Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15791
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Indução de respostas morfogenéticas em Anacardium humile St. Hill. (Anacardiaceae) e análise da divergência genética entre populações
metadata.dc.creator: Londe, Luciana Nogueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Bonetti, Ana Maria
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santana, Denise Garcia de
metadata.dc.contributor.referee1: Coelho, Milton Vieira
metadata.dc.contributor.referee2: Vieira, Maria Lucia Carneiro
metadata.dc.contributor.referee3: Melo, Berildo de
metadata.dc.description.resumo: O Anacardium humile St. Hill., conhecido como cajuzinho-do-cerrado ou cajuí, é uma espécie pertencente à família Anacardiaceae que ocorre naturalmente em Campo Sujo e no Cerrado do Brasil. Tem importância alimentar, industrial, medicinal e econômica e a castanha tem as mesmas características e usos do cajú comum, com ampla utilização para o consumo. Pelo fato das espécies do Cerrado mostrarem interesses antagônicos, biológico e socieconômico, torna-se necessário gerar informações biológicas, na tentativa de uma adequada exploração econômica, para evitar a utilização predatória ou, até mesmo, a extinção da espécie. O objetivo desse trabalho foi o de otimizar um protocolo para cultivo em escala comercial, por micropropagação de Anacardium humile, além de analisar os patógenos existentes no cultivo in vitro, para quantificar a melhor concentração de fungicida sistêmico a ser utilizado na cultura de cajuí. Foi analisada, ainda, a divergência genética existente entre populações do cerrado mineiro (Clube Caça e Pesca Itororó Uberlândia MG) e goiano (Parque Estadual da Serra de Caldas Caldas Novas - GO) por meio da técnica de AFLP (Amplified Fragment Lenght Polimorphism). Ocorreu baixo sucesso de micropropagação de cajuí apesar de se obter brotos, que não puderam ser aclimatados. A análise de microrganismos mostrou prevalência de Aspergillus niger no cultivo in vitro sendo que as concentrações utilizadas de benomyl no meio foram muito elevadas, podendo causar fitotoxicidade às plântulas. Quanto à análise da divergência genética verificou-se maior distância genética entre populações de regiões diferentes (58%) do que dentro da mesma região (35% Clube Caça e Pesca Itororó; 47% Parque Estadual da Serra de Caldas) apesar de as plantas apresentarem características fenotípicas distintas.
Keywords: AFLP
Anacardium humili
Micropropagação
Cajuí
Micropropagation
Cajuí-Propagação in vitro
Anacardiacea
Poliformismo-Genética
Cajuí-Doenças e pragas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Genética e Bioquímica
Citation: LONDE, Luciana Nogueira. Indução de respostas morfogenéticas em Anacardium humile St. Hill. (Anacardiaceae) e análise da divergência genética entre populações. 2005. 165 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15791
Issue Date: 7-Oct-2005
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Genética e Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LNLonde1DISSPRT.pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open
LNLonde2DISSPRT.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.