Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13696
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Trabalho docente, políticas de avaliação em larga escala e accountability no Brasil e em Portugal
metadata.dc.creator: Richter, Leonice Matilde
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Maria Vieira
metadata.dc.contributor.referee1: Mendes, Olenir Maria
metadata.dc.contributor.referee2: Valente, Lucia de Fatima
metadata.dc.contributor.referee3: Fernandes, Domingos Manuel Barros
metadata.dc.contributor.referee4: Sordi, Mara Regina Lemes de
metadata.dc.description.resumo: A tese se propõe a aprofundar estudos acerca das novas configurações da avaliação em larga escala e suas repercussões no trabalho docente e na organização do trabalho escolar, tendo como campo empírico as realidades brasileira e lusitana. No que tange aos aspectos metodológicos, materializamos o estudo por meio de questionários e entrevistas em nove escolas na cidade de Braga, Portugal, com o envolvimento de 35 sujeitos da rede pública que atuam no Ensino Básico. No Brasil, a pesquisa abarcou 29 escolas, com a participação de 225 sujeitos, sendo 141 que atuam como docentes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, 55 Especialistas da Educação Básica e 29 diretores. Utilizamos como categorias de análise das condições do trabalho docente: as condições de trabalho na escola; as condições de trabalho do professor como categoria profissional; e as condições de trabalho para a autonomia e autoridade do professor na docência. A partir da imersão no campo empírico, evidenciam-se repercussões objetivas e subjetivas dos testes estandardizados sobre o trabalho docente, tais como: colaboraram para a ampliação do compromisso da escola em relação ao processo educativo dos estudantes; a avaliação em larga escala, em grande medida, contribui para o arrefecimento da autonomia escolar, mediante imposição de medidas padronizadas; produzem novas composições e formatos para o currículo escolar, uma vez que direcionam disciplinas e conteúdos avaliados; a avaliação é priorizada como o mais potente processo meritocrático e competitivo, em sintonia com a lógica mercantil; a projeção da ampliação de índice nas avaliações não foi acompanhada de melhoras significativas das condições necessárias ao trabalho do professor no processo educacional no Brasil; as políticas de avaliação, em certa medida, desresponsabilizam o Estado da consolidação das mudanças estruturais em prol da qualidade da educação e imputam ao professor a responsabilidade unilateral por conquistar tal melhoria; no modelo de Estado gerencial, o padrão de avaliação em larga escala está baseado no desempenho dos estudantes em testes estandardizados; os testes instigam a formação de novos valores docentes, subjetividades e relações do professor com os estudantes, entre os colegas de trabalho e com a prática docente, o que segue uma tendência internacional; há limitada apropriação e utilização dos índices pelos profissionais da escola, assim como do Estado em prol da consolidação de políticas públicas necessárias para a garantia da qualidade educacional; e os testes têm gerado novas demandas de trabalho, e para atender às metas externas em condições precárias do magistério, se potencializa a intensificação do trabalho docente.
Abstract: The thesis aims to deepen studies on the new settings of assessment on a large scale and its impact on teaching work and the organization of school work, considering as an empirical field the Brazilian and Lusitanian realities. In relation to methodological aspects, we materialized the study through questionnaires and interviews in nine schools in Braga, Portugal, involving 35 subjects of the public network who work in Basic Education. In Brazil, the research embraced 29 schools, with the participation of 225 subjects, in which 141 work as teachers on 5th and 9th grades of elementary school, 55 Basic Education Specialists and 29 directors. We used as categories of analysis about the conditions of teaching work: the working conditions at school; the teacher s working conditions as a professional category; and working conditions for teacher s autonomy and authority in teaching. From the immersion in the empirical field, we evidenced objective and subjective effects of standardized tests on teaching, such as: cooperate to expand the school s commitment concerning the students education; the large scale assessment mostly contributes to the minimization of school autonomy, by imposing standard measurements; produce new compositions and formats for the school curriculum, as they direct evaluated subjects and contents; the evaluation is prioritized as the most powerful meritocratic and competitive process, in keeping with the market logic; the projection of the rate expansion in the assessments was not accompanied by significant improvements of the necessary conditions for the teacher s work in the educational process; assessment policies, to a certain extent, withdraw the responsibility of the State for the consolidation of structural changes for the quality of education and impute the teacher a unilateral responsibility for secure this improvement; in the managerial State model, the pattern of large-scale assessment is based on students performance on standardized tests; tests instigate the formation of new teachers values, subjectivities and teacher relationships with students, between coworkers and with the teaching practice, which follows an international tendency; there is a limited appropriation and use of indicators by school professionals as well as the State towards the consolidation of necessary public policies to guarantee the quality of education; and tests have engendered new demands of work, and to meet the external targets in precarious conditions of teaching work, the intensification of teachers work is strengthened.
Keywords: Políticas públicas de avaliação em larga escala
Estado
Trabalho docente
Accountability
Public policies of large-scale assessment
State
Teaching work
Políticas públicas - Educação
Avaliação educacional
Prática de ensino
Professores
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: RICHTER, Leonice Matilde. Trabalho docente, políticas de avaliação em larga escala e accountability no Brasil e em Portugal. 2015. 450 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13696
Issue Date: 28-Apr-2015
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TrabalhoDocentePoliticasAvaliacao.pdf4.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.