Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16046
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Segregação socioespacial e criminalidade urbana envolvendo jovens na cidade de Uberlândia MG
metadata.dc.creator: Freitas, Oracilda Aparecida de
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramires, Julio Cesar de Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Grossi, Suely Regina Del
metadata.dc.contributor.referee2: Ferreira, William Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa teve como objetivo central caracterizar a criminalidade envolvendo jovens de 15 a 24 anos de idade na cidade de Uberlândia, priorizando a dimensão socioespacial. Os procedimentos metodológicos da pesquisa contemplaram: o levantamento bibliográfico e a elaboração de referencial teórico acerca de conceitos sobre exclusão social e violência urbana, com ênfase na criminalidade praticada por jovens; políticas públicas de prevenção da violência; levantamento de dados junto ao Centro de Operações Policiais Militares - COPOM sobre os índices de violência em Uberlândia no ano de 2006, destacando os homicídios envolvendo jovens; levantamento de dados no Núcleo de Informação à Saúde - NIS sobre os óbitos em 2006 por faixa etária; levantamento, espacialização e análise de alguns indicadores socioeconômicos de Uberlândia a partir do Censo Demográfico de 2000, produzido pelo Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE; coleta de reportagens sobre a violência urbana envolvendo jovens, publicadas no Jornal O Correio de Uberlândia entre os meses de janeiro e dezembro de 2006; levantamento de dados nas instituições de prevenção à criminalidade, tais como a Superintendência de Prevenção à Criminalidade e o Centro de Integração Social do Adolescente em Uberlândia CISAU, atualmente denominado Centro Socioeducativo de Uberlândia CSEU; levantamento e análise de algumas políticas públicas de prevenção à violência envolvendo jovens, formuladas e implantadas em outras cidades do país. Verificou-se que nos bairros periféricos encontra-se maior parcela de crimes envolvendo jovens, mas isso também ocorre em outros bairros centrais da cidade. Dessa forma, ressaltamos que o jovem é alvo da criminalidade urbana no contexto social e econômico no qual vive, e cabe ao Estado programar políticas públicas voltadas para a educação e tomar medidas de prevenção e combate à violência urbana, para que o jovem não se torne autor e vítima dos homicídios, bem como de outros atos violentos constantemente noticiados pela mídia.
Abstract: This research aimed to characterize the central criminality involving young people (15-24 years old) in the Uberlândia city, giving priority to social and spatial relations. It was identified the young offender profile in determined institution of promoting social and educational measures. The methodological procedures of the research covered: the survey and development of bibliographic references about theoretical concepts on social exclusion, violence with emphasis on urban crime perpetrated by young people, and public policies to prevent violence, the survey data from the COPOM on the violence indices at Uberlândia in 2006, highlighting the murders involving young people, the survey data in the Center for Health Information on deaths in 2006 by age, the survey; spatialization and analysis of some socioeconomic indicators of Uberlândia from Population Census of 2000 (IBGE); collection of reports on urban violence involving young people published in The Journal Correio de Uberlândia in months between January and December 2006; survey data in institutions for prevention of crime, such as the Superintendency of the Crime Prevention and CISAU -- Centre for Adolescent Social Integration of Uberlândia, now called Centre Social and educational of Uberlândia, and removal and analysis of some public policies for prevention of violence involving young people, formulated and implemented in other cities of the country. It was noted that in local neighbourhoods has been greater share of crimes involving young people, but it also occurs in other central districts of the city. Thus, we consider that the young is target of crime in urban social and economic context in which we live and it is for the state plan public policies aimed at education and prevention measures and combat urban violence so that it does not become author and victim of homicide reported in the media.
Keywords: Segregação socioespacial
Criminalidade
Jovens
Urban violence
Segregation social
Spatial
Youth criminality
Violência urbana - Uberlândia (MG)
Criminalidade urbana - Aspectos sociais
Jovens - Condições sociais
Geografia humana
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: FREITAS, Oracilda Aparecida de. Segregação socioespacial e criminalidade urbana envolvendo jovens na cidade de Uberlândia MG. 2008. 233 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16046
Issue Date: 3-Oct-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Oracilda.pdf4.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.