Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13624
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Histórias de vida de professoras e ensino de biologia no Brasil : formação, saberes e práticas docentes
metadata.dc.creator: Longhini, Iara Maria Mora
metadata.dc.contributor.advisor1: Cicillini, Graça Aparecida
metadata.dc.contributor.referee1: Cunha, Myrtes Dias da
metadata.dc.contributor.referee2: Guimarães, Selva
metadata.dc.contributor.referee3: Veiga, Ilma Passos Alencastro
metadata.dc.contributor.referee4: Selles, Sandra Escovedo
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho teve como objetivo relacionar as histórias de vida de professoras de Biologia, seus saberes profissionais e suas práticas docentes aos diferentes contextos políticoeducacionais enfrentados por esta área do saber, no período de 1960 a 2010. A pesquisa pautou-se na narrativa biográfica, utilizando-se da história de vida como recurso metodológico no campo da pesquisa educacional qualitativa. As nove colaboradoras eram docentes de Biologia, pós-graduadas em mestrado e/ou doutorado, que atuam ou atuaram profissionalmente em distintas regiões geográficas do país. Algumas são graduadas em História Natural; outras em Ciências Biológicas modalidade licenciatura curta ou plena, considerando os contextos sociopolíticos de época. O currículo dos cursos de formação inicial de algumas professoras revela o modelo da racionalidade técnica. A escolha pela área da Biologia manifestou-se de forma diversificada; desde o gosto pela natureza, até a influência de algumas pessoas, como pais e professores, por exemplo. Já a opção pela docência aconteceu por motivações que iam desde a obtenção de recursos financeiros à realização de um sonho. A formação continuada das participantes da pesquisa ocorreu em cursos de pós-graduação lato ou stricto sensu, em cursos de capacitação em serviço ou por meio de parcerias entre instituições de ensino superior e escolas de educação básica. A maioria delas atua, ou atuou, na docência superior na área de Educação, com a formação de professores. O ingresso na carreira docente provocou sentimentos de solidão e insegurança. Com relação ao currículo dessa disciplina, no nível médio da educação básica, identificamos diferentes posturas, desde aquelas que se submeteram acriticamente a seus ditames, até aquelas que sempre o questionaram. Algumas docentes indicaram a influência do projeto americano Biological Science Curriculum Study, outras indicaram o livro didático como principal recurso curricular. As manifestações a respeito do final da carreira docente variaram. Registramos sentimentos de alívio, principalmente por libertarem-se da burocracia; considerações desse momento como o ápice da carreira, quando são reconhecidas pelo trabalho realizado, bem como o fato de ser um instante impregnado de muita emoção. Assim, pelos registros de nossas depoentes, consideramos que ser professora de Biologia, no Brasil, tem particularidades próprias da área, pois permite a construção de saberes e práticas específicas, mas, antes de tudo, é uma atividade profissional exercida por seres humanos que são únicos e que impregnam esta profissão de aspectos pessoais e profissionais que só são revelados a partir de suas histórias e contextos de vida.
Abstract: This study aimed to relate the life stories of teachers of biology, his professional knowledge and their teaching practices to the different political and educational contexts faced by this area of knowledge in the period 1960 to 2010. The research was based on the biographical narrative, using life history as a methodological resource in the field of qualitative educational research. The nine contributors were professors of biology, in post-graduate master's and / or PhD, acting or acted professionally in different geographical regions of the country. Some are graduated in Natural History; other in Biological Sciences - full or short form degree, considering the socio-political contexts of the time. The curriculum of training of some teachers reveal the model of technical rationality. The choice expressed by the area of biology is so diverse: from the love of nature, to the influence of some people, like parents and teachers, for example. Since the choice of teaching happened for reasons ranging from obtaining financial resources for realization of a dream. The continuing education of the study participants occurred in post-graduation lato or sensu stricto in in-service training courses or through partnerships between institutions of higher education and basic education schools. Most of these acts, or has served in teaching in the area of higher education with teacher training. Entry into the teaching profession has caused feelings of loneliness and insecurity. With regard to the curriculum of the discipline, the average level of basic education, we identified different positions, from those who underwent uncritically to its rules, even those who always questioned. Some teachers indicated the influence of the American project Biological Science Curriculum Study, others indicated the textbook as the main feature of the curriculum. Demonstrations about the end of his career teaching varied. Recorded feelings of relief, mainly to free themselves of bureaucracy; considerations of this moment as the climax of his career, when they are recognized for their work, as well as the fact that a lot of time steeped in emotion. Thus, the records of our interviewees, considered to be a biology professor in Brazil, the area has its own characteristics, it allows the construction of knowledge and specific practices, but above all, is a professional activity exercised by human beings who are unique and that permeate this profession of personal and professional aspects which are only revealed from their stories and life contexts.
Keywords: Ensino de biologia
História de vida de professoras
Docentes de biologia
Saberes e práticas pedagógicas
Teaching of biology
Life history of female teachers
Faculty of biology
Knowledge and pedagogical practices
Biologia - Estudo e ensino - Brasil - História
Professores - Formação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: LONGHINI, Iara Maria Mora. Histórias de vida de professoras e ensino de biologia no Brasil : formação, saberes e práticas docentes. 2011. 291 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13624
Issue Date: 15-Dec-2011
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese iara.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.