Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15560
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Hannah Arendt : (im)possibilidades de superação da banalização da violência
metadata.dc.creator: Prieto, Amélia Cristina Silva Machado
metadata.dc.contributor.advisor1: Amitrano, Georgia Cristina
metadata.dc.contributor.referee1: Lobo, Rafael Haddock
metadata.dc.contributor.referee2: Said, Ana Maria
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação se propõe instigar o debate sobre os temas da violência e de sua banalização da mesma na nossa sociedade à luz das reflexões suscitadas por Hannah Arendt. Inicialmente, introduzimos conceitos básicos para o entendimento da obra de Arendt, desde o período da tradição grega até a sociedade atual. Em seguida, são apresentadas as discussões de Arendt sobre a banalização da violência e a alienação, a partir de um resgate histórico em busca das raízes das mazelas da sociedade atual, e da análise filosófica das suas dificuldades e dos seus desdobramentos. Finalmente buscamos contextualizar o legado teórico de Hannah Arendt com debates atuais de nossa sociedade, para apontar a restauração da dignidade da política e o resgate do espaço público como possíveis soluções para esses problemas.
Abstract: This dissertation proposes to instigate the debate on the issues of the violence and its banalization in our society in the light of the reflections raised by Hannah Arendt. Initially, we introduced basic concepts for understanding the work of Arendt, since the period of greek tradition to the present society. Then we present the Arendt s discussion on the banalization of violence and alienation, from a historical review in search of the origins of the ills of the contemporary society, and the philosophical analysis of its difficulties and its consequences. Finally we seek to contextualize the theoretical legacy of Hannah Arendt with current debates in our society, in order to show the restoration of the dignity of politics and the recovery of public space as possible solutions to these problems.
Keywords: Violência
Banalidade do mal
Política
Espaço público
Poder
Violence
Banality of evil
Policy
Public space
Power
Arendt, Hannah, 1906-1975 - Crítica e Interpretação
Filosofia alemã - Séc. XX
Ciência política - Filosofia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Filosofia
Citation: PRIETO, Amélia Cristina Silva Machado. Hannah Arendt : (im)possibilidades de superação da banalização da violência. 2012. 87 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15560
Issue Date: 19-Sep-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HannahArendtImpossibilidades.pdf543.79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.