Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15449
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
Title: Inglês em rede : crenças e motivação de aprendizes em um curso a distância
metadata.dc.creator: Perine, Cristiane Manzan
metadata.dc.contributor.advisor1: Ribas, Fernanda Costa
metadata.dc.contributor.referee1: Souza, Valeska Virgínia Soares
metadata.dc.contributor.referee2: Viana, Nelson
metadata.dc.description.resumo: Ancorado na Linguística Aplicada, entendida como ciência responsiva à vida social contemporânea (MOITA LOPES, 2006), o presente estudo focaliza a caracterização de construtos afetivo-cognitivos, crenças e motivação, e tecnologias digitais na aprendizagem de línguas. Esta pesquisa foi delineada a fim de investigar as crenças de alunos sobre aprender inglês a distância e sua conexão com a motivação para aprender. O referencial teórico encontra-se edificado sob três eixos temáticos, a saber, crenças, motivação e tecnologias digitais. Crenças são interpretadas como ideias, opiniões e pressupostos que professores e alunos têm a respeito dos processos de ensino e aprendizagem de línguas, formulados a partir de suas experiências (BARCELOS, 2001). A motivação é concebida como algo que nos leva a iniciar e sustentar uma ação (DÖRNYEI, 2005). Acerca das tecnologias digitais, acredita-se que estas provocam uma reconfiguração nos tradicionais papéis de professores e alunos (PAIVA, 2005). Participaram deste estudo dez alunos de diferentes cursos de graduação de uma universidade federal no interior de Minas Gerais, inscritos na disciplina eletiva Inglês Instrumental a Distância I (IngRede). Nesta pesquisa, de cunho qualitativo (BORTONI-RICARDO, 2008), os dados foram coletados por meio de um questionário, diários reflexivos, uma entrevista virtual semiestruturada e acompanhamento da participação dos alunos na plataforma Moodle. Na análise dos dados, fez-se útil a proposta de Gillham (2000) para análise de conteúdo aliada ao uso do programa WordSmith Tools. A partir dos dados a serem apresentados sugerimos a configuração de uma rede de crenças sobre aspectos da aprendizagem de inglês a distância, a qual interliga crenças sobre aprender inglês a distância, crenças sobre a língua inglesa, crenças sobre o uso do computador na aprendizagem de língua inglesa, crenças sobre o papel do aluno e crenças sobre o papel do professor. Mostramos ainda que a motivação para aprender inglês a distância nesse contexto é respaldada por uma motivação inicial, motivação em curso e motivação retrospectiva. Por fim, apontamos como a relação entre crenças e motivação em um ambiente virtual de aprendizagem é moldada por especificidades do contexto digital, no qual as crenças dos alunos sobre aprender inglês a distância influenciam sua motivação de modo a favorecê-la ou inibi-la.
Abstract: The present study is grounded on Applied Linguistics, which is understood as a science responsive to the contemporary social life (MOITA LOPES, 2006). It focuses on the characterization of affective-cognitive constructs, beliefs and motivation, and digital technology in language learning. This research was designed in order to investigate students beliefs about distant English learning and its connection with their motivation to learn. The theoretical framework is based on three themes: beliefs, motivation and digital technology. Beliefs are interpreted as ideas, opinions and assumptions that teachers and students have regarding language teaching and learning formed from their experience (BARCELOS, 2001). Motivation is conceived as something that leads us to initiate and sustain action (DÖRNYEI, 2005). Digital technology is considered to cause a reconfiguration on teachers´ and students traditional roles (PAIVA, 2005). Ten undergraduate students from different courses in a federal university in Minas Gerais took part in this study. They were enrolled in an elective course Inglês Instrumental a Distância I (IngRede). In this qualitative research study (BORTONI-RICARDO, 2008), the data were collected through a questionnaire, reflexive journals, a semi-estructured virtual interview and examination of students participation on Moodle. In the data analysis, it was useful the proposition of Gillham (2000) for content analysis allied to the WordSmith Tools software. Based on the data results, we suggest the arrangement of a network of beliefs about aspects of distance English learning, which connects beliefs about the English language, beliefs about computer use to learn English, beliefs about student s and teacher s roles. We also show that motivation to distance English learning is constituted by an initial motivation, motivation in course and retrospective motivation. Lastly, we point out how the relationship between beliefs and motivation in a virtual learning environment is framed by specificities of the digital context, in which students beliefs about distance English learning influence their motivation. They can favor or inhibit students motivation in this context.
Keywords: Crenças
Motivação
Tecnologias digitais
Língua inglesa
Beliefs
Motivation
Digital technology
English language
Língua inglesa - Educação à distância
Língua inglesa - Educação à distância- Motivação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: PERINE, Cristiane Manzan. Inglês em rede : crenças e motivação de aprendizes em um curso a distância. 2013. 233 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15449
Issue Date: 20-Sep-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.