Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15460
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Saussure: a escrita e a tradução dos conceitos de linguagem, língua e fala
metadata.dc.creator: Lima, Thayanne Raísa Silva e
metadata.dc.contributor.advisor1: Silveira, Eliane Mara
metadata.dc.contributor.referee1: Arbex, Paula Godoi
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Marlúcia Maria
metadata.dc.description.resumo: Fundada por Ferdinand de Saussure (1857-1913), a linguística moderna repercutiu por todo o mundo a partir da publicação da obra póstuma do autor, o Curso de Linguística Geral. Entre os conceitos que regem essa ciência, há três deles que são capitais na delimitação do objeto da linguística e de grande importância no trabalho do linguista genebrino; são eles: linguagem, língua e fala. Esses conceitos adquirem forma no trabalho de Saussure, cujos manuscritos traçam um percurso de construção desses que foram nomeados por Tulio de Mauro (1967) de tripartição conceitual. Linguagem, língua e fala passam por vários momentos de elaboração e tomam a forma reconhecida mundialmente no Curso de Linguística Geral, composto a partir das aulas ministradas por Saussure na Universidade de Genebra, em 1907. A partir disso, o livro de Saussure foi conhecido em todo o mundo por meio de traduções para diferentes línguas ao longo dos anos. A tripartição conceitual, que possui conceitos essenciais para a linguística, começa a apresentar dificuldades de compreensão em suas traduções. Neste trabalho nos dedicamos a dois momentos diferentes: o primeiro em que trabalhamos com os termos linguagem, língua e fala a partir da construção e distinção de seus conceitos; e o segundo, com suas traduções, especialmente com duas traduções controversas desses para o inglês. Assim, no primeiro capítulo abordamos o processo de escrita dos conceitos de linguagem, língua e fala, e utilizamos alguns manuscritos saussurianos de 1891 a 1908 e, ainda, relacionamos essa escrita com a última forma em que os conceitos foram apresentados no Curso de Linguística Geral. No segundo capítulo, analisamos como a tripartição conceitual foi traduzida para diferentes línguas, com enfoque, de forma geral, nas línguas que apresentaram complicações com a tradução dos três termos e, de forma específica, em duas traduções que mostraram controversas traduções dos respectivos termos para o inglês. Além disso, destacamos alguns pressupostos teóricos que embasam nossa pesquisa em relação aos impasses de traduções enfrentados pelos dois tradutores da obra de Saussure para o inglês. No terceiro capítulo, apresentamos como os conceitos de linguagem, língua e fala estão dispostos no Curso de Linguística Geral e como a tradução desses três termos para o inglês pode proporcionar uma imprecisão terminológica que acarreta complicações à definição e distinção de conceitos tão importantes para a linguística.
Abstract: Founded by Ferdinand de Saussure (1857-1913) the modern linguistics has attracted the whole world attention after the publication of Saussure‟s posthumous work, the Course on General Linguistics. Among all concepts ruling this science, there are three that are crucial to the delimitation of the linguistics‟ object and of great importance in the work of the genevan linguist, which are: langage, langue and parole. These concepts took shape in Saussure‟s work, as we can for instance observe in his manuscripts one of their processes of construction which was renamed by Tullio de Mauro (1967) as conceptual tripartion. Langage, langue and parole underwent many moments of elaboration and took their mostly known shape in the Course on General Linguistics, from the classes that the genevan linguist taught at the University of Geneva, starting from 1907. Since then, Saussure‟s book has been well known worldwide in translations to different languages. The conceptual tripartion, that owns concepts which are essential to the linguistics, has nevertheless become difficult to understand in many of the translations. We organized this work into two different moments: the first one, in which we work with the terms langage, langue and parole in what concerns the construction and distinction of their concepts; and the second moment, which is dedicated to the translations, especially the two controversial translations to English. Thus, in the first chapter we will work with the process of writing the concepts of langage, langue and parole, by using some saussurian manuscripts from 1891 to 1908 and we will also relate these manuscripts to the way those concepts are approached in the Course on General Linguistics. In the second chapter, we will discuss how the conceptual tripartion has been translated to different languages. We will focus, in a broader way, on the languages to which the translation of the three terms were difficult, and, in a more specific way, on two of the translated version of the book where the translations of the terms to English are controversial. Besides that, some theoretical assumptions are also presented to support our research regarding the difficulties with translations faced by the two translators of the Saussure‟s posthumous work to English. In the third chapter, we will show how the concepts of langage, langue and parole are disposed in the Course on General Linguistics and how the English translation of these three terms can provide a terminological imprecision that leads to complications in the definition and distinction of concepts that are so important to the linguistics. This way, we will dissert about the process of writing and the translation of the saussurian‟s tripartion concepts, as well as the importance they have to the understanding of Saussure‟s work and also the critics about the two controversial translations of these concepts to English.
Keywords: Saussure
Manuscritos
Curso de Linguística Geral
Tradução
Linguagem
Língua
Fala
Manuscripts
Course on General Linguistics
Translation
Language
Langue
Parole
Saussure, Ferdinand de, 1857-1913 - Crítica e interpretação
Linguagem e línguas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: LIMA, Thayanne Raísa Silva e. Saussure: a escrita e a tradução dos conceitos de linguagem, língua e fala. 2014. 102 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15460
Issue Date: 24-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SaussureEscritaTraducao.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open
SaussureEscritaTraducao_Ficha.pdf6.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.