Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15496
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A coerência local em textos expositivos ou argumentativos, produzidos em Língua Portuguesa por vestibulandos
metadata.dc.creator: Freitas, Mirella de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Rocha, Maura Alves de Freitas
metadata.dc.contributor.referee1: Mussalim, Fernanda
metadata.dc.contributor.referee2: Kappel, Irma Beatriz Araújo
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da presente pesquisa foi traçar o perfil dos vestibulandos da Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, discriminando e classificando os problemas de coerência local, encontrados nas redações de vestibular, segundo proposta de Van Dijk (1981) e Van Dijk e Kintsch (1983). A pesquisa se deu a partiu de uma amostra de 300 textos, escolhidos aleatoriamente, com notas variando entre 0 e 10, os quais foram corrigidos e tiveram as falhas quantificadas e classificadas dentro de um total de 19 critérios, distribuídos entre quatro classes, a saber: incoerências pragmáticas (ambigüidades; contradições; falhas referentes à situacionalidade (apelo ao sentimentalismo, ao diálogo etc.); falha quanto à informatividade; falta de clareza na exposição de idéias; falta de continuidade das idéias; fuga à verossimilhança; argumentação inconsistente; fuga ao tema proposto; trechos que favorecem inferência não-autorizada; falhas na argumentação / idéias não desenvolvidas), incoerências sintáticas, incoerências estilísticas e incoerências semânticas. A análise quantitativa e qualitativa dos resultados evidenciou que os produtores de textos apresentam maior dificuldade quanto ao aspecto pragmático (50,2% das falhas), ou seja, dificuldades em se fazerem compreender por meio de construções claras e objetivas, ligadas ao tema proposto, as quais levariam o leitor a uma dada conclusão, a favor ou contra uma dada idéia. A investigação ainda mostrou que uma grande parte dos estudantes tem dificuldades em aplicar a gramática nos textos que produzem, o que acarretou 29,1% de falhas quanto aos aspectos sintáticos. Após a análise e a discussão dos dados obtidos, compreendemos que os vestibulandos não têm domínio lingüístico-textual satisfatório na produção de textos, quanto à aplicação de procedimentos textuais e de conhecimentos gramaticais. Dessa forma, não associam aspectos semânticos, pragmáticos, estilísticos e sintáticos.
Abstract: The objective of the present research was to draw the profile of the students that try the university entrance exam at Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, discriminating and classifying the problems of local coherence, found in their compositions, according proposal of Van Dijk (1981) and Van Dijk and Kintsch (1983). The research examined a sample of 300 texts, chosen at random, with notes varying between 0 and 10, which had been corrected and had their flaws were quantified and classified, inside of a total of 19 criteria, distributed inside between four groups, to know: pragmatic incoherences (ambiguities; contradictions; flaws regarding the "situation" (appeal to the sentimentality, to the dialogue, for example); fails as for the degree of information; clarity lack in the exhibition of ideas; lack of continuity of the ideas; escape to the verisimilitude; inconsistent argument; escape to the proposed theme; passages that favor no-authorized inference; flaws in the argument / idea no developed), syntactic incoherences, stylistic incoherences and semantic incoherences. The quantitative and qualitative analysis of the results pointed that the producing of texts present larger difficulty as for the pragmatic aspect (50,2% of the flaws), in other words, they have difficulties to make themselves to be understandood by clear and objective constructions, linked to the proposed theme, which would take the reader to a conclusion, in defense or against a given idea. The investigation still showed that a great part of the students has difficulties in applying the grammar in the texts that they produce, what carted 29,1% of flaws as for the syntactic aspects. After the analysis and the discussion of the obtained data, we understood that the students that try the university entrance exam do not have satisfactory domain in the production of texts, as for the application of textual procedures and grammatical knowledge. Therefore, they do not associate semantic, pragmatic, stylistic and syntactic aspects.
Keywords: Lingüística Textual
(In)coerência local
Gêneros textuais
Produção textual
Processo Seletivo
Textual linguistics
Local (in)coherence
Textual genders
Composition
University entrance exam
Redação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: FREITAS, Mirella de Oliveira. A coerência local em textos expositivos ou argumentativos, produzidos em Língua Portuguesa por vestibulandos. 2006. 237 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15496
Issue Date: 30-Nov-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MOFreitasDISPRT.pdf729.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.