Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16275
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Ponto de Tecer Vidas Ribeirinhas : identidade e prática profissional de professores na Bacia do Médio São Francisco
metadata.dc.creator: Mendes, Jacqueline Araújo Corrêa
metadata.dc.contributor.advisor1: Brandão, Carlos Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee1: Thiesen, Leopoldo Gabriel
metadata.dc.contributor.referee2: Vlach, Vânia Rubia Farias
metadata.dc.description.resumo: Este estudo originou-se de inquietações vividas no cotidiano do trabalho docente e na interação com professores(as) nos cursos de formação em serviço. A necessidade de desconstruir impressões equivocadas, sobre a identidade docente desvelando a prática profissional de professores(as) de Geografia foi o desafio do tema aqui proposto. Assim, o caminho traçado teve como objetivo estudar como, na vida cotidiana, no exercício da prática pedagógica e ao longo do processo de formação docente professores(as) de Geografia de 5ª à 8ª série de escolas públicas, situadas em cidades ribeirinhas na Bacia do Médio São Francisco, integram e fazem interagir os saberes e significados provenientes de suas culturas locais e da sua cultura escolar. O subsídio teórico, de diversas áreas do conhecimento, propiciou aprofundamento e compreensão das categorias identidade, prática profissional e saberes docentes contribuindo para dar forma a produção científica. Recorremos a uma abordagem qualitativa e como metodologia adotamos a história oral de vida de oito professores(as) distribuídos em cinco municípios da Bacia do Médio São Francisco. Depois de transcritas as narrativas, elas foram devolvidas aos professores(as) que interferiram no sentido de preservar ou não o relato. Para melhor delinear nossa pesquisa, fizemos recortes nas narrativas desenvolvendo no corpo do texto as reflexões necessárias para atingir nosso objetivo. A análise desenvolvida mostrou que na realidade pesquisada os(as) professores(as) de Geografia fizeram percursos diferenciados em sua história de vida e ao longo de sua formação profissional até assumir pela primeira vez a docência. A identidade docente recebe influências sociais e culturais no cotidiano escolar, alterando seu modo de viver a vida profissional. Os resultados mostraram também que os professores(as) de Geografia fazem a articulação dos saberes da cultura local com a cultura escolar dentro de uma prática permeada por muitas limitações provenientes da organização escolar e dos investimentos na formação continuada.
Abstract: This essay had its origin in the uneasiness lived on the everyday teaching work and on the interaction with teachers in their teaching formation. The necessity of deconstructing mistaken impressions on the teaching identity by unraveling the Geography teachers practice was the challenge of the theme here proposed. Thus, the traced plan had as goal to study how, in their day by day pedagogical practice and along the teaching formation process, 5th to 8th grade Geography teachers in public schools, on riverside towns, on the medium São Francisco basin, integrate and put into interaction the lores arising from their local culture and from their school culture. The theoretical subsidy, from several areas of knowledge, propitiated the profundity and comprehension of the identity, professional practice, teachers knowledge categories, contributing to give shape to the scientific production. The qualitative approach was used and for methodology we used the oral life story of eight teachers, from five municipalities of the São Francisco basin. After being transcript, the narratives were sent back to the teachers, who interfered in the sense of keeping the report or not. In order to better outline our research, we decided for clipping the narratives and inserting the necessary reflections along the text in order to achieve our goals. The analyses developed showed that in the reality researched the Geography teachers have plied different realities on their life story and along their formation until they took charge of their teaching profession, the teachers identity is influenced by the social and cultural school everyday routine, modifying their way of life and their professional life. The research also showed that the Geography teachers articulate their local cultural knowledge with the school culture in a practice interlaced by a lot of limitations originated from the school organization and from the investments on the teachers continued formation.
Keywords: Identidade
Saberes docentes
Prática profissional
História de vida
Professores de Geografia
Identity
Teaching lore
Professional practice
Life story
Geography teachers
Professores de geografia - Formação
Prática de ensino - Minas Gerais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: MENDES, Jacqueline Araújo Corrêa. Ponto de Tecer Vidas Ribeirinhas : identidade e prática profissional de professores na Bacia do Médio São Francisco. 2007. 229 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16275
Issue Date: 10-Dec-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PontoTecerVidas.pdf3.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.