Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16466
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Entre modas e guarânias: a produção musical de José Fortuna e seu tempo (1950-1980)
metadata.dc.creator: Gutemberg, Jaqueline Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Machado, Maria Clara Tomaz
metadata.dc.contributor.referee1: Abdala, Mônica Chaves
metadata.dc.contributor.referee2: Alencar, Maria Amélia Garcia
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo compreender a intrincada rede de relações que se estabelece entre uma produção musical sertaneja e seu tempo. Nesse sentido, é de nosso interesse analisar como essa produção tida como raiz - dialoga com os novos padrões socioculturais da época, fundamentados em um projeto nacional-desenvolvimentista de ideais modernos e urbanos para o Brasil, entre os anos de 1950 e 1980. Elegemos como objeto de análise a produção musical do compositor José Fortuna, que nesse período transitava entre a música raiz e os novos modismos sertanejos, desvelando por isso mesmo um momento turbulento para o gênero, que seguia firmando uma necessidade de valorização das artes caboclas (como uma identidade resgatada) denegrindo a vertente moderna da música sertaneja. Assim, tradição e modernidade se opunham nessa música. Mas, ao passo que o país mudava, se modernizava, o gênero mesclava novos elementos sonoros e temáticos nos quais o tradicional e o moderno se hibridizavam. Visualizamos a partir dessa mudança de sentidos e de valores da música sertaneja, um processo de transformação maior que mesclava, e não sem conflitos, tradição e modernidade.
Abstract: Times study aims to understand the intricate network of relationships established between a sertanejo musical production and its times. In this sense, our interest is to analyze how this production seen as root dialogues with the new social and cultural patterns of the time, based on a national-developmentalist ideals of modern urban to Brazil between 1950 and 1980. We choose as the object of analysis the musical production of José Fortuna, composer that transited during this period between the root and the new song fads , so even unveiling a turbulent time for the genre, which followed a need for firming appreciation of the caboclas arts (as a redeemed identity) denigrating the part of modern sertanejo music. Thus, tradition and modernity opposed in country music. But while the country was changing, was modernizing, gender blended new sound elements and thematic in which the traditional and the modern was hybridizing. Visualize from this change of meaning and values of country music, a major transformation process that melded, and not without conflict, tradition and modernity.
Keywords: Música sertaneja
José Fortuna
Tradição
Modernidade
Sertanejo music
Tradition
Modernity
História e cultura
Cultura popular
Música popular - Brasil - História
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: GUTEMBERG, Jaqueline Souza. Entre modas e guarânias: a produção musical de José Fortuna e seu tempo (1950-1980). 2013. 258 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16466
Issue Date: 28-Feb-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EntreModasGuaranias.pdf4.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.