Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13634
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title:  O gigante dos pés de barro : capitalismo e desenvolvimento sustentável
Other Titles:  THE FEET OF CLAY GIANT : Capitalism and Sustainable Development
metadata.dc.creator: Fonseca, Valter Machado da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cunha, Ana Maria de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Antunes, Ricardo Luiz Coltro
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Marcelo Soares Pereira da
metadata.dc.contributor.referee3: Novais, Gercina Santana
metadata.dc.contributor.referee4: Fonseca, Fábio César da
metadata.dc.description.resumo: Este estudo é resultado de vários anos de reflexão acerca das grandes problemáticas socioambientais que ganharam notoriedade a partir da década de 1960 do século XX e que, agora, ocupam a centralidade dos debates nos círculos acadêmicos, científicos e na sociedade de forma geral. A investigação tem por problema central, averiguar as contradições, incongruências, conflitos e fragilidades que permeiam tanto o conceito, como também as práticas que envolvem a proposta de desenvolvimento sustentável em níveis global e de Brasil. A metodologia utilizada neste estudo foi de cunho bibliográfico e análise documental acerca de entrevistas e depoimentos sobre as principais temáticas envolvidas no conceito e nas práticas relativas à temática em estudo. O método de análise utilizado tem por base o materialismo histórico ancorado num campo teórico contra-hegemônico composto por estudiosos que fazem o contraponto à lógica do atual modelo econômico de produção, o capitalismo. Essas temáticas tornam-se cada vez mais relevantes, diante dos sérios problemas socioambientais que marcam a sociedade moderna. Sua solução e/ou minimização esbarram, sempre, nos mecanismos que mantém a lógica da reprodução e expansão do capital, cujos projetos, a nosso ver, são inconciliáveis com quaisquer propostas que visem à sustentabilidade ambiental, bem como com a minimização da pobreza e das desigualdades sociais. Para levar a bom termo a elucidação do problema, a pesquisa busca a desconstrução do conceito e dos princípios do desenvolvimento sustentável, edificado sob a lógica da dinâmica social, política e econômica do capital. Neste sentido, procuramos dissecar o conceito, decifrando suas entrelinhas, e as estratégias capitalistas utilizadas para sua construção. Com a mesma preocupação analisamos as ações e proposições advindas das conferências ambientais mundiais, procurando desvelar as armadilhas e artimanhas utilizadas pelos diversos setores do capital envolvidos na preparação e nos debates inseridos em tais eventos. A pesquisa nos demonstrou que o conjunto de forças que compõe o campo hegemônico do capital possui interesses e anseios opostos à construção efetiva de quaisquer proposições que visem à preservação dos recursos do planeta e a minimização da pobreza. Assim, um modelo econômico que por si mesmo, carrega em suas estruturas internas um alto potencial destrutivo, sob nenhuma hipótese comprometeria parte de seus lucros para amenizar os gravíssimos problemas socioambientais que ele mesmo produziu. Pois, se ele assim o fizesse estaria evidenciando suas próprias fragilidades e contradições, as quais caracterizam seu estágio avançado de crise estrutural. Então, sob estas condições este estudo aponta que a única maneira de atenuar, de forma efetiva, os gravíssimos problemas socioambientais que tanto angustiam a humanidade nos tempos d agora, passa, necessariamente, pela superação definitiva do capitalismo e todas suas formas de dominação.
Abstract: This study resulted from many years of reflexion about big socio-environmental problems that gain more notoriety from 1960´s decade and now, had occupied a central place in the academic debates and the society in general. The investigation has as central problem, to verify the contradictions, inconsistencies, conflicts and weaknesses all around the concept, and also practices that envolved the proposal of sustainable development in brazilian and global levels. The methodology used in this study was mainly bibliographic and document analysis using interviews e testimonials about the key issues involved in the concept and practices related to the studied topic. The analysis method used is based on the historical materialism anchored in the theorethical counter-hegemonic camp composed by scholars who make the logical counterpoint to the current economic model of production, the capitalism. These issues are becoming increasingly relevant face to the serious socioenvironmental problems of the modern society. Its solution and/or minimization are always stopped by mechanisms that maintain the reproduction logic and expansion of capital whose projects, in our point of view, are inconciliabe with any other proposals aiming the environmental sustainability, as well as the minimization of poverty the social inequalities. To successfully complet the elucidation of the problem, this research seeks the desconstruction of the concept and the principles of sustainable development, built on the social, politic and economic dynamic logic of capital. For so, we tried to dissect the concept, deciphering it, and the capitalist strategies used for its construction. With the same matter, we analysed the actions and propositions coming from world environmental conferences, seeking to reveal the traps and tricks used in such events. The research showed that the set of forces of the hegemonic camp of capital had opposed interests and aspirations to the effective construction of any other propositions seeking to preserve planet resources and the poverty minimization. So, an economic model that carries in its internal structures a high destructive potential, under no circumstances will compromise part of their profits in order to alleviate the grave socioenvironmental problems produced. Because, it´s done it will evidenciate its weaknesses and contradictions, which should characterize its advanced stage of structural crisis. So, in these conditions the study shows that the unique way to mitigate, effectively, the serious socioenvironmental problems afflicting the humanity now, will pass necessarily by, the definitive overcoming of the capitalism and all kinds of domination.
Keywords: Capitalismo
Ambiente
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento econômico - Aspectos sociais
Desenvolvimento econômico - Aspectos ambientais
Relação capital/natureza
Desenvolvimento sustentável
Fragilidades conceituais
Contradições práticas
Capitalism
Relation capital/nature
Sustainable development
Conceptual weaknesses
Practical contradictions
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: FONSECA, Valter Machado da. THE FEET OF CLAY GIANT : Capitalism and Sustainable Development. 2012. 334 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13634
Issue Date: 18-Oct-2012
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
t.pdf2.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.