Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15957
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: O território e as estratégias de permanência camponesa da comunidade Pedra Lisa no processo de expansão das lavouras de cana-de-açúcar em Quirinópolis/GO
Author: Souza, Edevaldo Aparecido
First Advisor: Santos, Rosselvelt José
First member of the Committee: Mendonça, Marcelo Rodrigues
Second member of the Committee: Chaveiro, Eguimar Felício
Third member of the Committee: Cleps Junior, João
Fourth member of the Committee: Portuguez, Anderson Pereira
Summary: Este trabalho analisa a comunidade camponesa Pedra Lisa, que se constitui uma das 21 sub-regiões do Município de Quirinópolis, predominando as pequenas propriedades e a atividade com gado leiteiro. São famílias que estão em Pedra Lisa há mais de quarenta anos, tendo construído suas vidas e relações sociais nesse lugar. Nessa existência camponesa há conjugações de práticas sociais de outros tempos, com incorporação de tecnologias mais modernas, na perspectiva de uma economia do trabalho e redução do esforço humano, nas tarefas domésticas, assim como das facilidades na intercomunicação e informação em escala maior. Por conta disso, a pesquisa, na Comunidade Pedra Lisa, estabeleceu seus caminhos metodológicos constituídos por um referencial teórico sobre os temas debatidos na tese e o trabalho empírico, para conhecimento da realidade vivida no cotidiano dos sujeitos pesquisados. A investigação em campo foi realizada em diferentes etapas, por intermédio de entrevistas, com anotações em diário de campo, estabelecida pela inserção na comunidade, buscando vivenciar parte das práticas socioculturais no lugar Pedra Lisa e registrar fatos e paisagens a partir da fotografia. O objetivo desta pesquisa foi elencar os valores camponeses que ainda existem no lugar Pedra Lisa, testemunhando uma memória histórica, preservando identidades do passado, constituídas de gentes e coisas, de elementos materiais e imateriais. Assim sendo, seus territórios também continuam presentes, num processo de coexistência com os territórios modernos. Dessa forma, se suas práticas sociais ainda permanecem é porque são fortes para os grupos sociais que os constituem, potencializando sua (re)existência. Os resultados da investigação foram distribuídos em seis capítulos: o primeiro e o segundo capítulos retratam, de forma descritiva e analítica, as paisagens físicas e culturais e as inter-relações com os modos de vida do camponês do Cerrado e com o agronegócio, indicando a possibilidade do espaço não ser um ente manejado apenas pelos que detêm recursos financeiros, visto que a paisagem revelada, a partir do lugar, permite a identificação de formas e vínculos territoriais camponeses; o terceiro capítulo faz uma reflexão a respeito das diferentes lógicas sociais, identificadas no lugar, sobretudo, a camponesa e a do agronegócio, analisando as diferentes lógicas entre as coexistências e suas contradições; o quarto capítulo estabelece uma discussão em torno dos conceitos de território e dos vínculos territoriais que os camponeses mantêm com o lugar, enfatizando suas práticas sociais com a dimensão dos vínculos territoriais e os meios dos camponeses de Pedra Lisa se relacionar com suas diversas instituições; o quinto capítulo, aborda a relação entre modos de vida camponês e a modernidade, no intuito de estudar a identificação dos sujeitos envolvidos, espaço/temporalmente, no processo de reocupação do Cerrado, buscando compreender a condição social dos produtores de leite de Pedra Lisa, frente às transformações das modernidades econômicas e políticas impostas a esse lugar; e o sexto capítulo, apresenta o lugar vivido do camponês da Comunidade Pedra Lisa que continua existindo em um espaço em mutação.
Abstract: This work analyzes the peasant community Pedra Lisa that constitutes one of the 21 sub-regions of the Quirinópolis‟ borough, predominantly the small farms and the activity with dairy cattle. There are families that are in the Pedra Lisa for over forty years, having built their lives and social relationships in this place. In this peasant existence there are conjugations social practices of other times, with incorporation of most modern technologies, in the perspective of an economy of the work and reduction of the human effort, in the household chores, as well as the facilities in the intercommunication and information on a larger scale. For this reason, the research, in the community Pedra Lisa, established its methodological paths composed of a theoretical referential on the themes discussed in the thesis and the empirical work, for knowledge of the reality experienced in the quotidian of the subjects surveyed. The investigation in field, conducted in different stages, through interviews, with annotations in field diary, established by insertion in the community, seeking to experience part of the socio-cultural practices in the place Pedra Lisa and record facts and landscapes from the photography. The objective of this research was to list the peasants values that still exist in the place Pedra Lisa, witnessing a historical memory, preserving identities of the past, made up of people and things, tangible and intangible elements. Thus, its territories also remain present, in a process of coexisting with the modern territories. This way, if their social practices still remain is because they are strong for the social groups that constitute them, leveraging its (re) existence. The research results were distributed into six chapters: the first and the second chapters portray, in descriptive and analytical form, the physical and cultural landscapes and the interrelationships with the lifestyles of the Cerrado‟s peasant and the agribusiness, indicating the possibility of the space isn‟t a being handled only by that hold financial resources, since the landscape revealed, from the place, allows the identification of forms and peasants territorial ties; the third chapter, is a reflection about the different social logics, identified in the place, especially, the peasantry and the of the agribusiness, analyzing the different social logics between the coexistences and its contradictions; the fourth chapter provides a discussion around the concepts of territory and territorial bonds that the peasants keep with the place, emphasizing their social practices with the dimension of the territorial ties and the means of the peasants of the Pedra Lisa if relate to their diverse institutions; the fifth chapter, discusses the relationship between the ways of peasant life and the modernity, in order to study the identification of the subjects involved, space/temporally, in the process of reoccupation of the Cerrado, trying to understand the social condition of the milk producers of the Pedra Lisa, face the transformations of the economic modernity and policies imposed on this place; and the sixth chapter, extend the place lived of the peasant of the Pedra Lisa community that continues to exist in a changing space.
Keywords: Quirinópolis
Comunidade Pedra Lisa
Camponeses
Cana-de-açúcar
(Re)existência
Pedra Lisa community
Peasants
Cane sugar
(Re)existence
Camponeses Quirinópolis (GO) Aspectos sociais
Cana-de-açúcar - Quirinópolis (GO) Aspectos econômicos
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: SOUZA, Edevaldo Aparecido. O território e as estratégias de permanência camponesa da comunidade Pedra Lisa no processo de expansão das lavouras de cana-de-açúcar em Quirinópolis/GO. 2013. 351 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15957
Date of defense: 24-Jan-2013
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EdevaldoAparecido.pdf6.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.