Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13891
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O processo de autoria na cultura digital: a perspectiva dos licenciandos em matemática
metadata.dc.creator: Alves, Deive Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza Junior, Arlindo José de
metadata.dc.contributor.referee1: Almeida, César Guilherme de
metadata.dc.contributor.referee2: Biembengut, Maria Salett
metadata.dc.description.resumo: Nesta pesquisa o tema central é o modo de produzir, isto é, o que, como produzir na cultura digital para trabalhar na educação. Procuramos estudar essa temática a partir da investigação e análise de um curso de licenciatura desenvolvido pela Faculdade de Matemática da Universidade Federal de Uberlândia, por meio das produções realizadas pelos discentes nas disciplinas, em projetos de pesquisa e nas escolas de ensino fundamental e médio. A problemática que motivou os estudos partiu da necessidade de compreender o processo de constituição da autoria dos alunos do curso de licenciatura em Matemática no tocante ao desenvolvimento do trabalho educativo com as Tecnologias da Informação e Comunicação na cultura digital de forma a entender os sentidos e significados que os discentes dão aos produtos dos trabalhos realizados por eles. Este trabalho caracteriza-se pela abordagem qualitativa, adotando como natureza do estudo uma visão construtivo-interpretativa do processo de produção do conhecimento, considerando os aspectos histórico-culturais dos sujeitos da pesquisa, que requer do pesquisador a todo momento, no processo de investigação, a interpretação, tendo esta como marco referencial para a sua construção teórica. Foram tomados como instrumentos para produção de informações e reflexões o questionário aplicado a dezenove participantes, com o objetivo de conhecer as características socioculturais dos discentes, possibilitando vislumbrar os significados e sentidos das maneiras em que os discentes aprendem e produzem o trabalho com as TIC. A entrevista, com onze sujeitos que quiseram continuar a contribuir com a pesquisa, o que possibilitou entender que as produções dos pesquisados são produto do aprendizado matemático, o qual contém fortes elementos da modelagem matemática. Por fim, a análise documental, produções dos graduandos com intuito de ensinar e aprender Matemática, possibilitando compreender que a atividade criadora está no licenciando em três tempos de produção: o reprodutivo, o articulativo e o inventivo. Dela observamos ainda três momentos para a aprendizagem docente no tocante à produção: A modelagem matemática no planejamento da atividade educativa com o computador , A modelagem matemática na implementação ambiente de simulação e A modelagem matemática na interação com os alunos do ensino fundamental e médio . Os resultados da pesquisa mostram que a cultura digital está aos poucos chegando às disciplinas do curso de licenciatura em Matemática. Constatamos que nela a categoria modo de produção é central para a explicação da própria existência humana, pois o sujeito tem de aprender o processo de desenvolvimento real dos homens realizados sob as condições históricas. Averiguamos que há uma ruptura entre trabalho, produto e autoria por parte dos pesquisados. Possibilitou, ainda, compreender que se pode conceituar modelagem matemática como ambiente de simulação 4D: Dialógica, Diversa, Datada e Dinâmica, o que no âmbito da singularidade do sujeito provoca uma maneira de apropriar e participar na cultura e na história.
Abstract: In this research the central theme is how to produce, that is, what, how to produce in digital culture to work in education. We try to study this theme from the research and analysis of a degree course developed by the School of Mathematics, Federal University of Uberlândia, by means of productions undertaken by students in the disciplines, in research projects and in elementary schools and middle. The problem that motivated the studies came from the need to understand the process by which the authorship of the students of the degree in mathematics in relation to the development of educational work with the Information Technologies and Communication in the digital culture in order to understand the meanings that the students give the products of the work done by them. This work is characterized by a qualitative approach, embracing nature of the study as a constructiveinterpretative view of the process of knowledge production, considering the historical and cultural aspects of the research subjects, which requires the researcher at all times, in the process of research, interpretation, the latter as a reference point for their theoretical construction. Were used as instruments for the production of information and reflections the questionnaire applied to nineteen participants, in order to understand the sociocultural characteristics of learners, and gives a glimpse of the significance and meanings in ways that students learn and produce work with ICT. The interviews with eleven individuals who wanted to continue to contribute to the survey, which allowed to understand that the yields of the products surveyed are learning math, which contains strong elements of mathematical modeling. Finally, the document analysis, production of graduates with the aim of teaching and learning mathematics, enabling to understand that creative activity is three times in the licensing of production: breeding, the articulativo and inventive. From it we also observed three times for teacher learning in relation to production, \"The mathematical modeling in the planning of educational activities with the computer\", \"Mathematical modeling in implementing simulation environment\" and \"Mathematical modeling in the interaction with students at primary and secondary \". The survey results show that digital culture is slowly coming to the disciplines of the undergraduate program in mathematics. We found that it the category mode of production is central to the explanation of human existence, because the subject has to learn the actual development process of the men held under the historical conditions. Then used to establish that there is a rupture between labor, product and researched by the author. Possible also to understand that one can conceptualize mathematical modeling and simulation environment 4D: Dialogic, Varied, Dating and Dynamics, which in the uniqueness of the subject leads a way to take ownership and participate in culture and history.
Keywords: Cultura digital
Formação inicial de professores
Modelagem matemática
Digital culture
Initial teacher training
Mathematical modeling
Professores Formação
Tecnologia educacional
Matemática Estudo e ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: ALVES, Deive Barbosa. O processo de autoria na cultura digital: a perspectiva dos licenciandos em matemática. 2012. 172 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13891
Issue Date: 3-Jun-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf7.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.