Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16157
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Ensino de geografia para estudantes surdos: concepções e práticas pedagógicas
Author: Pena, Fernanda Santos
First Advisor: Sampaio, Adriany de ávila Melo
First member of the Committee: Silva, Lázara Cristina da
Second member of the Committee: Rego, Nelson
Summary: Desde o ano de 1992, o município de Uberlândia/MG oferece atendimento especializado aos estudantes surdos na rede regular de ensino. Historicamente, nem sempre essa preocupação esteve presente no espaço escolar. Apesar dos avanços conquistados após duas décadas de experiências, não se sabe, ao certo, se os profissionais que atuam nessa rede são adequadamente capacitados e se esses alunos estão sendo, de fato, incluídos. Com relação ao ensino de Geografia, os estudos e pesquisas são ainda incipientes. Nesse sentido, esta dissertação teve como objetivo analisar o ensino de Geografia para estudantes surdos do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) em escolas municipais de Uberlândia/MG. Conheceu-se o processo de inclusão desses estudantes e identificaram-se as concepções e as práticas pedagógicas de professores de Geografia, de professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e de intérpretes de Libras. Foi utilizada a pesquisa qualitativa, por meio de dois tipos de coleta de dados: a entrevista semiestruturada e a observação. Buscou-se conhecer, em especial, a formação dos profissionais que atuam com os estudantes surdos, as metodologias e os materiais didáticos de Geografia utilizados, a eficiência dos recursos visuais, os apoios oferecidos para a melhoria da prática pedagógica dos professores de Geografia, assim como as demandas para que os estudantes surdos tenham maior sucesso escolar. A pesquisa concluiu que a maioria dos professores de Geografia não é capacitada para lecionar para estudantes surdos. Esses professores não fazem uso da Libras e possuem dependência integral do intérprete para que haja comunicação com os estudantes surdos. A relação dos professores de Geografia com os professores do AEE também é deficitária. Observou-se a necessidade da criação de momentos em que esses profissionais possam dialogar e, juntos, construir as alternativas para a melhoria do ensino dos estudantes surdos. Esses entraves dificultam a realização de práticas pedagógicas significativas ao processo de escolarização de alunos surdos e, também, acabam por restringir a participação deles na sociedade. Concluiu-se que as demandas atuais mais urgentes para a inclusão escolar dos estudantes surdos são: a capacitação dos professores, incluindo o aprendizado da Libras; a aproximação entre o AEE e os professores da sala de aula regular; a presença constante do intérprete de Libras, bem habilitado, na sala de aula, assim como a pesquisa e a utilização de metodologias e materiais didáticos de Geografia significativos para esses estudantes. O ensino de Geografia deve ser recorrente às práticas pedagógicas baseadas na visualização, pois os recursos visuais facilitam o aprendizado dos alunos surdos e podem fazer a ponte entre os conhecimentos cotidianos e científicos. Os artefatos tecnológicos, a Internet, os mapas conceituais, o uso de imagens, de mapas e maquetes, assim como a realização de Trabalho de Campo são promissores.
Abstract: Since the year 1992, in Uberlândia city has offered a specialized care for deaf students in mainstream education. Historically, this concern was not always present in the school. Despite the advances made, after two decades of experience, no one knows for sure if the health professionals in this network are adequately trained and if these students are indeed included. With regard to the teaching of Geography, studies and surveys are still incomplete. In this sense, this paper aims to analyze the teaching of Geography to deaf elementary school students (6th to 9th grade) in public schools in Uberlândia / MG. Met up the process of inclusion of these students and identified the concepts and pedagogical practices of teachers of Geography, Teacher Support Services Educational Specialist (ESA) and interpreters Libras. We used a qualitative research through two kinds of data collection: a semi-structured interview and observation. We sought to know, in particular, the training of professionals who work with deaf students, methodologies and teaching materials Geography used, the efficiency of the visuals, the support offered to the improvement of the teaching practice of teachers of Geography, so the demands for deaf students have greater academic success. The survey found that most teachers of Geography is not qualified to teach classes for deaf students. These teachers do not make use of Libras and have full dependence of the interpreter so that there is communication with deaf students. The ratio of teachers with teachers of Geography of the ESA is also deficient. There is a need to create moments where these professionals can dialogue and build together alternatives to improve the education of deaf students. These barriers hinder the realization of significant pedagogical practices to the educational process of deaf students and also end up restricting their participation in society. It was concluded that the most urgent current demands for school inclusion of deaf students are: teacher training, including learning the Libras; rapprochement between the ESA and the teachers of the regular classroom, the constant presence of the interpreter Libras and enabled, in the classroom, just as the research and use of methodologies and teaching materials Geography significant for these students. Teaching Geography applicant must be pedagogical practices based on visualization because the visuals facilitate student learning deaf and can bridge the gap between everyday and scientific knowledge. The technological artifacts, the Internet, the concept maps, the use of images, maps and models, as well as the realization of Field Work are promising.
Keywords: Formação docente
Inclusão escolar
Libras
Metodologias de ensino
Teacher training
Teaching methods
School inclusion
Libras (Língua Brasileira de Sinais) Formação de professores Uberlândia (MG)
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: PENA, Fernanda Santos. Ensino de geografia para estudantes surdos: concepções e práticas pedagógicas. 2012. 185 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16157
Date of defense: 5-Dec-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FernandaSantos.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.