Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15442
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Aninha e outras vozes: a construção discursiva do sujeito em Vintém de Cobre, de Cora Coralina
metadata.dc.creator: Morais, Mara Rúbia de Souza Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes, Cleudemar Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, João Bôsco Cabral dos
metadata.dc.contributor.referee2: Gregolin, Maria do Rosario de Fatima Valencise
metadata.dc.description.resumo: O objetivo geral deste trabalho fundamentado na Análise do Discurso de vertente pecheuxtiana é investigar a construção discursiva do sujeito nos textos de Vintém de Cobre: Meias Confissões de Aninha, de Cora Coralina. Tomando como pressuposto central o caráter heterogêneo, disperso e cindido do sujeito, este estudo discursivo se propõe a analisar as inúmeras vozes que atravessam Vintém de Cobre, produzindo o efeito de unidade do sujeito, construído, discursivamente, entre o mesmo e a sua alteridade constitutiva. Nesse sentido e a partir da categoria de heterogeneidades enunciativas (AUTHIER-REVUZ, 1990) , analisa o funcionamento de dois trajetos temáticos (O passado como privação e A redenção pelo trabalho) que, no âmbito dos dizeres sobre infância, sexualidade e trabalho, recortados para este estudo, compõem a unidade imaginária do sujeito dessa enunciação literária. Uma vez que esse sujeito discursivo se produz na relação da língua com o conflituoso contexto de patrimonialização da cidade de Goiás, os referidos trajetos temáticos acionam saberes da memória discursiva e inscrevem efeitos de sentido na direção de uma dessacralização do passado vilaboense (benéfico a uma minoria) e da exaltação do trabalho (propiciado pelo turismo e empreendido por todos e para todos). A partir da análise dos funcionamentos discursivos de determinadas seqüências que atuam como unidades balizadoras desses percursos temáticos, esta pesquisa descritivo-analítico-interpretativista ratifica a hipótese de que, em Vintém de Cobre, a manifestação discursiva memorialista produz uma subjetividade identificada com o que se pode denominar formação discursiva memorialista de Goiás. Na mesma direção, assinala que esse sujeito constituído no processo de identificação com o saber dessa formação discursiva assume, predominantemente, uma posição favorável à patrimonialização de Goiás Velho e à adaptação da cidade à nova realidade instituída por esse processo de tombamento/monumentalização. Todavia, diante da pluralidade do interdiscurso, que incide no fio discursivo de Vintém de Cobre, este trabalho acentua que o dizer constitutivo do sujeito nessa materialidade discursiva oscila entre relações de confronto e aliança, estabelecidas com os saberes representativos de formações discursivas outras. Sendo assim, assinala a ocorrência de furos no processo de interpelação ideológica do sujeito, que se apresenta, portanto, necessariamente, marcado pela contradição. Como indícios do caráter contraditório do sujeito em Vintém de Cobre, este estudo reconhece, ao lado de discursos que derivam para a dessacralização de um passado (benéfico somente para alguns) e para a afirmação do trabalho (advindo da exploração turística e empreendido por todos e para todos), a emergência de dizeres que, nesta discursividade, acabam convergindo sentidos para a manutenção da ordem socioeconômica do passado de Goiás, pautada na exploração do trabalho e em fortes relações de poder. Na esteira de elementos representativos dos efeitos da heterogeneidade discursiva sobre a constituição do sujeito, reafirma-se, neste trabalho, que a coerência do dizer e do sujeito produzido por ele em Vintém de Cobre situa-se na ordem do imaginário. Uma ordem que abriga a contrapartida necessária a um efeito de totalidade do sujeito, visto que ele resiste a uma interpelação ideológica perfeita e assume, predominantemente (mas não exclusivamente!), uma dada posição.
Abstract: The general objective of this paper founded on the French discourse analysis is to investigate the discursive construction of the subject in the texts of Vintém de cobre: Meias confissões de Aninha , by Cora Coralina. Taking as central presupposition the subject s heterogeneous, dispersal and divided character, this discursive study proposes itself to analyse the several voices that cross Vintém de Cobre , producing the effect of subject s unit constructed, discursively, between the subject, itself, and its constitutive other. In this sense and from the category of enunciative heterogeneities (AUTHIER REVUZ, 1990) it analyses the functioning of two thematic trajectories (The past as privation and The redemption by the work) that in the ambit of sayings about childhood, sexuality and work, cut out for this study, compose the imaginary unit of the subject of this literary enunciation. Considering that this discursive subject is produced in the language relation with the conflicting context of patrimonization of the city of Goiás, the refering thematic trajectories operate discursive memory knowledges and inscribe meaning effects towards a dismystification of the past of people from Vila Boa (beneficial to a minority) and of work praise (given by the tourism and undertaken by everybody and to everybody). From the analysis of the discursive functioning of determined sequences that act as marker units of these thematic routes, this descriptive-analitic- interpretative research ratifies the hypothesis that, in Vintém de Cobre , the discursive memorialistic manifestation produces a subjectivity identified to what we can call discursive memorialistic formation of Goiás. In the same direction signs that this constituted subject in the process of identification with the knowledge of this discursive formation assumes, predominately, a favorable position to the patrimonization of Goiás Velho and to the adaptation of the city to the new reality created by this process of monumentalization. However, in the face of the interdiscourse plurality, that occurs in the discursive thread of Vintém de cobre , this paper stress that the constitutive saying of the subject in this discursive materiality oscilates between confront and alliance relations, established with the knowledges that are representative of other discursive formations. Therefore, signs the occurrence of lacks in the process of ideologic interpolation of the subject that presents, itself , therefore, necessarily marked by contradiction. As signs of the contradictory character of the subject in Vintém de Cobre , this study recognizes, beside discourses that derive to a dismystification of a past (beneficial only to some ones) and to the work affirmation (coming from the touristic exploration and undertaken by everybody and to everybody) the emergence of sayings that, in this discourse, end up converging senses to the maintenance of the socioeconomic order of Goiás past, guided by the work exploration and in strong power relations. In the path of representative elements of the discursive heterogeneity effects about the subject constitution it is reaffirmed in this paper, that the saying coherence and the subject produced by it in Vintém de Cobre is situated in the imaginary order. An order that shelters the necessary counterpart to an effect of subject s totality, as it resists to a perfect ideologic interpellation and assumes, predominantly (but not exclusively), a given position.
Keywords: Cora Coralina
Sujeito
Heterogeneidade discursiva
Análise do discurso
Subject
Discursive heterogeneity
Discourse analysis
Coralina, Cora, 1889 1985 - Crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: MORAIS, Mara Rúbia de Souza Rodrigues. Aninha e outras vozes: a construção discursiva do sujeito em Vintém de Cobre, de Cora Coralina. 2006. 228 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15442
Issue Date: 22-Aug-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MRSRMoraisDISSPRT.pdf871.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.