Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15933
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Políticas de regionalização e criação de destinos turísticos entre o Lago de São Simão e a Lagoa Santa no Baixo Paranaíba Goiano
metadata.dc.creator: Santos, Jean Carlos Vieira
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Rosselvelt José
metadata.dc.contributor.referee1: Jesus, Gilmar Mascarenhas de
metadata.dc.contributor.referee2: Almeida, Maria Geralda de
metadata.dc.contributor.referee3: Portuguez, Anderson Pereira
metadata.dc.contributor.referee4: Abdala, Mônica Chaves
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa analisa as políticas públicas de regionalização do turismo no Brasil, elaboradas durante a campanha presidencial de Luís Inácio Lula da Silva, em 2002. Em janeiro de 2003, com esse presidente eleito, foi criado o Ministério do Turismo (Mtur) e, logo após, foi implantado em seu planejamento o Plano Nacional do Turismo, visando valorizar as diversidades regionais com a criação de regiões turísticas. Desse modo, a presente investigação tem seus desdobramentos no estudo de caso microrregião de Quirinópolis no Estado de Goiás. Porém, a discussão não se limita à realidade nacional, pois este traz também a Região Algarve em Portugal, um parâmetro comparativo para análise, não é a experiência mais longa desta investigação, mas o espaço historicamente com mais densidade turística. No caso brasileiro, as políticas públicas desenvolvidas e aplicadas na perspectiva regional subtraem os lugares relegando-os as hierarquias, sobretudo urbanas. No interior goiano problematizamos se não seria o caso de agir incentivando as políticas públicas de turismo comprometidas com esses lugares e com a rede social que passa a exercer o papel de gestora dos atrativos turísticos. Ressaltamos no campo que o turismo necessita de sujeitos sociais capazes de negociar um projeto de inclusão que pense os lugares associados ao regional. Consideramos a rede urbana como uma possibilidade de organização do turismo no interior goiano, mas é preciso criar mecanismos para garantir a democratização dos acessos aos recursos públicos. Essa problemática levantada foi permeada pelas possibilidades de visualizar se o poder central dialoga com os sujeitos locais articulados com o projeto de Estado voltado para o turismo. Quanto aos caminhos de construção da pesquisa, três momentos foram fundamentais: o trabalho de campo, a pesquisa documental e o trabalho de gabinete. A partir desse percurso, definiram-se os capítulos da presente investigação: o 1º A Região na Perspectiva das Políticas Estatais de Turismo , o 2º A Microrregião de Quirinópolis e a Gênese do Lazer e Turismo nos Municípios , o 3º Políticas Públicas e Redes Organizacionais que Ligam os Lugares Turísticos do Baixo Paranaíba Goiano , o 4º Proposta de Criação de Destinos Turísticos entre o Lago de São Simão e a Lagoa Santa no Baixo Paranaíba Goiano , o último e 5º Transformações e Evolução nas Políticas Públicas de Turismo em Portugal: comparando a maturidade européia com a área de estudo brasileira . Portanto, o objetivo central desta tese é examinar a recente política pública de regionalização do turismo em Goiás, compreendendo como o Estado moderno age atendendo às demandas socioespaciais e como essas políticas estatais chegam e são assimiladas pelos diferentes sujeitos sociais nos conjuntos de lugares do interior. Neste caso, será relevante entender como as ações, sensibilizações, sociabilidades forçadas, desafios, valores e alianças que se apresentam nesses mosaicos de lugares e como elas se articulam com as iniciativas do próprio Estado, estabelecendo redes e estreitando relações entre as sociedades público-privadas locais e regionais.
Abstract: This research examines the public policy of regionalization of tourism in Brazil, developed during the presidential campaign of Luis Inácio Lula da Silva in 2002. In January 2003, with the elected president, was created the Ministry of Tourism (Tourism Ministry), and soon after, was implanted, in its planning, the National Tourism Plan, aiming to enhance regional diversities with the creation of tourist regions. Thus, this research has its consequences in the case study of micro region of Quirinópolis in Goias State, however, the discussion is not limited to the national reality, so this also brings the Algarve Region in Portugal, a comparative parameter for analysis, it is not the longer experience of this investigation, but a space with more tourist density historically. In Brazil, public policies developed and applied at regional perspective subtract places relegating them to the hierarchies, especially urban areas. In the country of Goias, we ask if not the case for encourage public policies of tourism committed to these tourist places and with the social network that exercise the role of manager of the tourist attractions. We highlight in the area that tourism needs social subjects able to negotiate a social inclusion project that think the places associated to the region. We consider the urban network as a possibility for organization of tourism in the country of Goias, but it is necessary to create mechanisms to guarantee the democratization of access to public resources. This issue raised was permeated by the possibilities of visualizing if the central power talk to the articulated local subjects with the State project focused on tourism. As for ways of building the research, three steps were essential: the fieldwork, the documentary research and the office work. From this route, set up the chapters of this research: 1st The Region in the Perspective of State Policies on Tourism , 2nd The micro region of Quirinópolis and the Genesis of Sport and Tourism in Cities , 3rd Public Policies and Organizational Networks linking the tourist sites of the Lower Paranaíba Goiano , 4th Proposal for the Creation of Tourist Destinations between Lake St. Simon and Lagoa Santa in the Lower Paranaíba Goiano , the latest, 5th Transformations and Evolution in Public Policy Tourism in Portugal: comparing the maturity of Europe with the study area in Brazil . Therefore, the main aim of this thesis is to examine the recent public policy of the regionalization of tourism in Goias, appreciating how the modern State acts answering the soci-spatial demands and how these state policy arrive and they are understood by the different social subjects in the country places. In this case, it is important to understand how the actions, the sensitization, the forced sociabilities, the challenges, the values and the alliances that are present in these mosaic of places and how they articulate with the initiatives of the State, establishing networks and strengthening relationships between public and private local and regional companies .
Keywords: Conjuntos de lugares
Saber fazer
Interior
Redes sociais
Sujeitos sociais
Clusters of places
Know-how
Country, Social networks, Social subjects
Geografia regional Quirinópolis (GO)
Turismo aspectos políticos Quirinópolis (GO)
Turismo Portugal
Políticas públicas - Quirinópolis (GO)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: SANTOS, Jean Carlos Vieira. Políticas de regionalização e criação de destinos turísticos entre o Lago de São Simão e a Lagoa Santa no Baixo Paranaíba Goiano. 2010. 367 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15933
Issue Date: 20-Dec-2010
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PoliticasRegionalizacaoCriacao.pdf14.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.