Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16341
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Nas linhas da literatura: um estudo sobre as representações da escravidão no romance O mulato, de Aluísio Azevedo
metadata.dc.creator: Diniz, Leudjane Michelle Viegas
metadata.dc.contributor.advisor1: Lehmkuhl, Luciene
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Joana Luiza Muylaert de
metadata.dc.contributor.referee2: Mota, Maria Aparecida Resende
metadata.dc.description.resumo: No decorrer deste trabalho, discuto, a partir da relação história / literatura, as representações da escravidão presentes no romance O mulato, de Aluísio Azevedo. Analiso como a escravidão e os sujeitos a ela ligados são representados num momento em que os intelectuais, pensando em novas bases para a nação, problematizavam a sociedade em que viviam, articulando de modo complexo a discussão positivista, que legitimava seus discursos num padrão que não inviabilizasse o desenvolvimento de um projeto de nação, tendo em vista a miscigenação da população. Para esse estudo, dialogo com diferentes documentações: jornais, livros de memórias, cartas e principalmente a própria obra O mulato. Evidencio diferentes edições do texto, em especial a primeira, por apresentar elementos fundamentais para o entendimento da repercussão causada pelo livro, sobretudo a crítica à escravidão contida nessa edição e que assume proporções diversas nas edições posteriores
Abstract: Throughout this paper, departing from the relation between history and literature, I discuss the representations of slavery present in the novel O mulato, by Aluísio Azevedo. I analyze how slavery and the subjects linked to it are represented in a moment when the intellectuals, thinking of new bases for the nation, inquired the society in which they lived, articulating in a complex way the positivist discussion, which legitimated their discourses in a pattern that could no make it impossible the development of a project of nation, considering the miscegenation of the population. For this study, I dialog with different documentations: newspapers, memory books, letters and mainly the very work O mulato. I evidence different editions of the text, especially the first one, which presents fundamental elements for the understanding of the book repercussion, particularly the critic to slavery in that edition, which assumes different proportions in the subsequent editions.
Keywords: História
Literatura
Representações
Escravidão
History
Literature
Representations
Slavery
Literatura e história
Azevedo, Aluísio, 1857-1913 - O mulato - Crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: DINIZ, Leudjane Michelle Viegas. Nas linhas da literatura: um estudo sobre as representações da escravidão no romance O mulato, de Aluísio Azevedo. 2008. 146 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16341
Issue Date: 19-Aug-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Leudjane.pdf903.5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.