Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16483
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Mississippi em Chamas e Panteras Negras no intervalo entre História e cinema
metadata.dc.creator: Batista, Kássius Kennedy Clemente
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramos, Rosangela Patriota
metadata.dc.contributor.referee1: Ramos, Alcides Freire
metadata.dc.contributor.referee2: Costa, Rodrigo de Freitas
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho analisa duas produções cinematográficas: Mississippi em Chamas (1988), de Alan Parker, e Panteras Negras (1995), de Mario Van Peebles. O objetivo é avaliar a maneira como estes diretores trabalharam temas de grande relevância histórica e a forma como os telespectadores e críticos os recepcionaram. Estes filmes se ocupam, por exemplo, da segregação racial e da luta pelos direitos civis ocorridas nos Estados Unidos. Estes temas, como se sabe, foram alvos de grandes polêmicas, e parte delas foi suscitada pelos dois filmes aqui mencionados. Este estudo tem por âncora várias questões: em que medida estas obras podem ser entendidas como narrativas históricas ? O papel do diretor pode ser equiparado ao do historiador? Como as verdades que estes filmes instituem são recepcionadas pelo telespectador, e quão variáveis podem ser os posicionamentos por parte da crítica? Para lidar com estas indagações, optou-se por investir na relação entre História e Cinema, o que incentiva a revisão de antigos e intermináveis debates, sobretudo aquele que envolve o par História/Ficção.
Abstract: This study analyzes two cinematographic productions: Alan Parker s Mississippi Burning and Mario Van Peebles Panther. The aim is to evaluate how these directors work themes of great historic relevance and how the viewers and the critics received them. These Movies occupy themselves, for instance, of racial segregation and the fight for the civil rights occurred in the United States. These themes, how known, were target of big polemics, and part of them was created by both movies mentioned here. This study has many questions as anchors: how much these works can be understood by historic narratives ? The director s role can be compared to the historian s? How the truths instituted by these movies are received by the viewer, and how variable can be the critical placements? To deal with these inquiries, it s been chosen to invest in the relation between History and Cinema, what encourages the review of articles and everlasting discussions, specially the one that involves the pair History/Fiction.
Keywords: Panteras Negras
Mississippi em Chamas
História/ficção
História
Cinema
Panther
Mississippi Burning
History/fiction
History
Cinema - Estados Unidos - História
Negros - Segregação - Estados Unidos
Negros - Direitos civis - Estados Unidos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: BATISTA, Kássius Kennedy Clemente. Mississippi em Chamas e Panteras Negras no intervalo entre História e cinema. 2014. 165 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16483
Issue Date: 13-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MississipiChamasPanteras.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.