Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14694
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Quantificação do processo de osteogênese em implantes dentários
Other Titles: Quantification of the osteogenesis process in dental implants
metadata.dc.creator: Oliveira, Lidiane Sartini de
metadata.dc.contributor.advisor1: Araújo, Cleudmar Amaral de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Neves, Flávio Domingues das
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Márcio Bacci da
metadata.dc.contributor.referee2: Miranda, Ricardo Fortes de
metadata.dc.contributor.referee3: Tomé, Geninho
metadata.dc.contributor.referee4: Mendonça, Gustavo
metadata.dc.description.resumo: A implantodontia surgiu como uma alternativa para substituir um elemento dental perdido. Os primeiros implantes odontológicos baseavam-se no empirismo e fracassaram devido à falta de estudos clínicos e científicos controlados. Na década de 60, Brånemark e colaboradores, fundamentados em pesquisas clínicas, desenvolveram um novo sistema de implantes baseado em uma ancoragem direta no tecido ósseo, sem a interposição de tecido mole, denominada osseointegração. O processo de osseointegração envolve aspectos biomecânicos e ainda não foi completamente esclarecido. Em vários estudos tem-se verificado que o tratamento da superfície do implante, por exemplo, superfícies tratadas com jateamento e condicionadas com ataque ácido, vem sendo um dos principais fatores que influenciam na osteogênese e, consequentemente, na osseointegração. Tais superfícies apresentariam condições apropriadas para uma aposição óssea de forma mais rápida possibilitando uma aplicação de carga em um menor período de tempo. Assim, a proposta deste trabalho foi avaliar o fenômeno da osteogênese em implantes dentários, considerando diferentes superfícies obtidas por diferentes condições de jateamento e ataque ácido. A avaliação foi feita utilizando ensaios in vitro de cultura de células osteoblásticas, sendo definido um índice para medir a intensidade da osteogênese baseado nas medidas da proliferação e viabilidade celular, fosfatase alcalina e nódulos de mineralização. Os ensaios foram conduzidos, de tal forma que, a sensibilidade das variáveis medidas fosse analisada e através de métodos de similitude em engenharia definiu-se uma equação de predição para o fenômeno. A vantagem deste procedimento é a possibilidade de previsão do nível da osteogênese, sem utilizar ensaios in vitro e in vivo que em geral são demorados e de alto custo, permitindo avaliar um produto, quanto às condições da superfície, antes de ser lançado no mercado, servindo como uma ferramenta do controle de qualidade.
Abstract: Dental implants appeared as an alternative for replacing missing teeth. The first dental implants were based on empiricism and were unsuccessful because of the lack of controlled clinical trials and scientific studies. In the 1960 s Brånemark and colleagues, based on clinical research developed a new implant system using a direct anchorage in the bone structure, without an interposed having soft tissue, called osseointegration. The osseointegration process involves biomechanical aspects and it is not yet completely understood. In various studies it has been verified that the implat surface treatment, for example, surfaces treated with sandblasting and acid etching, has shown itself to be one of the principal factors influencing osteogenesis and consequently osseointegration. Such surfaces offer conditions appropriate for a quicker bone apposition, thus making load application possible in a shorter period of time. Therefore, the purpose of this study was to evaluate the osteogenesis phenomenon in dental implants, taking into consideration the different surfaces obtained through differing sandblasting and acid etching conditions. An evaluation was carried out using in vitro experiments of osteoblastic cell culture. An osseointegration index was defined to measure the intensity of the osteogenesis based on calculations of cell viability and proliferation, alkaline phosphatase activity and mineralized nodules formation. The experiments were conducted in such a way that the sensitivity of the varios measures would be analyzed and, by means of similar methods in engineering, a predictable equation was defined for the phenomenon. The advantage of this procedure is the possibility of foreseeing the osteogenesis level, without resorting to experiments in vivo and in vitro which, in general are time consuming and costly, making it possible to evaluate a product, with respect to its surface conditions before putting it on the market, thus serving as a quality control tool .
Keywords: Implantes dentários
Osseointegração
Osteogênese
Similitude
Superfícies de titânio
Dental implants
Osseointegration
Osteogenesis
Similitud
Titanium surfaces
Biomecânica
Ossos - Crescimento
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica
Citation: OLIVEIRA, Lidiane Sartini de. Quantification of the osteogenesis process in dental implants. 2010. 195 f. Tese (Doutorado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14694
Issue Date: 20-Aug-2010
Appears in Collections:TESE - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Lidiane.pdf8.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.