Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16171
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Acidentes de trânsito com motociclistas: um estudo social e participativo
Acidentes de trânsito com motociclistas: um estudo social e participativo
metadata.dc.creator: Morais, Sandra Dalvi Quintaes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, William Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee1: Taco, Pastor Willy Gonzales
metadata.dc.contributor.referee2: Bacelar, Winston Kleiber de Almeida
metadata.dc.description.resumo: INTRODUÇÃO: Milhares de jovens são vítimas de acidentes de trânsito no mundo. No Brasil, entre 2006 a 2010, período selecionado para análise nesta pesquisa, os bancos de dados disponíveis registraram 94.160 mortes de motociclistas jovens, com idade entre 15 e 24 anos, que representou 40,8% de todos os óbitos ocorridos no país. Em Uberlândia, no Pronto Socorro do Hospital de Clinicas da Universidade Federal de Uberlândia, essa realidade não é diferente: foi possível observar que neste mesmo período, foram registrados 9.034 acidentes de trânsito. Destes, 4.476 (49,5%) envolveram motociclistas e 1.602 (35,8%) atingiram jovens naquela faixa etária supracitada. OBJETIVO: conhecer as causas e a percepção das vítimas de acidentes de trânsito com motocicletas em Uberlândia, na faixa etária de 18 a 24 anos, no ano de 2010, encaminhados para o atendimento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). MÉTODO: estudo retrospectivo, com a utilização de amostragem por variedade de tipos. A seleção dos sujeitos foi realizada de acordo com os seguintes critérios pré-estabelecidos: ser do sexo masculino, estar na faixa etária de 18 a 24 anos de idade, ter se envolvido em acidente com motocicleta no ano 2010 e ter sido encaminhado para o atendimento no HC-UFU. Foi produzido um roteiro de entrevista semiestruturado, com perguntas de caráter qualitativo e quantitativo, aplicado a quinze vítimas de acidente de trânsito com motocicletas em suas respectivas residências ou local de trabalho. RESULTADO: verificou-se que 60% das vítimas ainda possuem motocicletas; 20,4% a utilizam como meio de transporte para o trabalho; a maioria adquiriu a motocicleta em substituição ao transporte público, que é precário; 66,7% declararam não haver relação entre o número de motocicletas em circulação e a ocorrência de acidentes; 80% conduziam a motocicleta no momento do acidente; 80% não obedeceram às regras de trânsito e 50% não respeitaram o sinal de pare ; 25% acham que é essencial que se tenha mais atenção no trânsito para se evitar os acidentes; a maioria relatou a necessidade de mudança de comportamento do condutor; 33% consideram o trânsito de Uberlândia bom ; 44% sugeriram aumento da fiscalização; 86,7% não conhecem nenhuma associação de motociclistas; 48% sugerem mais respeito às normas de trânsito e mais atenção; 18% deram ênfase à diminuição de velocidade; sugeriram campanhas com teste de alcoolemia, verificação da habilitação, prisões e multa aos infratores. CONCLUSÃO: o estudo sobre os acidentes com motociclistas com idade entre 15 e 24 anos é relevante, pelo fato de promover o conhecimento das principais causas desses eventos, permitindo estabelecer medidas de prevenção e controle das circunstâncias que predispõem tais ocorrências.
Abstract: INTRODUCTION: Thousands of young people are victims of traffic accidents worldwide. In Brazil, between 2006 to 2010, the period selected for this research analysis, the available databases recorded 94,160 deaths of young motorcyclists, aging between 15 and 24, which represented 40.8% of all deaths in the country for that period. In Uberlândia, at the Emergency Room of the Clinics Hospital of the Federal University of Uberlândia (HC-UFU), this reality is not different: between 2006 and 2010, there were 9,034 traffic accidents. Of these, 4,476 (49.5%) involved motorcyclists and 1,602 (35.8%) involved young people between 15 and 24 years of age. OBJECTIVE: To evaluate the causes and the perceptions of traffic accidents victims involving motorcycles in the city of Uberlândia, aged 18-24 years in 2010, and referred for treatment at the HC-UFU. METHODS: This is a retrospective study. Subjects were selected based on predetermined criteria: being male, aging between 18-24 years old at the time of the accident, having been involved in motorcycle accident in 2010 and having been referred to the service of the HC-UFU. We used a semistructured interview with both qualitative and quantitative questions, that was applied to fifteen male victims of traffic accidents with motorcycles in their homes or workplace. RESULTS: we found that 60% of victims still own a motorcycle, 20.4% use it as a means of transport to work, most acquired the motorcycle as a substitute to public transportation, 66.7% believed that there was no relationship between the number of motorcycles in transit and the number of accidents, 80% were driving the motorcycle at the time of the accident, 80% did not obey the traffic rules, 50% did not comply with the \"stop\" sign, 25% think it is essential to pay more attention in traffic to avoid accidents, the majority reported the need to change the driver s behavior, 33% consider the transit of Uberlândia as \"good\", 44% suggested an increase in transit supervision; 86.7% do not know any motorcyclists association, 48% suggested the need for more respect for traffic rules and more attention, 18% emphasized a reduction of driving speed; suggested campaigns using breath analyzer test, verification of driver s licenses, imprisonment and fines for violators. CONCLUSION: The study of accidents involving male motorcyclists aged between 15 and 24 years is relevant, because it provides an understanding of the main causes of these events, establishing measures to prevent and control the circumstances that predispose to such occurrences.
Keywords: Geografia dos transportes
Acidentes de trânsito
Motocicletas
Jovens
Perspectivas da vítima
Transport Geography
Traffic accidents
Motorcycles
youth
Geografia dos Transportes
Motocicletas - Acidentes de trânsito - Uberlândia, MG
Motociclistas - Acidentes de trânsito - Uberlândia, MG
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: MORAIS, Sandra Dalvi Quintaes de. Acidentes de trânsito com motociclistas: um estudo social e participativo. 2013. 147 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16171
Issue Date: 11-Jul-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AcidentesTransitoMotociclistas.pdf5.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.