Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13781
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Escola rural e alfabetização: Uberlândia 1936 a 1946
metadata.dc.creator: Ribeiro, Cristiane Angélica
metadata.dc.contributor.advisor1: Lima, Sandra Cristina Fagundes de
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Sônia Maria dos
metadata.dc.contributor.referee2: Lucini, Marizete
metadata.dc.description.resumo: O tema desta pesquisa é o combate ao analfabetismo no município de Uberlândia por meio da escola rural nos anos de 1936 a 1946. O problema foi delimitado a partir da preocupação em evidenciar a tarefa atribuída à escola rural na alfabetização dos moradores do município. Como objetivo geral da pesquisa buscamos interpretar a relação entre a Cruzada Nacional de Educação e o ensino rural em Uberlândia. Os objetivos específicos foram: apreender a contribuição do ensino rural como meio de alfabetizar a população uberlandense habitante no campo; verificar a influência da campanha de alfabetização denominada Cruzada Nacional de Educação; analisar os possíveis liames entre a campanha e os projetos políticos locais; e, por último, entender o perfil dos professores primários que atuavam nas escolas rurais. Para contemplar esses objetivos foram utilizados como fontes de pesquisa: Atas de Reuniões das Escolas Rurais, Atas do Conselho Consultivo, Atas da Câmara Municipal, jornais, cadernos de um ex-aluno de uma das escolas rurais, fotografias; e entrevistas com ex-professoras das escolas rurais. Os resultados aos quais chegamos possibilitam afirmar que o combate ao analfabetismo era defendido em nível nacional, e as autoridades locais coadunavam com esse objetivo, uma vez que estas últimas, inclusive, reproduziam o discurso da campanha acerca da necessidade de alfabetizar a população, o que teve como conseqüência o aumento quantitativo das escolas rurais do município. Contudo, as professoras entrevistadas que atuaram na época, disseram não conhecer e nunca terem ouvido notícias a respeito da Cruzada Nacional de Educação. Ademais, a investigação a respeito do perfil, da formação, bem como da remuneração que os professores recebiam pelo desempenho profissional, permite-nos alegar que a maioria das docentes que atuavam no ensino rural não possuía o curso normal. Além disso, o salário que o município pagava era suficiente para manter uma vida modesta e estava entre um dos menores do Brasil, como também o poder público local não oferecia cursos de formação para os professores e nem proporcionava condições para que estes estudassem em outras cidades.
Abstract: The subject of this search is the illiteracy combat in Uberlandia city through rural schools between 1936 and 1946. The problem was delimited in order to evidence rural schools goals in educate local population. As the main aims of this search we try to analyse the relation between National Education Cruzade and rural education in Uberlandia. The main objectives are: learn about rural education contribuitions as a way to educate country population; to verify the National Education Cruzade projects influence; to analyse the possible conexions between this crusade and local politics projects and then, to comprehend rural primary school teacher s profile. To cover these objectives we use as historic sources Rural School Meeting Minutes, Advisory Board Minutesm, newspapers, rural student s notebooks, photos and rural former teachers interviews. The results that we get allow us to say that illiteracy combat was defended in national levels and local authorities agreed with this objective, as an example, these authorities reproduced the Cruzade speech about educate local population needing, which had as consequence an increase number os rural schools in this city. However, the interviewed former teachers who worked in rural schools said that they never heard or get to know about National Education Cruzade. We also learned through this investigation that most rural teachers was not graduated in teacher s school. The wage paid by the City Council was enough to maintain a modest life and it was one of the lowest wage paid comparing to the rest of the nation. Also, local public government did not offer training courses for teachers nor provide conditions to the teachers study in others cities.
Keywords: Ensino rural
Alfabetização
Cruzada nacional de educação
Professores
Rural education
Litteracy
National education cruzade
Teachers
Educação rural
Escolas rurais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: RIBEIRO, Cristiane Angélica. Escola rural e alfabetização: Uberlândia 1936 a 1946. 2009. 145 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13781
Issue Date: 20-Feb-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf3.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.