Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15942
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Riscos de acidentes e mortes em usuários de motocicletas em Uberlândia MG
metadata.dc.creator: Bonito, Rosuita Frattari
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Beatriz Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee1: Ferreira, Denise Labrea
metadata.dc.contributor.referee2: Teixeira, Flavia do Bonsucesso
metadata.dc.contributor.referee3: Mesquita, Adailson Pinheiro
metadata.dc.contributor.referee4: Rodrigues, Eugênia Maria Silveira
metadata.dc.description.resumo: De objetos de desejo, no século vinte, as motocicletas representam hoje um objeto de risco em decorrência do aumento da frota acompanhando o aumento do poder aquisitivo da população e também do aumento das deficiências do transporte público. Este estudo teve como objetivo identificar o risco de acidentes e mortes em motociclistas em Uberlândia, MG, e sua própria percepção de risco, considerando o tipo de uso da motocicleta, se para lazer, trabalho ou transporte. Foram utilizados três instrumentos de coleta de dados com variáveis de identificação, de comportamento e da percepção de risco dos sujeitos. De 209 entrevistados inicialmente em 2005, 132 foram acompanhados durante 24 meses, entre 2005 e 2007, por telefone, e 86 deles responderam também a uma entrevista sobre a sua própria percepção de risco em 2007. Os resultados mostram que há diferenças nos riscos entre os três tipos de usos da motocicleta, para variáveis como idade, religião, escolaridade, estado civil, uso de equipamentos de segurança, quilometro rodados por mês, etnia, profissão, uso de álcool, número de horas de lazer por semana, renda pessoal e cilindradas da motocicleta. Na percepção dos riscos pelos próprios motociclistas, eles apontam um Estado frágil no que se refere à aplicação da lei, responsabilizando terceiros pelos comportamentos de risco aos quais se submetem. Conclui-se que as políticas públicas devem considerar que o trânsito é feito por e para as pessoas, portanto devem balizar suas intervenções levando em conta a pluralidade dos sujeitos humanos.
Abstract: Objects of desire in the twentieth century, motorcycles are today subject of risk due to the increase of the fleet followed by the increase of peoples purchasing power and also the increase of shortcomings public transport. This study aimed to identify the risk of accidents and fatalities among motorcyclists in Uberlândia, MG, and their own perception of risk, considering the type of motorcycle used, whether for leisure, work or transport. We used three instruments to collect data with identification variables, behavior and perception of risk to the subjects. Of 209 interviewed done in 2005, 132 were followed for 24 months between 2005 and 2007, by telephone, and 86 of them also responded to an interview about his own perception of risk in 2007. The results show that there are differences in risk between the three types of motorcycle uses for variables such as age, religion, education, marital status, use of safety equipment, kilometers run per month, ethnicity, profession, alcohol use, number of leisure hours per week, personal income and the to engine capacity of the motorcycle CC ( cubic centimeters). In risk perception of the motorcycle driverss, they point to a fragility of law enforcement, blaming others for risk behaviors in which they get envolved. We conclude that public policy should consider the traffic is made by and for people, so they should guide its interventions taking account the plurality of human subjects.
Keywords: Risco de acidente
Motocicleta
Tipos de usos
Risk of accidents
Motorcycle
Types of uses
Motocicletas - Acidentes
Acidentes de trânsito - Uberlândia (MG)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: BONITO, Rosuita Fratari. Riscos de acidentes e mortes em usuários de motocicletas em Uberlândia MG. 2011. 156 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15942
Issue Date: 19-Sep-2011
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.