Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16075
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Cotidiano e territorilidades de uma comunidade caiçara : Puruba, Ubatuba, SP.
Author: Morelli, Graziele Alves de Souza
First Advisor: Santos, Rosselvelt José
First member of the Committee: Abdala, Mônica Chaves
Second member of the Committee: Esalq, Odaléia Telles Marcondes Machado Queiroz
Summary: Este trabalho é o resultado de um estudo que aborda as questões do cotidiano e da territorialidade da Comunidade Caiçara do Puruba, localizada no município de Ubatuba, no litoral norte do Estado de São Paulo. A comunidade vive em meio à Mata Atlântica e, nos últimos 40 anos, essa região tem sido submetida, pelo Estado, a processos de urbanização do espaço. Cada uma das comunidades do entorno teve destinos diferentes e essa característica despertou o interesse por este estudo, que contempla descobertas que aconteceram após uma incursão histórica e analisa os dias atuais, até o momento de ruptura, na década de 1970, quando o modo de vida tradicional caiçara começa a ser comprometido. As primeiras indagações surgiram após a observação, na vila do Puruba, de características do modo de vida caiçara. Porém, diante de tantas influências do mundo urbano, seria necessário, primeiro, que esse grupo social fosse caracterizado. O segundo passo foi a identificação das relações sociais e das instituições que formavam e davam vida à comunidade. Nessa etapa, foi importante entender que a cultura e o modo de vida não são estáticos, que as mudanças são sociais e que levam a características bem peculiares. Dessas informações resultaram alguns questionamentos e o problema da dissertação: como esse grupo social pode viver a condição de caiçara, mesmo tendo que se adequar às novas condições impostas pela urbanização do espaço e de leis ambientais severas? A reprodução do seu modo de vida baseia-se em fatores que dependem, entre outras coisas, de isolamento geográfico e de exploração de subsistência da natureza. Essas condições lhes foram retiradas; resta saber o que sobrou para que consigam (re)existir como caiçaras. Para isso, fez-se um estudo sobre o cotidiano e como acontece a dinâmica social e cultural do grupo, abordando-se aspectos da gastronomia, da festa, da religiosidade, das relações comunitárias e do trabalho, incluindo a atividade turística. A análise foi feita por meio de conceitos da Geografia, como território, espaço, paisagem e lugar; descobriu-se que, mesmo com os processos de perda do território a que foram submetidos, os caiçaras conseguiram encontrar outras territorialidades. Esse processo foi possível porque são caiçaras em seus saberes, conhecimentos e práticas sociais. Portanto, sua essência é que faz com que suportem vários desencontros, contradições e dificuldades na defesa de seu território.
Abstract: This study deals with the issues of territoriality and everyday life of the Caiçara Community of Puruba Beach, located in the city of Ubatuba, in the North coast of São Paulo State. The community lives in the middle of the Atlantic Forest and in the last 40 years this region has undergone an urbanization process by the State. As a result, each one of the communities of the area had different outcomes. This fact constitutes the topic of this study. This work looks at the consequences of a historical foray and analyzes the target community from an updated perspective up to the breaking point that happened in the 70s, when the caiçara traditional lifestyle started to be compromised. The first questions came from the observation of the characteristics of the caiçara lifestyle at the Puruba Beach village. However, in face of so many influences from the urban world, it would be necessary to characterize this social group in the first place. The second step was the identification of the social relations and the institutions that formed and gave life to the community. In this step it was important to understand that culture and lifestyle are not static, that changes are social and lead to very peculiar characteristics. Such information yielded some questions and the problem of this study: how can this social group adept itself to the new conditions imposed by the urbanization of the space and by the severe environmental laws? The reproduction of the caiçara lifestyle depends on geographical isolation and subsistence exploitation of the nature, among other factors. These conditions were taken from the caiçara people; what is left for them so that they can (re)exist as caiçaras is still unknown. In order to shed some light to this problem this study will describe the everyday life of the caiçaras and how the social and cultural dynamic of the group happens by showing aspects of their gastronomy, festivals, religiosity, community relations, and work. Geographical concepts such as territory, space, landscape and place helped in the analysis of the topic of this study. It was found that despite the processes of territory loss to which they were submitted, the caiçaras could find other territorialities. This process was only possible because these people are caiçara in their knowledge and social practices. Therefore, their caiçara essence is what makes them go through several disagreements, contradictions and difficulties while defending their territory.
Keywords: Caiçaras
Cotidiano
Territorialidades
Modo de vida
Turismo
Everyday life
Territoriality
Traditional lifestyle
Tourism
Geografia humana
Comunidade Caiçara do Puruba - Ubatuba (SP) - Vida e costumes sociais
Urbanização - Comunidade Caiçara do Puruba - Ubatuba (SP)
Urbanização - Aspectos sociais
Cidades e vilas - Ubatuba (SP) - Aspectos ambientais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: MORELLI, Graziele Alves de Souza. Cotidiano e territorilidades de uma comunidade caiçara : Puruba, Ubatuba, SP.. 2010. 150 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16075
Date of defense: 2-Feb-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
gra.pdf3.68 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.