Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15517
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O Jornalismo de divulgação científica e a constituição do lugar enunciativo da superinteressante
metadata.dc.creator: Rocha, Renata Ferreira dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Mussalim, Fernanda
metadata.dc.contributor.referee1: Fernandes, Cleudemar Alves
metadata.dc.contributor.referee2: Mendonça, Marina Célia
metadata.dc.description.resumo: Essa dissertação pretende mostrar como se dá a constituição do lugar enunciativo da Superinteressante no campo discursivo de divulgação científica apontando para o modo como a revista se posiciona em relação às polêmicas instituídas no espaço discursivo em que se discute a temática de manutenção (ou não) da vida humana, no campo do jornalismo de divulgação científica. A partir da noção de gênero de discurso de Bakhtin (2003), traçar algumas considerações sobre o gênero reportagem de divulgação científica, a fim de caracterizar, de maneira minimamente satisfatória, as instâncias reguladoras do corpus de análise, buscando mostrar como as polêmicas são postas em cena nas reportagens por meio do discurso relatado. O intuito é verificar de que modo e em que medida a revista não se posiciona de forma neutra frente aos temas tratados, apesar de buscar incessantemente construir uma imagem de si como mera mediadora das questões abordadas, o que produz o que chamamos de efeito de posição de neutralidade. O corpus é formado por três reportagens de capa da revista: Afinal, o que está acontecendo com a medicina? (Ano 15, n. 5, maio/2001), Vacinas: a cura ou a doença? (Ano 15, n. 2, fevereiro/2001), e Eutanásia (Ano 15, n. 3, março/2001). A fundamentação teórica está alicerçada nas formulações de três autores Bakhtin (1986 / 1929), Authier-Revuz (2004) e Maingueneau (1997; 2005), mais especificamente, nas noções de dialogia, heterogeneidade enunciativa e interdiscurso. A abordagem do corpus se dá a partir da noção de polêmica constitutiva apresentada por Maingueneau (2005).
Abstract: This dissertation intend show how happen the constitution of the enunciative place from Superinteressante in the speech field of spready scientific detaching the way how the magazine position itself in relationship to the controversies set up in the speech feeld in what discuss the thematic of maintenance (or no) of the human life, in field of the journalism of spready scientific. From the notion of speech type from Bakhtin (2003), draw a some considerations about the report type of spready scientific, en the order to characterize, of way tining satisfactory, the regular instancity of the corpus of analysis, searching show how the controversies are placeds in scene in reports for the related speech. The purpose is verify how and in what measure the magazine don t itself position of impartial way in front of the discuss themes, in spite of fetch tirelessing construct a itself image how simple mediator of the approach questions, producing the what we call effect of position of neutrality. The corpus is form for three reports of cover from magazine: In the end, what is happening with the Medicine? (Year 15, n. 5, May / 2001), Vaccines: the cure or the illness? (Year 15, n. 2, February / 2001), and Euthanasia (Year 15, n. 3, March / 2001). The theoritical base is foundation in formulations from the three authores: Bakhtin (1986 / 1929), Authier-Revuz (2004) e Maingueneau (1997; 2005), more specific, in the notions of the dialogia , enunciative heterogeneity and interdiscuss. The approach of the corpus happen from the notion of controversie presentation for Maingueneau (2005).
Keywords: Divulgação científica
Lugar enunciativo
Gêneros de discurso
Polêmica discursiva
Spready scientific
Enunciative place
Types of the speech
Speech controversie
Análise do discurso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: ROCHA, Renata Ferreira dos Santos. O Jornalismo de divulgação científica e a constituição do lugar enunciativo da superinteressante. 2007. 104 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15517
Issue Date: 31-Jul-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata parte 1.pdf366.11 kBAdobe PDFView/Open
Renata parte 2.pdf1.62 MBAdobe PDFView/Open
Renata parte 3.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.