Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15419
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Um estudo variacionista e fonológico sobre o alçamento das vogais médias pretônicas na fala uberlandense
metadata.dc.creator: Felice, Ana Carolina Garcia Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Magalhães, José Sueli de
metadata.dc.contributor.referee1: Floripi, Simone Azevedo
metadata.dc.contributor.referee2: Tenani, Luciani Ester
metadata.dc.description.resumo: Com a presente pesquisa realizamos uma análise descritiva do alçamento das vogais médias pretônicas com falantes de Uberlândia MG. Seguindo a metodologia Variacionista, foram feitas entrevistas com o objetivo de buscar o vernáculo na fala de nossos informantes. Dessa forma, compomos um corpus com 5.199 palavras retiradas da fala de 24 informantes estratificados por: sexo, faixa etária e anos de escolaridade, conforme estabelecido pelo GEFONO, grupo de estudos em fonologia, coordenado pelo professor doutor José Sueli de Magalhães. Além dos fatores extralinguísticos utilizados para a composição das células de pesquisa, também utilizamos fatores linguísticos, como: altura da vogal tônica; peso silábico da pretônica; nasalidade/oralidade da vogal pretônica; distância da pretônica em relação à sílaba tônica; peso da sílaba pretônica na palavra; contexto fonológico precedente: ponto de articulação; contexto fonológico precedente: continuidade/não-continuidade da consoante precedente; contexto fonológico seguinte: ponto de articulação; contexto fonológico seguinte: continuidade/não continuidade da consoante seguinte. Os dados coletados passaram por codificação e foram rodados pelo programa GoldVarb. Os fatores considerados relevantes, pelo programa, para o alçamento das vogais médias pretônicas foram analisados por nós e em seguida representados por meio da Geometria de Traços, teoria fonológica Autossegmental, de Clements e Hume (1995). Nossa análise pautou-se em estudo de Bisol (1981); Viegas (1987); Callou e Leite (1986); Callou, Leite e Coutinho (1991); Schwindt (2002), Silveira (2008); Cassique, Cruz, Dias e Oliveira (2009) e Wetzels (1992). Ao final desta pesquisa, concluímos que o alçamento das vogais médias pretônicas ocorre em Uberlândia e pode ser caracterizados tanto por aspectos neogramáticos, casos em que a regra de Harmonização se aplica, como difusionistas, quando há o alçamento sem motivação aparente ou casos em que há a oscilação entre forma alçada e não alçada.
Abstract: In the present research we performed a descriptive analysis from the rising of the middle vowels pretonic with speakers from Uberlândia - MG. Following the variational method, we conducted interviews with the goal of seeking the vernacular speech of our informants. Thus, we compose a corpus with 5.199 words from the speech of 24 informants stratified by sex, age and education level, as established by GEFONO, group of studies in phonology, cooriented by Professor José Sueli de Magalhães . In addition to the extralinguistic factors used for the composition of research cells, we use linguistic factors, such as tonic vowel height, weight of pretonic syllabic, nasal / oral pretonic vowel; distance of pretonic vowel in relation to the stressed syllable, the pretonic syllable weight of the word, phonological preceding context: articulation point; preceding phonological context: continuity / non-continuity of the preceding consonant; following phonological context: articulation point; following phonological context: continuity / non continuity of following consonant. The data collected were passed through coding and run the program called GoldVarb. The factors considered relevant by the program, to the middle vowels pretonic rising were analyzed by us and then represented by geometry of features, phonological theory Autossegmental by Clements and Hume (1995). Our analysis was based on studies from Bisol (1981), Viegas (1987); Callou and Leite (1986); Callou, Leite and Coutinho (1991), Schwindt (2002), Silveira (2008); Cassique, Cruz, Dias and Oliveira (2009) and Wetzels (1992). At the end f this research, we conclude that the rising of the middle vowels occurs in Uberlândia and can be characterized by both aspects, neogrammarians where the rules of harmonizations applies and diffusionist when there is rising without apparent reason or cases that there is oscillation between rising form and not rising form.
Keywords: Vogal média pretônica
Harmonia vocálica
Alçamento
Alçamento sem motivação aparente
Pretonic mid vowel
Harmony
Rising
Rising without apparent reason
Linguagem popular Uberlândia (MG)
Linguagem e línguas Variação
Língua portuguesa Fonologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: FELICE, Ana Carolina Garcia Lima. Um estudo variacionista e fonológico sobre o alçamento das vogais médias pretônicas na fala uberlandense. 2012. 148 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15419
Issue Date: 28-Feb-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.