Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13764
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A educação na reestruturação produtiva do capital: um estudo sobre as reformas educativas e seu impacto no trabalho docente na Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais (2003-2008)
metadata.dc.creator: Brito, Lucia Elena Pereira Franco
metadata.dc.contributor.advisor1: França, Robson Luiz de
metadata.dc.contributor.referee1: Lucena, Carlos Alberto
metadata.dc.contributor.referee2: Moraes, Simone Alves
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa busca analisar as novas configurações que o trabalho docente vem assumindo, na Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais, de 2003 a 2008, uma vez que a política educacional empreendida, nesse período, pelo governo Aécio Neves em consonância com os princípios mais gerais que norteiam a reforma do aparato institucional do Estado, denominada Choque de Gestão tem impactado significativamente no trabalho dos professores nas escolas públicas mineiras. Utilizando-se da pesquisa bibliográfica e da análise documental, contextualiza a recente reestruturação ocorrida no modo de produção capitalista, com destaque para as mudanças ocorridas na esfera política, no mundo do trabalho e também no campo educacional, abordando as novas funções atribuídas ao trabalho docente no contexto das reformas educativas de inspiração neoliberal. Analisa também os pontos relevantes do Choque de Gestão, identificando rupturas e continuidades nas políticas implementadas no Estado mineiro das duas últimas décadas do século XX em diante. Finalmente, faz um levantamento das medidas educacionais empreendidas por Neves e da racionalidade nelas presente, com vistas a elucidar como tais ações e princípios vêm repercutindo na conformação do trabalho do professor na REE/MG, tanto no que se refere à organização do trabalho escolar, quanto aos processos que normatizam a carreira e a remuneração docente. Os resultados apontam que, por meio da contradição profissionalização/precarização, têm sido realizados consideráveis esforços no sentido de conferir novas dimensões ao trabalho docente, ajustando os professores aos padrões societais atuais e, ao mesmo tempo, elegendo a docência como locus privilegiado, pelo potencial disseminador, para reafirmar os valores pertinentes ao hegemônico pensamento neoliberal.
Abstract: This research aims at analyzing the new measures that teaching work has been taking on in the State-Owned Teaching Schools in Minas Gerais, from 2003 to 2008, bearing in mind that the educational policies pursued during this period by the Aécio Neves Government in line with the broader principles that guide the reform of the institutional apparatus in the State, known as Shock Management have been creating a great impact on the teachers work at the State-Owned Schools of Minas Gerais. Bibliographic research and documental analysis have been used which contextualize the recent restructure carried out in the capitalist way of production, highlighting the changes occurred in the political sphere, in the world labor market as well as in the educational field, approaching the new functions attributed to the teaching work in the context of the educational reforms with neo-liberal inspiration. This research also analyses the strong points of Shock Management, identifying the breaks and continuities of the implemented policies in the State of Minas Gerais over the past two decades of the twentieth century and onwards. Finally, a survey of the educational measures undertaken by Neves have been carried out as well as their rationale, and this had the aim of elucidating how such actions and principles have been affecting the shape of the teaching work in the State-Owned Teaching Schools of Minas Gerais, all of which regarding both the school organization work and the process that rule teaching remuneration and career. The results have shown that, through contradiction professionalization/precarization, great efforts have been made in order to give new dimensions to the teaching work, thus adjusting teachers to the current societal standards and, at the same time, electing teaching as the privilege locus, by the potential dissemination, to reaffirm the pertinent values to the hegemonic neo-liberal thinking.
Keywords: Política educacional
Trabalho docente
Profissionalização
Precarização
Educational policies
Teaching work
Professionalization
Precarization
Educação e Estado - Minas Gerais
Professores - Formação
Escolas públicas - Condições de trabalho
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: BRITO, Lucia Elena Pereira Franco. A educação na reestruturação produtiva do capital: um estudo sobre as reformas educativas e seu impacto no trabalho docente na Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais (2003-2008). 2008. 174 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13764
Issue Date: 17-Dec-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucia.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.