Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16366
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A encenação de A engrenagem de Jean Paul Sartre: dimensões estéticas e políticas no Brasil dos anos 1960
metadata.dc.creator: Nunes, Romecarlos Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramos, Rosangela Patriota
metadata.dc.contributor.referee1: Ramos, Alcides Freire
metadata.dc.contributor.referee2: Caldas, Pedro Spinola Pereira
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação pretende realizar um estudo sobre o espetáculo A Engrenagem (1948), de Jean-Paul Sartre, encenado no Brasil em 1960, sob a direção Augusto Boal. Nesta perspectiva é oportuno mencionar que escolhi como tema da pesquisa a encenação da peça A Engrenagem de J.-P. Sartre realizada pelo Grupo Oficina, em 1960. A peça A Engrenagem conta uma história de lutas e controvérsias, na qual eclode uma revolução que derruba um ditador de um país latino americano. Jean Aguerra, antigo revolucionário, transformou-se em ditador, pois munido por pressões peculiares deixou-se esmagar pela engrenagem que ele mesmo ajudou a criar. Essa pesquisa, portanto tem como principal objetivo propor uma releitura da década de 1960, por meio das experiências estéticas e políticas do grupo Oficina, à luz da dramaturgia Sartreana (Jean Paul-Sartre). O primeiro capítulo trata da reconstrução da conjuntura histórica do momento (anos 1950 e 1960) em que se deu a encenação de A Engrenagem e a visita de Jean-Paul Sartre ao nosso país, investigando a recepção, repercussão e a influência, tanto das idéias como da visita em si de Sartre no meio artístico intelectual brasileiro. A intenção deste capítulo é assinálas e marcar suas relações e imbricações na conjuntura histórica da encenação de A Engrenagem em 1960. O segundo capítulo aborda análise da estrutura e da proposta temática do texto, bem como, a montagem da peça em meio a questões de forma, conteúdo e adaptações. Em seguida busca-se recuperar a historicidade dessa encenação através de sua recepção pela crítica teatral da época. O terceiro capítulo discute a relação fronteiriça entre filosofia e literatura (ficção de Sartre) em Jean-Paul Sartre abordando as especificidades do Teatro de Situações.
Abstract: This work intends to conduct a study on the show A Engrenagem (1948) of Jean- Paul Sartre, staged in Brazil in 1960, under the direction of Augusto Boal. In this context it is appropriate to mention that I chose as the theme of the research scenario part of A Engrenagem of J.-P. Sartre held by the Grupo Oficina in 1960. the number A Engrenagem tells a story of struggle and controversy, which breaks a revolution that overthrew a dictator of a Latin American country. Jean Aguerra, a former revolutionary, he became a dictator, as fitted pressures peculiar to crush left the gear that he helped create. This research, therefore the main objective is to propose a rereading of the 1960s, through aesthetic experiences and policies of the Grupo Oficina, in light of the Sartrean drama (Jean-Paul Sartre). The first chapter deals with the reconstruction of the historical context of time (years 1950 and 1960) in which the event staged by A Engrenagem and the visit of Jean-Paul Sartre to our country, investigating the reception, impact and influence about ideas as well visit itself, of Sartre, in the middle of Brazilian s intellectual life. The intent of this chapter is to sign them and mark their relationships and overlaps in the historical context of the production of A Engrenagem in 1960. The second chapter deals with analysis of the structure and the proposed theme of the text, as well as the mounting part amid questions of form, content and adaptations. Then seek to recover the historicity of this scenario through its receipt by theater critics at the time. The third chapter discusses the broader relationship between philosophy and literature (fiction of Sartre) in Jean-Paul Sartre addressing the specifics of the Theater of Situations.
Keywords: Brasil dos anos 1960
Augusto Boal
A Engrenagem
Jean-Paul Sartre
Filosofia
Teatro
History
Brazil in the 60 s
Philosophy
Theater
História social
Sartre, Jean-Paul, 1905-1980 Crítica e interpretação
Teatro Aspectos políticos
Teatro e sociedade
Literatura Filosofia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: NUNES, Romecarlos Costa. A encenação de A engrenagem de Jean Paul Sartre: dimensões estéticas e políticas no Brasil dos anos 1960. 2009. 153 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16366
Issue Date: 11-Sep-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.