Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16062
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise da situação da gestão de recursos hídricos no distrito industrial de Uberlândia MG: o modelo da Souza Cruz S/A
metadata.dc.creator: Silva Júnior, Clóvis Cruvinel da
metadata.dc.contributor.advisor1: Nishiyama, Luiz
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, ângela Maria
metadata.dc.contributor.referee2: Costa, Rildo Aparecido
metadata.dc.description.resumo: Concentrações humanas e industriais em centros urbanos com grande influência regional, como é o caso de Uberlândia-MG, produzem quase sempre pressões nos sistemas hídricos locais e regionais, que trazem como conseqüência direta sua degradação, com amplos desdobramentos ambientais, sobretudo, na diminuição da quantidade e qualidade da água, bem como no dano causado às bacias hidrográficas, mormente em função do lançamento de efluentes não tratados. Contudo, alternativas para minimizar os impactos causados, especialmente na utilização da água, vêem sendo discutidas e implantadas, tendo em vista o uso racional e o controle da demanda de água. Dentre essas alternativas, especificamente no Brasil, o reúso planejado da água mostra-se uma solução plausível para mitigar os efeitos sobre os sistemas hídricos. Atualmente, o gerenciamento dos recursos hídricos nas indústrias encontra-se mais complexo devido à necessidade de mecanismos e atividades alternativas para minimizar os impactos ambientais, à tentativa de adequar-se e compensar as obrigações estabelecidas pelas leis brasileiras e ainda continuar crescendo frente a um mercado competitivo e, em sua maioria, sem políticas ambientais. Nessa perspectiva de análise, essa dissertação tem como objetivo analisar e avaliar a gestão do uso da água no Distrito Industrial de Uberlândia-MG, por meio do estudo de caso da Souza Cruz S/A, que a mais de dois anos adota, em sua gestão ambiental, o reúso da água, identificando as alternativas de minimização dos impactos ambientais, especialmente no que tange aos recursos hídricos, por meio do reúso. Os principais resultados mostram a falta de controle ambiental por parte da maioria das indústrias. Os órgãos gestores municipais ainda encontram muitas dificuldades em se fazer cumprir as obrigações legais, apesar de estarem por meio de programas como o PREMEND do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) avançando na gestão ambiental industrial. Os principais limites na implantação de medidas, como o reúso da água, esbarram no fator custo-benefício e no descaso de muitas empresas em relação ao uso dos recursos naturais, o que vem agravando a situação dos recursos hídricos da bacia hidrográfica em que o referido distrito se encontra. Observou que o segmento industrial apresenta uma visão ambiental dicotômica do DMAE, especificamente quanto ao uso industrial da água, o que faz com que o cuidado com que água chegue às dependências industriais seja totalmente o inverso quando retorna ao meio ambiente. Apesar das dificuldades na gestão hídrica no DI, a Souza Cruz conseguiu por meio de seus processos mitigadores, a exemplo do reúso da água, reduzir a demanda ofertada pela concessionária, além de reutilizar 100% dos seus efluentes, não os lançando mais na rede pública, diminuindo assim, a sobrecarga na Estação de Tratamento de Efluentes e melhorando a condição ambiental local. Entretanto, uma postura ambiental equilibrada entre a necessidade, e o quanto utilizar de água, é uma opção empresarial de poucas empresas no Distrito Industrial de Uberlândia. Há, portanto, a necessidade de uma maior contribuição da sociedade para que a dinâmica ambiental criada para atender as necessidades industriais e humanas possa ser guiada por processos e políticas de preservação ambiental trazendo novas possibilidades na gestão hídrica local, seja por meio de contribuições privadas positivas, como é o caso do reúso implantado pela Souza Cruz, seja por orientações do administrativo municipal, que regulamenta o uso da água e estabelece práticas conservacionistas. Na realidade, a problemática no uso correto da água, perpassa por uma exploração abusiva e, ao mesmo tempo, por um retardamento nas tentativas de adequação do quanto consumir e do quanto preservar em Uberlândia, MG.
Abstract: Human and industrial concentration in urban centers with large regional influence, such as Uberlândia-MG, constantly produce pressure on local and regional water systems, what causes its degradation as a direct consequence, with large environmental consequences, especially in decreasing the quantity and quality of the water, as well as watersheds damaging, especially due to the release of untreated effluents. However, alternatives to minimize the impacts caused, especially in the water use, are being discussed and implemented, aiming water‟s rational use and control of its demand. Among these alternatives, specifically in Brazil, the planned water reuse is a plausible solution to mitigate the effects on water systems. Nowadays, the water resources management in the industries is more complex because of the need for mechanisms and alternative activities to minimize environmental impacts, the attempt to adapt and compensate the obligations established by the Brazilian law and they‟re still facing a competitive growing market and, in most cases, without environmental policies. From this perspective of analysis, this dissertation aims analyzing and evaluating the management of water use in the industrial district of Uberlândia-MG, using the case of Souza Cruz S/A, that for over two years adopts in its environmental management the water reuse, identifying the alternatives to minimize environmental impacts, particularly regarding to water resources, through reuse. The main results show the lack of environmental control by the majority of industries. The municipal authorities are still facing difficulties to enforce the law, despite being in advance through programs such as PREMEND the Department of Municipal Water and Sewerage (DMAE) regarding environmental management industry. The main limitations in the measures implementation such as the water reuse, is the cost-benefit factor and the disregard of many companies on the use of natural resources, which is exacerbating the situation of water resources in the basin in which the district is located. It was possible to observe that the industrial environment presents a dichotomy of DMAE, specifically on the industrial water use, which makes the water care reach the industrial facilities totally the opposite when it returns to the environment. Despite the difficulties in water managing in the DI, Souza Cruz accomplished through its mitigated processes, such as the water reuse, reducing the offered demand by the concessionaire, and 100% reuse of its effluents, not releasing them in public places, reducing, therefore, the overload at the sewage treatment center and improving the local environmental conditions. However, a balanced environmental position between the need and how to use water is an option of a few enterprises in the industrial district of Uberlândia. Therefore, there is a need for a greater contribution of the society so that the environmental dynamics designed to meet the industrial and human needs can be guided by procedures and policies for environmental preservation bringing new opportunities in local water management, or through private positive contributions, such as the reuse implemented by Souza Cruz, is the municipal administrative guidelines, which regulates water use and establishes conservation practices. Indeed, the problems in the correct use of water overcomes an abuse and, at the same time, a delay in attempts to adequate how much to consume and preserve in Uberlândia, MG.
Keywords: Recursos hídricos - Conservação - Uberlândia (MG)
Meio Ambiente - Uberlândia (MG)
Água - Reutilização
Água - Poluição
Indústria - Aspectos ambientais
Gestão de recursos hídricos
Distrito industrial
Souza Cruz
Resources water management
Industrial district
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: SILVA JÚNIOR, Clóvis Cruvinel da. Análise da situação da gestão de recursos hídricos no distrito industrial de Uberlândia MG: o modelo da Souza Cruz S/A. 2009. 203 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16062
Issue Date: 27-Aug-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Clovis.pdf4.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.