarcador para SL, IFN- e MIG/CXCL9 apontam para RA e IL-10 é destacada como um excelente biomarcador sérico de ACRL/CRL. A análise da rede de biomarcadores demonstrou um número amplo de cruzamentos entre quimiocinas/ citocinas mediados por correlações negativas observadas em TOXO contrastado com a pequena ponte de IL-10 observada na rede de biomarcadores de SL. Adicionalmente, na rede de RA observa-se um encurtamento claro de conexões vizinhas, enquanto SL e RC apresentou uma rede equilibrada, da mesma forma que observamos em NI. No entanto, este novo equilíbrio de rede, semelhante ao observado em NI é suportado por uma assinatura de quimiocinas/citocinas distinta em SL e RC. Com isso, concluímos que lactentes infectados com T. gondii produzem uma ampla gama de biomarcadores que caracterizam os diferentes tipos de lesão da toxoplasmose, o que pode auxiliar no prognóstico e diagnóstico da doença.
Abstract: This study describes the first changes signatures and networks of chemokines and cytokines serum of patients with congenital toxoplasmosis infants (TOXO), compared to non infected controls (NI). TOXO group was divided according to retinochoroidal injury status: without injuty (SL), active injury (RA), scar and active injury (RAC) and scar injury (RC). The author found out that TOXO displays an outstanding profile of chemokine mediated by IL-8/CXCL8, MIG/CXCL9, IP-10/CXCL10 e RANTES/CCL5. WHILE il-8/cxcl8 AND ip-10/cxcl10 are general biomarkers associated with ocular injury MIG/CXCL9 appears with an active selection biomarker for retinlchoroidal injury. Furthermore, TOXO is characterized by a mixed pattern of cytokines with proinflamatory/regulatory action mediated by IL-6, IFN-, IL-4, IL-5 e IL-10. While TNF appears as a putative biomarker for SL and IFN-e IL-5 as immunological characteristic of RA, IL-10 appears as an important mediator in RAC/RC. Signatures of serum biomarkers confirm that TOXO is accompanied by a significant storm of chemokines/cytokines with a wide range of proinflamatory/regulatory mediators. IL-8/CXCL8 e IP-10/CXCL10 are indicators of broad ocular disease spectrum, while TNF is a biomarker for SL, IFN- and MIG/CXCL9 point for RA and IL-10 is highlighted as an excellent serum biomarker of ACRL/CRL. In the RA network a clear shortening neighboring connections are observed, while SL and CR showed a balanced network, as it was observed in NI. This network balancing, however, similar to the one observed in NI is supported by a signature of chemokines/cytokines in separate SL and CR. Thus, we concluded that infants infected with T. gondii produce a wide range of biomarkers that characterize the different types of toxoplasmosis lesion, which may assist in prognosis and diagnosis of the disease.
Keywords: Toxoplasmose congênita
Retinocoroidite
Lactentes
Biomarcadores
Congenital toxoplasmosis
Retichoroiditis
Infants
Biomarkers
Olhos - Doenças
Marcadores biológicos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA::IMUNOLOGIA APLICADA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Citation: ARAÚJO, Thádia Evelyn de. Perfil de quimiocinas e citocinas séricas em recém-nascidos com diferentes manifestações da toxoplasmose congênita ocular. 2016. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16735
Issue Date: 29-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PerfilQuimiocinasCitocinas.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.