Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15453
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Entre o negro e o branco: tons e sentidos- a(s) formação(ões) discursiva(s) dos/nos poemas de Ifá
metadata.dc.creator: Carvalho, Juliano Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, João Bôsco Cabral dos
metadata.dc.contributor.referee1: Ottoni, Maria Aparecida Resende
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Alexander Meireles da
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação, intitulada Entre o negro e o branco: tons e sentidos a(s) formação(ões) discursiva(s) dos/nos poemas de Ifá , compreende um estudo sobre as formações discursivas presentes e constitutivas dos/nos textos míticos oraculares, e enunciados adjacentes, oriundos de uma consulta ao oráculo de Ifá, o que caracteriza este trabalho como um estudo de caso. A fundamentação teórica desta pesquisa está baseada na Análise do Discurso de linha francesa e em seu arcabouço têm primazia o legado de Michel Pêcheux e a extensão teórica de Santos (2009), quando cunha a noção de Instância Enunciativa Sujeitudinal. Ao exercer o seu gesto de leitura, fundamentado num paradigma hermenêutico, heurístico e holístico, este trabalho tomou por balizas, notadamente, os seguintes objetivos: i) identificar as formações discursivas presentes no discurso de Ifá; ii) interpretar os movimentos da Instância Enunciativa Sujeitudinal (IES), de Santos (2009), em suas inscrições discursivas e movimentos de identificação e desidentificação com as formações discursivas; e, iii) identificar possíveis índices de (ir)regularidades que possam denotar a caracterização de uma formação discursiva de Ifá. Para tanto, o objeto deste trabalho cujo recorte de treze excertos constitui o corpus analisado - é a materialidade linguística emergente por ocasião de uma consulta ao oráculo de Ifá e de uma entrevista realizada com o babalaô, sacerdote responsável por tal consulta. Dessa forma, as análises foram realizadas a partir de mapeamentos em matrizes, que permitiram observar as condições de produção do discurso, as conjunturas sentidurais e as movimentações da Instância Enunciativa Sujeitudinal. Assim, foi insaturada uma necessária ilusão de completude que oportunizou finalizar este trabalho, na singularidade que lhe é inerente, com reflexões sobre as formações discursivas dos/nos poemas de Ifá, além de um efeito de alcance dos objetivos.
Abstract: This dissertation, entitled \"Between the black and the white: tones and senses the discursive formation(s) in the poems of Ifá\", aims at studying the discursive formations present and constituent in mythical texts originating from of a consultation to the oracle of Ifá, characterizing this work as a case study. The theoretical foundation of this research is Michel Pêcheux s Discourse Analysis and the theoretical extension of Santos (2009), whohas coined the notion of Enunciative Instance of Subjectivity. Based on a hermeneutic, heuristic and holistic paradigm, this work has the following objectives: i) to identify the discursive formations in the discourse of Ifá; ii) to interpret the movements of the Enunciative Instance of Subjectivity, according to Santos (2009), in the discursive registrations and in the movements of identification and desidentification with the discursive formations; and, iii) to identify possible indices of (ir)regularity that can denote the characterization of a discursive formation of Ifá. There fore, the object of this work - whose thirteen excerpts constitute the analyzed corpus- is the linguistic materiality emerged during a consultation to the oracle of Ifá and an interview realized with the babalawo, a priest responsible for the consultation. Thus, the analyze was accomplished starting from mapping matrixes, that has allowed to observe the conditions of production of the discourse, the conjunctures of senses and the movements of the Enunciative Instance of Subjectivity. So, a necessary illusion of entirety was established and this illusion has created an opportunity to conclude this work, in his singularity, with reflections about the discursive formation(s) in the poems of Ifá.
Keywords: Formações discursivas
Instância enunciativa sujeitudinal
Poemas de Ifá
Odu Ifá
Oráculo de Ifá
Discursive formations
Enunciative instance of subjectivity
Poems of Ifá
Oracle of Ifá
Análise do discurso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: CARVALHO, Juliano Araújo. Entre o negro e o branco: tons e sentidos- a(s) formação(ões) discursiva(s) dos/nos poemas de Ifá. 2013. 230 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15453
Issue Date: 11-Dec-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EntreNegroBranco.pdf3.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.