Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13631
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Educação ambiental como disciplina na formação dos biólogos: um estudo de caso na Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.creator: Tavares Júnior, Melchior José
metadata.dc.contributor.advisor1: Cunha, Ana Maria de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Freitas, Denise de
metadata.dc.contributor.referee2: Cicillini, Graça Aparecida
metadata.dc.contributor.referee3: Novais, Gercina Santana
metadata.dc.contributor.referee4: Sorrentino, Marcos
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da presente pesquisa foi analisar a disciplina Educação Ambiental (EA), do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), ministrada em 2009/1 e 2009/2, para entender seus limites e possibilidades para o desenvolvimento da Educação Ambiental na formação do biólogo, tendo como parâmetros as orientações de Tbilisi e a discussão teórica a respeito. A discussão teórica sobre disciplina, especialização, currículo e interdisciplinaridade no contexto da mudança de paradigma da Ciência também foi considerada para sustentação da análise, bem como a relação entre a Biologia e a questão ambiental. Dentro da pesquisa qualitativa, optei pelo estudo de caso, o qual vem sendo bastante utilizado desde a década de 1990 por pesquisadores da EA. Selecionei a disciplina como um caso, abrangendo nele os alunos, a docente responsável, as práticas disciplinares em sala e em campo e a inserção da mesma na área de Prática de Ensino, no Projeto Pedagógico do curso e no Instituto de Biologia da UFU. As estratégias para a construção dos dados da pesquisa foram a observação e participação nas aulas nos dois semestres, análise do projeto pedagógico do curso, aplicação de questionário para os alunos da turma, entrevista com alguns alunos que cursaram as disciplinas e entrevista com a professora responsável. A análise dos dados permitiu a construção das seguintes categorias: a disciplina no projeto pedagógico do curso; a presença da disciplina no curso; a carga horária e a localização da disciplina na grade curricular; a disciplina e as concepções dos alunos sobre EA; estratégias didáticas da disciplina; os Estudos Culturais na disciplina; a disciplina e a pesquisa em EA; a disciplinaridade e a interdisciplinaridade da EA e a postura docente durante a disciplina. A pesquisa evidenciou a dificuldade para o trabalho interdisciplinar entre os próprios professores das disciplinas do núcleo de formação pedagógica; a oferta da disciplina no final do curso diminuiu as possibilidades do envolvimento dos alunos com a pesquisa na área; o grande volume e a complexidade dos textos utilizados trouxeram algumas dificuldades para os futuros biólogos; apesar do estranhamento dos alunos à natureza antrópica adotada na disciplina, a mesma foi muito valorizada por eles; não houve grandes avanços entre os alunos na concepção Tradicional de EA; a carga horária foi insuficiente para a parte prática bem como para o desenvolvimento de projetos de transformação social; os Estudos Culturais perpassaram a disciplina com uma bem explorada utilização de filmes e textos bastante instigantes. A análise dos dados subsidiada pelo referencial teórico escolhido indicou que o oferecimento da Educação Ambiental como disciplina, embora não se constitua em uma situação ideal consiste em um avanço para sua inserção no curso e que a disciplina atende alguns pressupostos para a Educação Ambiental acenados em Tbilisi, indo além dessas orientações sob influência de outros aportes teóricos que subsidiam as discussões na área.
Abstract: The aim of this study was to analyze the subject \"Environmental Education\" offered in the course of Biological Sciences - Federal University at Uberlândia, from 2009/1-2, to understand its limits and possibilities for the improvement of the Environmental Education in the formation of a biologist. The parameters and guidelines were taken from Tbilisi theoretical discussion. The discussion about subject, specialization, curriculum and (inter)disciplinarity in the context of the ongoing paradigm changes in Science also was considered to the analysis and the relationship between Biology and environmental issues. Within the qualitative research, we have chosen the case study, which has been widely used since the 1990s by researchers of Environmental Education. We have selected the discipline as a case, covering the students, the teacher in charge, practices in the classroom and in the field, as well as its insertion in the area of Teaching Practice of the Course Pedagogical Program and at the Institute of Biology of UFU. The strategies for the construction of the survey data were observation and participation in class in two semesters, analysis of the pedagogical course program, a questionnaire for students, interviews with some students who attended the courses and interview with the teacher in charge. The data analysis allowed the construction of the following categories: the subject in the course pedagogical project of the course; the subject in the course; the hours and location of the subject in the curriculum; the subject and students\' conceptions about Environmental Education; the teaching strategies in the subject; cultural studies in the subject; the subject and the research in Environmental Education; (inter)disciplinarity of the subject and the teaching practices during the subject. The research evidenced the difficulty for interdisciplinary work between the teachers; offering the discipline at the end of the course decreased the chances of the students involvement in research in the area, and the great volume and complexity of the texts used brought difficulties to the future biologists; despite the strangeness of the students to the anthropogenic nature adopted in the subject, it was very appreciated by them; no major advances were found in the students conception of Environmental Education; the course hours were insufficient for practice as well as for the development of projects of social changes; cultural studies permeated the subject with a well explored use of films and texts quite instigating. Data analysis subsidized by the theoretical referential chosen indicated that the offer of Environmental Education as a discipline, though it doesn t constitute in an ideal situation consists of an advance to its insertion on the course and that the course meets some assumptions for environmental education waved in Tbilisi going beyond these guidelines under the influence of other theoretical contributions that support the discussions in the area.
Keywords: Educação ambiental
Ciências biológicas
Disciplinaridade
Interdisciplinaridade
Estudos culturais
Estudo de caso
Environmental education
Biological sciences
(inter)disciplinarity
Cultural studies
Case study
Educação ambiental
Biologia Estudo e ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: TAVARES JÚNIOR, Melchior José. Educação ambiental como disciplina na formação dos biólogos: um estudo de caso na Universidade Federal de Uberlândia. 2012. 206 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13631
Issue Date: 19-Mar-2012
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
t.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.