Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13774
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Capacitação de treinadores no handebol brasileiro: a complexidade como alternativa de superação do modelo técnico-linear
metadata.dc.creator: Calegari, Décio Roberto
metadata.dc.contributor.advisor1: Inácio Filho, Geraldo
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Marcelo Soares Pereira da
metadata.dc.contributor.referee2: Grecco, Pablo Juan
metadata.dc.contributor.referee3: Moser, Alvino
metadata.dc.description.resumo: Essa pesquisa investigou as razões que impediram a transformação dos avanços quantitativos do Handebol Brasileiro, reconhecidos internacionalmente pela Federação Internacional de Handebol, ao conceder ao Brasil o Troféu Hans Bauman como o país que mais desenvolveu o handebol nos anos 1990, fossem transformadas em conquistas internacionais, isto é, por que tantas participações em Campeonatos Mundiais não permitiram às nossas seleções pelo menos a conquista de um lugar no podium, uma medalha, uma vez que, juntamente com a Rússia, o Brasil foi o único país a participar de todos os Campeonatos Mundiais no período em questão. A experiência acumulada em 24 anos de envolvimento com a modalidade, atuando em todos os campos possíveis da prática esportiva (atleta, árbitro, técnico e dirigente), permitiu ao autor acompanhar a evolução do handebol brasileiro e constatar a importância do papel do treinador no contexto de desenvolvimento do handebol, posição compartilhada por vários autores: Greco (1995), Czewerniski (1993), Marques (2000), Bota e Evoluet (2000), estabelecendo como hipótese para a solução do problema a necessidade de superação do atual modelo de capacitação do treinador de handebol brasileiro, caracterizado por ações pontuais, pela fragmentação e pela importação de modelos que não são adequados à realidade brasileira, razão pela qual os avanços quantitativos não foram traduzidos em conquistas internacionais. Identificada à importância do papel do treinador e constatado o anseio da classe por transformações na atual realidade, o autor fundamenta a discussão dessa realidade no referencial teórico da Complexidade proposta por Edgar Morin (2002, 2001, 2000a, 2000b), utilizando o domínio integral do conhecimento como categoria central, de forma que o treinador a ser capacitado possa superar a dualidade corpo-mente, compreender as relações e interações que as múltiplas dimensões da prática esportiva proporcionam e desenvolver a capacidade de eleger o conhecimento pertinente à construção de uma prática consciente e conscientizadora. Fundamenta crítica contumaz ao modelo técnico-linear de apropriação do conhecimento, predominante na capacitação do treinador de handebol brasileiro, e se apóia no modelo reflexivo/investigativo para construir uma proposta que pretende estimular a curiosidade e semear a investigação.
Abstract: This research has investigated the reasons that prevented the transformations of Brazilian handball s quantity progress, recognized internationally by International Handball Federation by conceding to Brazil Hans Bauman Trophy as the country that more developed handball in the nineties, in international victories, that is, why too many participations in World Championships did not permit Brazilian Teams to get, at least, one place on the podium (one medal), since Brazil, as Russia, was the only country to take part in all World Championships during the time mentioned above. With a 24-year experience with the modality and acting in all possible levels of sports practice (athlete, referee, coach and manager) the author could accompany Brazilian handball s evolution and verify the importance of the coach in the context of handball s development opinion shared by several authors: Greco (1995), Czewerniski (1993), Marques (2000), Bota and Evoluet (2000). He establishes, as hypothesis for the solution, the necessity of overcoming the present model of qualification for Brazilian handball coach, characterized by punctual actions, fragmentation and importation of models which are not adequate to Brazillian reality, reason for why the quantity progress was not transformed in international victories. Identified the importance of the coach s role and testified the coach-class anxiety for changes in the present reality, the author based his discussion about this reality on the theoretical reference of Complexity proposed by Edgar Morin (2002, 2001, 2000a, 2000b), using the whole property of knowledge as a central category, so that the coach to be qualified can overcome body-mind duality, understand the relations and interactions that the multiple dimensions of the sports practice can provide and develop the ability of electing the pertinent knowledge to the construction of a conscious practice able to generate conscious people. The author bases contumacious critique to the line-thecnical model of acquiring knowledge, predominant in the Brazilian handball coach s qualification, and rests on investigative/reflexive model to construct a propose that intends to estimulate curiosity and spread investigation.
Keywords: Handebol - Treinadores - Estudo e ensino (Educação permanente)
Handebol - Treinadores - Formação
Handebol - História
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: CALEGARI, Décio Roberto. Capacitação de treinadores no handebol brasileiro: a complexidade como alternativa de superação do modelo técnico-linear. 2002. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2002.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13774
Issue Date: 22-Jul-2002
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Decio.pdf299.63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.