Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15497
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O imaginário do aluno sobre a língua inglesa na constituição de sua subjetividade
metadata.dc.creator: Oliveira, Pauliana Duarte
metadata.dc.contributor.advisor1: Bertoldo, Ernesto Sérgio
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, João Bôsco Cabral dos
metadata.dc.contributor.referee2: Mascia, Márcia Aparecida Amador
metadata.dc.description.resumo: O contato com alunos de ensino fundamental em escolas públicas levou-nos a perceber que esses alunos, geralmente, enunciam de modo contraditório a língua inglesa. Ao mesmo tempo em que se sentem desmotivados com as aulas de língua inglesa da escola em que estudam, esses mesmos alunos circunscrevem seus dizeres em discursos de exaltação à língua inglesa. O modo como se dá o contato com essa língua no contexto de escola pública não é condição suficiente para promover uma aprendizagem considerada satisfatória. No entanto, é a partir desse contato que são produzidos sentidos e representações sobre a língua inglesa. Tais representações são suscitadas pelos discursos que circulam no espaço sócio-histórico e estão presentes no imaginário desses alunos, produzindo, de algum modo, efeitos nas suas subjetividades e levando-os a circunscreverem discursivamente seus dizeres nesses discursos. O foco de nosso trabalho é tentar compreender essa contradição no dizer do aluno: como o aluno enaltece uma língua com a qual ele praticamente não tem contato? Realizamos análise interpretativista e descritiva do corpus, composto de entrevistas semi-estruturadas com alunos e professores de língua inglesa da rede pública, objetivando investigar o papel do imaginário do aluno sobre a língua inglesa na constituição da subjetividade. A interdiscursividade relacionada ao status da língua inglesa no mundo e à política de ensino de língua estrangeira contribui para explicar a contradição do dizer dos alunos, pois se o interdiscurso diz respeito aos discursos oriundos de diferentes lugares e diferentes épocas, depreende-se daí que a produção discursiva do aluno encerra contradições.
Abstract: The contact with students of basic education in public schools led us to notice that these students, generally, enunciate the English language in a contradictory way. At the same time that they don t feel motivated with the lessons of English language at the school where they study, the same students circumscribe their saying in discourses of exaltation to the English language. The way as the contact with the English language in the context of public school happens is not enough a capable condition to promote a learning considered satisfactory. However, from this contact senses and representations are produced about the English language. Such representations are raised by the discourses that circulate in the historical and social space and they are present in the imaginary of these students, producing in some way, effects in their subjectivities and leading them to circumscribe their saying in a discoursive way in these discourses. The focus of our work is to try to understand this contradiction in student s saying: how does the student exalt a language which he or she practically does not have contact? We carried out interpretative and descriptive analysis of the corpus, made up of interviews half-structuralized with students and teachers of English language of the public school objectifying to investigate the role of the student s imaginary on the English language in the constitution of the subjectivity. The interdiscourse related to the status of the English language in the world and to the politics of education of foreign language contributes to explain the contradiction of the students saying, therefore if interdiscourse shows respect to the deriving discourses of different places and different ages, it is inferred from there that the student s discoursive production contains contraditions.
Keywords: Representações
Interdiscurso
Língua inglesa
Imaginário
Subjetividade
Representations
Interdiscourse
Student
English language
Imaginary
Subjectivity
Língua inglesa - Estudo e ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: OLIVEIRA, Pauliana Duarte. O imaginário do aluno sobre a língua inglesa na constituição de sua subjetividade. 2006. 200 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15497
Issue Date: 29-Nov-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PDOliveiraDISPRT.pdf936.52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.