Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16202
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A expansão canavieira na mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba de 2000 a 2013
metadata.dc.creator: Petronzio, Juliana Abreu Crosara
metadata.dc.contributor.advisor1: Brito, Jorge Luís Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Ferreira, Vanderlei de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Lima, João Donizete
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho procura discutir o processo da inserção e expansão da cana-de-açúcar na mesorregião do Triângulo Mineiro/ Alto Paranaíba. Dentre as áreas de expansão da cana-de-açúcar mapeadas, serão mostradas quais são as áreas que se destacaram nos anos de 2000 2010 e 2013. No decorrer da história brasileira, a cana-de-açúcar passou por vários ciclos econômicos que, em suma, foram decorrentes de fatores internos e externos da economia, concorrências com o açúcar estrangeiro, entre outros fatores. A transformação da paisagem acarretada por essa inserção da cana-de-açúcar é notório no que tange, principalmente, à conversão de áreas de vegetação nativa em áreas de plantio. Esse processo ocorre a favor da expansão da economia agropecuária, principal economia brasileira, confeccionando uma paisagem composta por vastas áreas de monoculturas. Constatou que a área da mesorregião do Triângulo Mineiro / Alto Paranaíba (aproximadamente 9.054.500 hectares), no ano de 2000, possuía uma área mapeada com a cana-de-açúcar de 329.561 hectares, aumentando para 9.054.500 hectares no ano de 2010, e um aumento em três anos de 872.167 hectares. A intensificação dessa expansão da cana-de-açúcar sofreu influências dos estados vizinhos Goiás e São Paulo, que facilitaram o processo de inserção da monocultura nas microrregiões do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, com a instalação de usinas sucroalcooleiras, infraestrutura logística, e pesquisas de avanços tecnológicos. Dentre as microrregiões analisadas no processo de expansão da cana-de-açúcar, a microrregião de Uberaba se destaca, juntamente com a microrregião de Frutal, em relação às demais microrregiões, apresentando uma inserção inicial, bem como sua continuidade, de forma intensa. A microrregião de Uberaba apresentou um aumento de aproximadamente 102% das áreas no período de 2000 a 2013, enquanto a microrregião de Frutal apresentou um aumento de aproximadamente 114% das áreas neste mesmo período.
Abstract: This work discusses the middle regionTriangulo Mineiro/ Alto Paraníba\'s process of insertion and expansion of the sugar cane plantation. The questions that come to light from this work related to the lands of expansion of sugar cane plantation will be answered and mapped, among them, that which stood out in the years 2000 - 2010 and 2013. During the Brazilian history, sugar cane farming went through several economic cycles, which in short was caused by internal and external factors of the economy, competitions with foreign sugar cane, among other factors. The transformation of the landscape brought about by sugar cane is notorious, above all the conversion of native vegetation areas, that have occured in favor of the expansion of the agricultural economy. Now a landscape composed by vast areas of pastures and monocultures framed the main Brazilian economy. Since the area from the middle region of Triangulo Mineiro / Alto Parnaíba (approximately 9,054,500 acres) in 2000 had a 329 561 sugar cane hectares mapped land, increasing to 9,054,500 hectares in 2010, it summed up 872 167 hectares in three years. The intensification of sugar cane plantation is influenced by the neighboring states Goiás and São Paulo, which facilitated the process of inserting the monoculture in the regions of Triangulo Mineiro / Alto Parnaíba, with the installation of sugar cane mills, logistics infrastructure, and technological advances researches. The Uberaba and frutal\'s micro region stands out among the micro areas analyzed with the process of expansion of sugar cane plantation, showing up a strong initial insertion, as well as a continuum of intensity. In the period 2000-2013 the Uberaba\'s micro-region indicated an increase about 102% of areas. The Frutal\'s micro area showed up an increase about 114% of areas in the same period.
Keywords: Sensoriamento remoto
Cana-de-açúcar
Expansão canavieira
Uso do solo
Remote sensing
Cane sugar
Sugar cane expansion
Land use
Geografia regional
Cana-de-açúcar - Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG: mesorregião)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: PETRONZIO, Juliana Abreu Crosara. A expansão canavieira na mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba de 2000 a 2013. 2014. 95 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16202
Issue Date: 25-Aug-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ExpansaoCanavieiraMesorregiao.pdf4.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.