Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16072
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Indicador do eco-conhecimento: desenvolvimento sustentável sob a ótica acadêmica
metadata.dc.creator: Alves, Charmenie Santana
metadata.dc.contributor.advisor1: Fehr, Manfred
metadata.dc.contributor.referee1: Grossi, Suely Regina Del
metadata.dc.contributor.referee2: Cunha, Ana Maria de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: Diante dos problemas contemporâneos (sócio-econômico-ambiental) referentes às premissas de Desenvolvimento Sustentável buscou-se perscrutar onde se encontra a Universidade Federal de Uberlândia frente às questões voltadas para a sustentabilidade para fomentar um Indicador do Eco-Conhecimento que interprete a percepção da comunidade acadêmica relacionada a essa temática. A partir desse objetivo constatou-se, através de uma análise descritivo/explicativo dedutivo, que as temáticas voltadas para o Desenvolvimento Sustentável não são estudadas e aprofundadas dentro do âmbito universitário, salvo algumas unidades acadêmicas, e devido a isso os graduados possuem conhecimento difuso e incipiente, adquiridos, em maior porcentagem, pelos meios de comunicação, televisão, jornal, revistas e internet. Tal resultado é reforçado quando se compara os Indicadores do Eco- Conhecimento na Perspectiva Natural (2,94) e na Perspectiva Social (2,03), desenvolvido através dos dados obtidos pela pesquisa, com um valor ideal arbitrariamente estipulado (6,3). Para a fomentação desses indicadores considerou-se sete componentes que abarcam a Perspectiva Natural e, também, sete componentes que vislumbram a Perspectiva Social os quais perfazem as Concepções (1), Ações (2), Importância (3), Impedimentos (4), Consumismo (5), Campo Profissional (6), Origem do Conhecimento-UFU (7) relacionados ao conceito e a promoção do Desenvolvimento Sustentável, tanto para o âmbito natural cujas questões estão relacionadas com a preservação dos recursos naturais, quanto para o âmbito social cujas questões abrangem paradigmas e comportamentos da sociedade contemporânea. A partir desses resultados visualiza-se que as dificuldades referentes à implementação e fomentação do Desenvolvimento Sustentável, nas esferas de produção de conhecimento científico, vão além das problemáticas vinculadas a fragmentação do conhecimento e da necessidade de uma visão global vinculados aos diferentes níveis de realidade ideológica. O problema encontra-se na não abordagem dessa temática frente todos os cursos que compõem a esfera acadêmica, isto é, o estudo direcionado ao Desenvolvimento Sustentável fica circunscrito a pequenos grupos que se interessam sobre a temática sustentabilidade.
Abstract: In the face of contemporary issues (social, economic, environmental) for the premises of sustainable development, this project seeks to scrutinize what is the Federal University of Uberlandia s position on those issues aimed at promoting a sustainability Eco-Knowledge indicator to interpret the perception of the academic community related to the topic. With this purpose we could see through a descriptive analysis / deductive explanation that the issues facing sustainable development are not studied in depth at the University, apart from some academic units, and because of that the graduates have diffuse and inchoate knowledge acquired a greater percentage in the media, television, newspaper, magazines and internet. This result is reinforced when we compare the indicators of Eco-Knowledge in Natural Perspective (2.94) and Social Perspective (2.03), developed using data obtained by the survey, with an ideal value stipulated arbitrarily (6.3 ). For the fostering of these indicators are considered seven components that comprise the Natural Outlook, and also seven components that illustrate the Social Perspective which is made up of the Conceptions (1), Actions(2), Importance (3), Impediments (4), Consumerism (5), Professional Field (6), Source of Knowledge-UFU (7) related to the concept and the promotion of sustainable development for both the natural environment issues which are related to the preservation of natural resources, and to the social context which issues include paradigms and behaviors of contemporary society. From these results it is noticeable that the difficulties regarding the implementation and fostering of sustainable development in the spheres of production of scientific knowledge, goes beyond the issues related to fragmentation of knowledge and the need for a global vision linked to different levels of ideological reality. The problem is the lack of approach of this theme forward all courses that make up the academic sphere, that is, studies addressed to Sustainable Development are restricted to small groups interested in sustainability on the subject.
Keywords: Indicadores de sustentabilidade do eco-conhecimento
Eco-conscientização
Sustainable development
Indicators for sustainable eco-knowledge
Eco-awareness
Geografia ambiental
Desenvolvimento sustentável Aspectos sociais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: ALVES, Charmenie Santana. Indicador do eco-conhecimento: desenvolvimento sustentável sob a ótica acadêmica. 2009. 246 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16072
Issue Date: 4-Dec-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
charmenie.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.