Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15301
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A comunicação na comunidade discursiva da Igreja Católica Apostólica Romana: das Cartas dos Apóstolos a gêneros textuais atuais
metadata.dc.creator: Martins, Sandra Eleutério Campos
metadata.dc.contributor.advisor1: Travaglia, Luiz Carlos
metadata.dc.contributor.referee1: Marquesi, Sueli Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Mesquita, Elisete Maria de Carvalho
metadata.dc.contributor.referee3: Karwoski, Acir Mário
metadata.dc.contributor.referee4: Lima, Maria Cecília de
metadata.dc.description.resumo: Os objetivos desta pesquisa são proceder a um levantamento, caracterização e descrição tanto dos gêneros usados atualmente na correspondência entre a Santa Sé, os demais membros e os fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana, como das Cartas de São Paulo, levantando evidências de que os primeiros têm suas origens nos textos escritos pelos apóstolos, particularmente por São Paulo. A fundamentação teórica do trabalho está sustentada nos estudos sobre o conceito e caracterização de gênero e de comunidade discursiva, mais especificamente Bakhtin (2003) e Travaglia (2007, 2009). A respeito do gênero correspondência, adotamos Kaufman e Rodriguez (1995) e Bazerman (2006). Buscamos, ainda, o trabalho de Fremantle (1956), Polhill (1999), Trobisch (2001) e Silva (2008), cujos trabalhos se referem às Cartas de São Paulo. Iniciamos a investigação, fazendo uma descrição da configuração das Cartas de São Paulo. Simultaneamente, realizamos o levantamento, junto à comunidade religiosa católica, dos gêneros de texto escritos pelo Papa ou em seu nome, dentre os quais selecionamos dez. Em seguida, procedemos à descrição e caracterização de todos esses textos, estabelecendo a relação entre eles e as cartas de São Paulo. Os resultados evidenciam que as funções sociocomunicativas desempenhadas pelas Cartas de São Paulo, junto às comunidades das igrejas primitivas, realizam-se atualmente, na comunidade discursiva religiosa católica apostólica romana, por diversos gêneros de textos enviados pelo papa aos católicos do mundo inteiro, os quais constituem, assim, uma atualização dos textos produzidos por São Paulo, à época em que viveu e exerceu o seu papel de líder da Igreja. Complementarmente caracterizamos e distinguimos dez gêneros da comunidade discursiva católica apostólica romana produzidos pelo papa e que as evidências indicam seriam derivados das cartas dos apóstolos, particularmente das de São Paulo.
Abstract: The purposes of this study are to carry out a survey, characterization and description of the genders used currently in the correspondence between the Holy See, the other members and the faithful of the Apostolic Roman Catholic Church, as well as in Saint Paul s Epistles, bringing out evidence that the first have their origin in the texts written by the apostles, mainly Saint Paul. The theoretical basis for the study is found in the studies concerning the concept of genre characterization and of discursive community, more precisely Bakhtin (2003) and Travaglia (2007, 2009). Concerning the correspondence genre, we adopted Kaufman and Rodriguez (1995) and Bazerman (2006). We also analyzed the writings of Fremantle (1956), Polhill (1999), Trobisch (2001) and Silva (2008), whose works refer to Saint Paul s Epistles. We started the research, making a description of the configuration of Saint Paul s Epistles. Simultaneously, we carried out a survey, with the Catholic religious community, of the genres of text written by the Pope, or on his behalf, of which we selected ten. We proceeded, then, to the description and characterization of all these texts, establishing the relationship between them and the Saint Paul s Epistles. The results show that the socio-communicative functions carried out by Saint Paul s Epistles in the communities of the primitive church, are alive currently in the religious discursive community of Apostolic Roman Catholicism, by various genres of texts sent by the Pope to Catholics in the whole world, who, constitute, thus, an actualization of the texts produced by Saint Paul, at the time in which he lived and carried out his role of Church Leader. Complementarily, we characterized and distinguished ten genres of the discursive community of Apostolic Roman Catholics produced by the Pope which the evidence indicates would be derived from the apostles, mainly Saint Paul.
Keywords: Cartas dos Apóstolos
Documentos papais
Letters of the Apostles
Papal documents
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: MARTINS, Sandra Eleutério Campos. A comunicação na comunidade discursiva da Igreja Católica Apostólica Romana: das Cartas dos Apóstolos a gêneros textuais atuais. 2014. 186 f. Tese (Doutorado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15301
Issue Date: 28-May-2014
Appears in Collections:TESE - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComunicacaoComunidadeDiscursiva.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.