Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13951
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Espaço, tempo e infância: problematizações acerca do artefato midiático Barbie
Author: Diniz, Kênia Mendonça
First Advisor: Guimarães, Iara Vieira
First member of the Committee: Santos, Regma Maria dos
Second member of the Committee: Ribeiro, Ivan Marcos
Summary: Este trabalho investigou como e o que a Barbie quer ensinar sobre o mundo contemporâneo às crianças por meio da análise de dois filmes, Barbie: A Estrela do Rock (1987) e Barbie: A Princesa & A Pop Star (2012), em temporalidades distintas dentro do mesmo período histórico que é a pós-modernidade. Objetivamos, nesse sentido, compreender a relação estabelecida entre a Barbie com o binômio espaço-tempo no cenário pós-moderno. Entendemos que a Barbie, apesar de ser um personagem de feição e físico de um adulto, possui um claro viés comercial voltado para o público infantil. Por isso, voltamos os nossos esforços para estabelecer um vínculo entre contemporaneidade, sociedade de consumo, infância, espaço e tempo, relacionando estes elementos com a linguagem audiovisual com a estética cinematográfica. A Barbie é um arquétipo futuro da garota-mulher, em seu porvir; no que quer vir a ser. É um personagem que não só ensina regras de modas, mas todo um comportamento e estilo de vida; enfim, ensina um modo de ver e estar no mundo. Além disso, a personagem Barbie sempre buscar ensinar boas ações para o seu público-alvo. Por isso, nossa intenção, com o presente trabalho, esteve em analisar os artefatos fílmicos com vistas a buscar as sutilezas presentes nos mesmos no afã de proporcionar elementos de reflexão no campo da educação, sobretudo buscando compreender a dimensão de ensinamentos dados pela Barbie, que precisa ser pensada muito além do belo, bondoso e generoso como aparenta ser. Em nosso percurso de pesquisa identificamos que a Barbie é um personagem que ensina as crianças sobre o mundo contemporâneo. E neste, fruto da invenção e reinvenção do sistema capitalista, parece ser ainda importante ensinar as meninas a alimentarem o sonho de serem princesas e a vestirem o cor-de-rosa. Por isso observamos o quanto a Barbie foi se tornando uma protagonista globalizada, até mesmo porque esta é uma consequência deste capitalismo que deseja se instaurar e se reinstaurar todo momento. Concluímos que a Barbie vem realizando sua função global magistralmente, estimulando, cada vez mais, o seu público, especialmente o mirim, a fortalecer os interesses capitalistas, formatando os consumidores em acorde com as características que fundamentam a sociedade pós-moderna.
Abstract: This study investigated how and what Barbie wants to teach children about the contemporary post-modern capitalism world through analysis of two films, Barbie: A Estrela do Rock (1987) and Barbie: A Princesa & A Pop Star (2012). We aim to understand the relationship established between the Barbie and the binomial time and space within the post - modern. We understand that Barbie, despite sharing the characteristics and physical features of an adult, is clearly commercially directed at a child target audience. Therefore we turned our attention to establishing a link between the contemporary, consumer society, childhood, space and time and we related these elements to the visual language and to the cinematic aesthetics. Children are meant to see Barbie as an archetype of the woman they aspire to be in the future. It is a character who not only teaches them rules of fashion, but an entire lifestyle and behavior, and also teaches them a way of seeing and being in the world. Barbie supposedly always seeks to teach good ethics to its target audience. Thus, our intention with this work was to analyze the filmic artefacts in order to understand the subtleties presented through them and to provide elements of reflection in education that are especially trying to understand the extent of the teachings given by Barbie. These artefacts need to be considered as more than just superficial beauty, kindness and generosity. Our research identified that Barbie is a character that teaches children about the contemporary world. And this, thanks to the invention and reinvention of the capitalism system, still seems important to teach girls to feed the dream of being a princess and dressing themselves in pink dresses. So, we can see how Barbie became a globalised protagonist as a consequence of this capitalism that wants to be constantly established and reinstated. And Barbie has been performing its function masterfully, stimulating increasingly its audience, especially the children to strengthen their capitalist interests; generating consumption in accordance to the characteristics that underlie the post-modern society.
Keywords: Pós-modernidade
Criança
Espaço-tempo
Consumo
Cinema
Barbie
Post-modernity
Child
Space-time
Consumption
Crianças consumidoras
Pós-modernismo e educação
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: DINIZ, Kênia Mendonça. Espaço, tempo e infância: problematizações acerca do artefato midiático Barbie. 2014. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13951
Date of defense: 7-Jan-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EspacoTempoInfancia.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.