Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16247
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Cidade, gênero e sexualidade: territorialidades LGBT em Uberlândia, MG
Other Titles: City, gender and lgbt territorialities in Uberlândia, MG
metadata.dc.creator: Freitas, Bruno de
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Beatriz Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee1: Rosenburg, Eleusa Gallo
metadata.dc.contributor.referee2: Portuguez, Anderson Pereira
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve o objetivo de estudar o papel do urbano na constituição das territorialidades destinadas especialmente ao grupo composto por Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) no setor central de Uberlândia-MG, sob a luz de questões relacionadas a gênero e sexualidade, consumo do lazer e/ou turismo desse segmento de mercado, bem como as influências dos ciberespaços. Além disso, visou-se entender como o poder público e as Organizações Não Governamentais (ONGs) trabalham a inclusão dessa minoria social. Do ponto de vista geográfico, esta pesquisa se justifica pela necessidade de compreender como se dá a consolidação das múltiplas territorialidades LGBT, uma vez que essa temática é pouco discutida academicamente, sobretudo no âmbito da Geografia. Para desenvolver a proposta de estudo, fundamenta-se em uma perspectiva geográfica com olhar sobre as questões contemporâneas de gênero e sexualidade, já que pesquisas nessa área não são expressivas na produção científica-geográfica brasileira. No que concerne à metodologia, foram realizados estudos documentais e revisão bibliográfica, além do levantamento cartográfico, para que os fenômenos pudessem ser espacializados e interpretados. Em campo, foram feitas observações diretas e coleta de informações por meio de depoimentos livres. Além da pesquisa realizada diretamente nos locais de lazer destinados preferencialmente a indivíduos integrantes do grupo LGBT, visitaram-se órgãos públicos de Uberlândia e representantes de ONGs. Foi preciso verificar como se pensa a garantia de direitos a esse grupo por meio de estatutos e legislações específicas, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico das pessoas integrantes dessa minoria social. De acordo com os resultados, reconhece-se que é imprescindível iniciar a construção de uma Geografia que possibilite pensar um espaço complexo composto por múltiplos processos diferentes e simultâneos, com vistas a evidenciar a relatividade das escalas de abordagens espaciais. Ademais, foi possível constatar que Uberlândia possui heterogeneidade e complexidade que se manifestam territorialmente no espaço urbano, contribuindo para a geração de distintas territorialidades por aspectos vinculados ao preconceito, em razão de inúmeros fatores.
Abstract: This work aimed to study the urban role in the establishment of territoriality especially designed to the group formed by Lesbians, Gays, Bisexuals and Transgender (LGBT), in the central sector of Uberlandia, Minas Gerais, in the light of issues related to gender and sexuality, leisure and/or tour consumption of this market segment as well as the influences of cyberspace. In addition, it aimed to understand how the government and Non-Governmental Organizations (NGOs) work to the inclusion of this social minority. From a geographical point of view, this research is justified by the necessity to understand how the consolidation of multiple LGBT territories occurs, as this topic is academically little discussed, particularly in the field of Geography. To develop the proposed study, it is based on a geographical perspective to look at the contemporary issues of gender and sexuality, as researches in this area are not expressive in the Brazilian scientific and geographic production. Regarding the methodology, documentary studies and literature review were conducted, as well as the cartographic survey, to the phenomena could be spatialized and interpreted. In field, direct observation and information collection were made through free testimonial. In addition to the research carried out directly in the leisure places preferentially destined to members that integrate LGBT group, Uberlandia public entities and representatives of NGOs were visited. It was necessary to verify how they think the guarantee of rights to that group through statutes and specific legislation, contributing to the socioeconomic development of the members of this social minority. According to the results, it is recognized that it is indispensable to start developing a Geography that makes possible the thinking of a complex space composed of several different and simultaneous processes, in order to highlight the relativity of scales of spatial approaches. Moreover, it was found that Uberlandia has heterogeneity and complexity that territorially manifest in urban areas, contributing to the generation of distinct territorialities by aspects linked to the prejudice, because of numerous factors.
Keywords: Cidade na contemporaneidade
Consumo LGBT
Exclusão social
Gênero e sexualidade
ONGs
City in contemporaneity
LGBT consumption
Social exclusion
Gender and sexuality
NGOs
Minorias sexuais
Identidade de gênero
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: FREITAS, Bruno de. City, gender and lgbt territorialities in Uberlândia, MG. 2016. 194 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16247
Issue Date: 22-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CidadeGeneroSexualidade.pdf7.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.