Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15318
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Uma análise pragmática/desconstrutora da obra: educação a solução está no afeto-ecos e efeitos desses dizeres no contexto educacional
metadata.dc.creator: Stein, Lisiane Cardoso
metadata.dc.contributor.advisor1: Freitas, Alice Cunha de
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, João Bôsco Cabral dos
metadata.dc.contributor.referee2: Ferreira, Raimundo Ruberval
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho de pesquisa teve como objeto de análise a obra Educação: a solução está no afeto Chalita (2001), sendo nosso corpus constituído de algumas manifestações discursivas ali materializadas relacionadas à concepção de conhecimento, de educação e de identidade. Para complementar algumas partes da análise, utilizamos os dizeres de uma professora, a fim de discutir de que forma a proposta chalitiana pode produzir efeitos nas práticas e acontecimentos da sala de aula e no contexto escolar como um todo. A escolha da obra investigada não se deu ao acaso, mas, sim, pelo fato de ela estar sendo, pelo menos no Estado de Minas Gerais, considerada como poção milagrosa , capaz de solucionar vários problemas relacionados à Educação. A partir de uma leitura desconstrutora da referida obra, procuramos problematizar alguns excertos, a fim de discutir algumas aporias, representações e pontos frágeis nela presentes, bem como os perfis identitários relacionados a professores e alunos ali delineados. Optamos por uma pesquisa qualitativa, descritiva de base interpretativista que comprovou a hipótese que norteou a nossa pesquisa, ou seja, que a construção do conhecimento, principal alicerce da escola como instituição do saber, encontra-se fragilizada ou relegada a um plano pouco expressivo, porque as manifestações discursivas ligadas às questões de afetividade têm sido legitimadas nos contextos educacionais como ilusões educacionais capazes de solucionar quase todos os problemas de aprendizagem. Para o desenvolvimento da análise dos dados desta pesquisa, tomou-se como base teórica os pressupostos da Pragmática, mais especificamente, a noção de performatividade, proposta por Austin (1990), associada ao projeto da Desconstrução, proposto por Derrida (1973). Buscamos, também, referenciais nos pressupostos da Análise do Discurso de linha francesa, especialmente em Pêcheux (1975). A base teórica complementar desta pesquisa fundamenta-se nos estudos culturais pósmodernos de Hall (1997) e Silva (2005), que sustentam discussões concernentes às questões sobre identidade. Consideramos importante ressaltar que os resultados apresentados nesta pesquisa são oriundos de um processo de clivagem e metadiscursividade da pesquisadora, portanto, não se encerra em uma conclusão definitiva e única, pois, para um desconstrutor convicto, um texto será sempre um campo fértil para ser desconstruído. Desse modo, os estágios hermenêuticos e heurísticos que se instauram nesse processo de discursividade são únicos. Em relação aos resultados, percebemos que, no contexto observado, os dizeres da afetividade são tomados como performativos. Assim sendo, os sujeitos circunscritos na escola entendem que manifestações afetivas podem agir de forma eficaz na solução dos mais variados problemas relacionados aos processos de ensino e aprendizagem. Constatamos que os leitores da obra em análise, no contexto investigado, não percebem que Chalita enuncia a partir de uma posição-sujeito na qual se compromete com aspectos políticos, religiosos e éticos. Julgamos pertinente esclarecer que consideramos que a afetividade pode potencializar os processos de ensino e aprendizagem. No entanto, não podemos de modo ingênuo pensar que existe apenas um remédio para todos os males educacionais e tal remédio seja apenas o afeto.
Abstract: This piece of work had, as its object of analisys, the formerly published "Educação: a solução está no afeto Chalita (2001), being our corpus consisted of some knowledge, education and identity concept-related discoursive manifestations materialised in the aforementioned work. In order to complement some parts of this analisys, we made use of one teacher's speech, so as to dicuss on which ground the 'chalitian' propousal might produce effect on the classroom practice and happenings as well as in the school context as a whole. The, previously mentioned, work choice was not, at all, made randomly. However, for being, at least in the State oof Minas Gerais, considred as a "miraculous potion", capable of solving a number of Educational issues. Based on a deconstructive reading of the refered piece, we endevour problematising some excerpts, aiming at the dicussion of some conflicts, representations and present weak points, besides the devised teacher and student related identity profiles. We opted for an qualitative, descriptive research on an interpretative basis proving the hipothesis leading our enquiry, which states that the knoledge contruction, major school foundation, is fragilised or, to say the least, relegated to a less-expressive ground because the affectivity-related discoursive manifestations have been legitimated in the educational contexts as illusions able to solve almost all learning prolems. For the development of this research's data analisys, we took, as theoretical grounds, the Pragmatics preconceptions, more specifically, the notion of performativity, as proposed by Austin (1990), associated to the Deconstruction project, proposed by Derrida (1973). We searched for, as well, reference through the French discourse-analisys principles, specially in Pêcheux (1975). The complementing theoretical grounds of this research bases itself on the post-modern cultural studies of Hall (1997) and Silva (2005), who sustain discussions concerning the identity questions. We do consider important to restate that the results presented in this research are a product of the researcher's clivaring and the metadiscoursivity process, therefore, they do not close themselves either within an unique and definite conclusion once that, for an assured deconstructivist, a text will always be a fertile ground to be, once again deconstructed. On this manner, the hermeneutic or the heuristic stages installed in this discoursivity process are unique. In relation to the results, we notice that, in the observed context, the affectivity sayings are taken as performative. This way, The subjects circumscribed to the school understand that the affective manifestations may act on an efficient manner as a solution for the most varied teaching/learningprocess related problems. We did evidence, however, the fact that the aforementioned analised work readers, in the investigated context, do not perceive that Chalita enunciates, from a subject position in which he abides political religious and ethic issues. We do judge pertinent clarify that we consider affectivity may potentialise the teaching/learning processes. Nevertheless, we cannot, in a naive manner, think that there is only one remedy for all educational illnesses and that this remedy should, at all costs, be affection.
Keywords: Afetividade
Performatividade
Identidade
Conhecimento
Educação
Affectivity
Peformativity
Iidentity
Knowledge
Education
Pragmática
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: STEIN, Lisiane Cardoso. Uma análise pragmática/desconstrutora da obra: educação a solução está no afeto-ecos e efeitos desses dizeres no contexto educacional. 2007. 173 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15318
Issue Date: 30-Oct-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lisiane.pdf442.55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.