Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13965
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Leitura e mediação: concepções de professores que atuam em bibliotecas escolares
metadata.dc.creator: Moraes, Léa Anny de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Arena, Adriana Pastorello Buim
metadata.dc.contributor.referee1: Cunha, Myrtes Dias da
metadata.dc.contributor.referee2: Miranda, Arlete Aparecida Bertoldo
metadata.dc.contributor.referee3: Girotto, Cyntia Graziella Guizelim Simões
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa tem como objetivo, conhecer as concepções presentes nas palavras escritas e faladas, dos professores que atuam nas bibliotecas escolares municipais de Uberlândia (MG) com relação ao tema leitura e mediação. A opção metodológica proposta é definida como qualitativa, pelo caráter comparativo e interpretativo. Além disso, toda descrição e a análise do objeto de pesquisa são constituídos numa perspectiva dialética, por pensar a realidade, a partir de suas contradições, dentro do contexto histórico e social. O indiciarismo foi utilizado para observar a realidade em seus aspectos opacos, com a valorização dos detalhes e os indícios que revelam as raízes das concepções encontradas. A construção dos dados tornou-se possível, por meio de encontros realizados no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (CEMEPE), que é uma instituição municipal onde os professores da rede realizam cursos de formação continuada. Assim, foram desenvolvidas atividades que permitiram a coletas das palavras dos docentes, por meio de oficinas, aplicação de questionário e observação dos diversos momentos de estudo e reflexão sobre os conceitos relativos à natureza da leitura e da mediação. O texto inicia-se com a apresentação do contexto geral da leitura e dos leitores no Brasil e, a principal percepção alcançada é que o processo de democratização dos livros proposto pelo governo, para promover a leitura, por meio de ações e programas de distribuição de obras, tem alcançado as escolas de diferentes regiões do Brasil, inclusive as de Uberlândia, entretanto, o acesso ao livro não é suficiente para a efetiva formação do leitor, sendo necessário, também, levar em conta a realidade social do aluno, além de, garantir tempos e espaços para a mediação de leitura. O conceito de mediação apresentado vai além da indicação de bons livros aos alunos, antes, é pensado como um processo dialético que pressupõe momentos de aprendizagem, com ações intencionais fundamentadas no diálogo, que é a forma mais elementar de comunicação e de construção de significados. Estabeleceu-se também o delineamento de um perfil dos professores que atuam nas bibliotecas escolares de Uberlândia, com a finalidade de mostrar a realidade do trabalho dos pesquisados, bem como, a estrutura das bibliotecas onde trabalham, o tempo de experiência, a formação inicial que eles tiveram, a quantidade e tipos de leitura que fazem e demais detalhes que fazem parte do contexto dos docentes. Ao concluir este trabalho foi possível constatar que falta conhecimento dos professores sobre os principais conceitos relativos à leitura e mediação, assim, eles desenvolvem suas ações na biblioteca sem o embasamento teórico necessário. Por outro lado, os estudos realizados com os docentes, proporcionaram reflexões profundas e detalhadas sobre a concepção de leitura defendida, de modo que, eles puderam entendê-la como um ato que ultrapassa a mera decifração e oralização de sinais gráficos, já que é um processo de compreensão complexo e sofisticado. Com relação à mediação, houve um reconhecimento da sua função formativa, estabelecida em relações de caráter dialógico, interpretativo e reflexivo.
Abstract: This research aims to know the concepts present in written and spoken words, teachers who work in local school libraries of Uberlândia (MG) with respect to reading and mediation theme. The proposed methodological option is defined as qualitative the comparative and interpretive character. Moreover, every description and analysis of the research object are made in a dialectical perspective, by thinking reality, from its contradictions, within the historical and social context. The evidential paradigm was used to observe reality in their opaque aspects, with the appreciation of details and clues that reveal the roots of conceptions found. The construction of the database was made possible through meetings at the Municipal Centre for Educational Studies and Projects Julieta Diniz (CEMEPE), which is a municipal institution where school teachers hold continuing education courses. Thus, activities that allowed the collection of the words of teachers through workshops, a questionnaire and observation of the many moments of study and reflection on the concepts concerning the nature of reading and mediation were developed. The text begins with a general presentation of reading and readers in Brazil and reached the main perception is that the process of democratization of the books proposed by the government, to promote reading through shares and distribution programs works, has reached schools from different regions of Brazil, including those of Uberlândia, however, access to books is not enough for effective training of the reader, it is necessary also to take into account the social reality of the student, and, ensure time and space for reading mediation. The concept of mediation presented goes beyond the indication of good books to students before, is thought of as a dialectical process that involves learning moments with intentional actions based on dialogue, which is the most basic form of communication and meaning making. It has been established outlining a profile of teachers who work in school libraries of Uberlândia, in order to show the reality of the work of those surveyed, as well as the structure of the libraries where they work, the length of experience, the initial training they had, the amount and types of reading they do and other details that are part of the context of teachers. Upon completion of this work it was found that teachers lack knowledge about the key concepts related to reading and mediation, thus they develop their actions in the library without the necessary theoretical background. Moreover, studies with teachers, provided detailed and profound reflections on the design of reading advocated, so that they could understand it as an act that goes beyond mere deciphering and oralization graphic signs, since it is a process complex and sophisticated understanding. With regard to mediation, there was a recognition of their formative function, established in dialogical relations, interpretive and reflective character.
Keywords: Educação
Leitura
Mediação de leitura
Professores que atuam em bibliotecas escolares
Education
Reading
Reading mediation
Teachers who work in school libraries
Bibliotecas e professores
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: MORAES, Léa Anny de Oliveira. Leitura e mediação: concepções de professores que atuam em bibliotecas escolares. 2014. 191 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13965
Issue Date: 24-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LeituraMediacaoConcepcoes.pdf5.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.