Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16211
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Comportamento do carbono orgânico em área úmida do cerrado (Vereda do Córrego Beija-Flor, Uberlândia/MG)
metadata.dc.creator: Machado, Henrique Amorim
metadata.dc.contributor.advisor1: Rosolen, Vania Silvia
metadata.dc.contributor.referee1: Bueno, Guilherme Taitson
metadata.dc.contributor.referee2: Borges, Elias Nascentes
metadata.dc.description.resumo: As áreas úmidas se tornaram foco da atenção internacional desde 1971, com a primeira conferência mundial voltada exclusivamente para esse tema. Desde então, vem se consolidando como uma importante área de pesquisa, graças principalmente à sua transdisciplinaridade e complexidade, o que permite a contribuição de diversos ramos da ciência moderna. A pedologia nesse contexto visa compreender as dinâmicas que contribuem para a gênese e evolução dos solos nessas paisagens, buscando formas de utilização racional e metodologias para assegurar o mínimo impacto do uso antrópico nas áreas circundantes. O carbono orgânico do solo é utilizado como um importante indicador de sustentabilidade do ecossistema, sendo bastante sensível a mudanças de curto prazo provocadas por mudanças no meio, sejam elas de origem natural ou antrópica. O objetivo desta pesquisa foi identificar os padrões de acumulação de carbono orgânico dentro da área úmida, analisando tanto na vertical, com as diferentes profundidades de análise, quanto na horizontal, com os pontos distribuídos a partir da topossequência, relacionando-os com a dinâmica do lençol freático e as propriedades físicas do solo. A pesquisa foi realizada na chapada do alto curso do Rio Uberabinha, localizada entre os municípios de Uberlândia e Uberaba/MG, na região administrativa do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. O carbono orgânico foi quantificado a partir do método de combustão, enquanto as frações húmicas foram quantificadas por meio do método de solubilidade diferencial e titulação. Foram distribuídos seis pontos em topossequência com quatro profundidades de coleta: 0-10; 10-20; 20-30; e 30-50 cm. Os teores de carbono encontrados na área de estudo variaram de 1,7% a 17,7%, concentrando preferencialmente nos pontos mais à jusante e mais próximos à superfície. Conforme o lençol freático se distancia da superfície e a condição de oxidação da matéria orgânica é retomada, os teores de carbono decrescem. Na fração humina, o carbono orgânico apresentou uma dinâmica semelhante à do carbono orgânico total, concentrando mais em superfície e decrescendo de acordo com o rebaixamento do lençol; na fração do ácido húmico, o teor de carbono orgânico variou de 0,4% a 2,7%, com uma dinâmica diferente da observada no carbono orgânico total, devido às suas condições de solubilidade; e na fração do ácido fúlvico, o carbono orgânico variou de 0,1% a 2,4%. Com a pesquisa, ficou clara a influência da umidade sobre a decomposição da matéria orgânica, mostrando que qualquer alteração nos níveis médios do lençol freático tem grande impacto nas dinâmicas e nos processos envolvendo a mineralização do carbono orgânico das áreas úmidas da chapada.
Abstract: Wetlands have become a focus of international attention since 1971, with the first global conference dedicated exclusively to this topic. Since then, it has consolidated as an important area of research, thanks to its transdisciplinarity and complexity, which allows a contribution of various branches of modern science. The pedology in this context aims to understand the dynamic that contribute to the genesis and evolution of soils in these landscapes, seeking ways to rational use and methodologies to ensure minimal impact of anthropogenic use in the surrounding areas. The soil organic carbon is used as an important indicator of ecosystem sustainability, being very sensitive to short-term changes caused by changes in the middle, either natural or anthropogenic origin. The objective of this research was to identify the standard accumulation of organic carbon within the wetland, analyzing both vertically, with different depths of analysis, or horizontally, with the points distributed from the toposequence, relating them to the dynamics of groundwater and soil physical properties. The survey was conducted on the upper course plateau of Uberabinha River, located between the cities of Uberlândia and Uberaba. Minas Gerais, administrative region of Triângulo Mineiro and Alto Paranaíba. Brazil. The organic carbon was quantified from the combustion method, while the humic fractions were quantified by the differential solubility and titration method. Six points were distributed in topossequence, with four collection depths: 0-10; 10-20; 20-30; and 30-50 cm. Carbon percentage found in the study area ranged from 1.7% to 17.7%, preferably concentrating on points downstream and closer to the surface. As groundwater moves away from the surface and the oxidation condition of organic matter is taken up, the carbon content decreases. In humin fraction, organic carbon has shown a similar dynamics to the total organic carbon, concentrating more on the surface and decreasing according to the groundwater debasement; in the fraction of humic acid, the organic carbon percentage ranged from 0.4% to 2 7%, with a different dynamic observed in the total organic carbon, due to its solubility conditions; and in the fraction of fulvic acid, organic carbon ranged from 0.1% to 2.4%. Through research, it was evident the influence of humidity on the decomposition of organic matter, showing that any change in average levels of groundwater have a major impact on the dynamics and processes involving the mineralization of organic carbon in plateau wetlands.
Keywords: Área Úmida
Carbono Orgânico
Solos
Substâncias Húmicas
Wetland
Organic Carbon
Soils
Humic Substances
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: MACHADO, Henrique Amorim. Comportamento do carbono orgânico em área úmida do cerrado (Vereda do Córrego Beija-Flor, Uberlândia/MG). 2014. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16211
Issue Date: 28-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComportamentoCarbonoOrganico.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.