Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16716
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Papel do MHC de classe II na biogênese do vacúolo parasitóforo de Leishmania amazonensis e seu impacto no curso da infecção in vivo
metadata.dc.creator: Silva, Fabiana
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Maria Aparecida de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Cláudio Vieira da
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Fernando Lourenço
metadata.dc.contributor.referee2: Barbosa, Bellisa de Freitas
metadata.dc.description.resumo: L. amazonensis são protozoários intracelulares obrigatórios, fagocitados por células de defesa do hospedeiro mamífero e se multiplicam em compartimentos ligados a membrana chamados de vacúolos parasitóforos (VP). Estes sofrem um processo de maturação que inclui fusões com vesículas da via endocítica conferindo uma natureza hibrida, induzindo a formação de vacúolos grandes que podem conter até 30 amastigotas. A biogênese do VP envolve aquisição de marcadores de membrana de endossomos tardios, como LAMPs, Rab GTPases, catepsina, próton ATPases, e MHC classe II. Nestes VPs as moléculas de MHC II se localizam no mesmo sitio de ligação da forma amastigota de L. amazonensis, as quais são capazes de degradar essa molécula dentro megassomo. Neste contexto, objetivamos verificar se a molécula de MHC II é importante na biogênese do VP e se sua ausência afetaria o curso da infecção. Para isso realizamos ensaios in vivo nos quais infectamos patas de camundongos C57BL/6 nocautes pra MHC II (mhcii -/-) e wild type (WT), e após 6 semanas de infecção, coletamos baço, linfonodo poplíteo e pata para analise histopatológica, perfil de citocinas e carga parasitária. Além disso, realizamos ensaio de multiplicação, nos tempos de 72, 96 e 120 horas, com macrófagos peritoneais de camundongos mhcii-/- e WT infectando-os via intraperitoneal, com a forma amastigota de L. amazonensis. Os resultados da análise histológica mostraram que os animais mhcii-/- infectados não apresentaram diferença significativa em relação aos animais WT. Em relação a produção de citocinas, os resultados mostraram aumento na produção das citocinas IL-4 e IL-12 nos animais mhcii-/- e aumento mais significativo na produção de IFN-γ nos animais WT, havendo ainda redução de TNF-α nos dois grupos analisados. Já no ensaio de multiplicação com macrófagos peritoneais houve diminuição na área do vacúolo parasitóforo e menor carga parasitária nos animais mhcii-/- em comparação aos animais WT. Portanto, o processo de colocalização das moléculas de MHC II na membrana do VP parece não ser apenas um mecanismo de subversão do parasita, visto que na ausência desta molécula houve diminuição altamente significativa da área do VP e menor carga parasitária, caracterizando menor progressão da doença em comparação aos animais WT. Assim, acreditamos que a molécula de MHC II pode ter também um importante papel na biogênese deste VP.
Abstract: L. amazonensis are obligate intracellular protozoan, engulfed by host immune cells and multiply in membrane-bound compartments called parasitophorous vacuole (PV). These undergo a maturation process that includes the endocytic vesicles fusions conferring via a hybrid nature, inducing the formation of large vacuoles which may contain up to 30 amastigotes. The VP biogenesis involves acquisition of late endosomes membrane markers as lamps, Rab GTPases, cathepsin, proton ATPases, and MHC class II. In these VPs MHC II molecules are located in the same binding site of L. amazonensis amastigotes, which are able to degrade this molecule in megassomos. In this context, we aimed to verify whether the MHC II molecule is important in the VP biogenesis and his absence would affect the course of infection. For this we performed in vivo assays in which we infect Paws of MHC II (mhcii-/-) knockouts and wild type (WT) C57BL / 6, and after 6 weeks of infection, we collected spleen, popliteal lymph node and paw for histopathological analysis, cytokine profile and parasitic load. In addition, we made a multiplication assay, in times of 72, 96 and 120 hours, with peritoneal macrophages of mice mhcii-/- and WT infecting them via intraperitoneal, with amastigotes of L. amazonensis. The results of the histological analysis showed that infected animals mhcii-/- showed no significant difference compared to WT mice. Regarding cytokine production, the results showed increased production of IL -4 and IL -12 in mhcii-/- animal and more significant increase in IFN-γ in WT animals, even with a reduction of TNF- α in two groups analyzed. In the proliferation assay with peritoneal macrophages, it was observed decreased in the parasitophorous vacuole area and lower parasite load in mhcii-/- animals compared to WT mice. Therefore , the process of colocalization of MHC II molecules on the membrane of the VP seems to be not only a mechanism of subversion of the parasite , whereas in the absence of this molecule was highly significant decrease in the VP area and lower parasite load , featuring less progression of disease compared to WT mice. Thus, we believe that the MHC II molecule may also play a role in the biogenesis of the VP.
Keywords: Leishmania amazonensis
Vacúolo parasitóforo
Molécula MHC classe II
Parasitophorous vacuole
MHC class II molecule
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA::IMUNOLOGIA APLICADA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Citation: SILVA, Fabiana. Papel do MHC de classe II na biogênese do vacúolo parasitóforo de Leishmania amazonensis e seu impacto no curso da infecção in vivo. 2014. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16716
Issue Date: 9-Jun-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PapelMHCClasse.pdf769.89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.