Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13536
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Restrição externa, dependência estrutural de commodities primárias e o investimento direto externo no Brasil
Other Titles: External restriction, primary commodities structural dependence and foreign direct investment in Brazil
metadata.dc.creator: Nascimento, Erica Patente
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Carlos Alves do
metadata.dc.contributor.referee1: Almeida Filho, Niemeyer
metadata.dc.contributor.referee2: Sampaio Júnior, Plínio Soares de Arruda
metadata.dc.description.resumo: Tendo como ponto de partida a discussão sobre o processo de reprimarização da pauta exportadora brasileira, ou ainda, sobre um processo de desindustrialização das vendas externas do país, este trabalho propõe que a discussão, na verdade, deve se dar sobre a existência de uma dependência estrutural de commodities como forma de enfrentar a restrição externa. Procura-se também mostrar que, historicamente, o caminho percorrido para o desenvolvimento da economia brasileira tem dependido do capital estrangeiro, principalmente na sua forma de Investimento Direto Externo (IDE), e dos saldos gerados por bens primários, o que nos leva a tentar compreender o impacto desse capital para o equilíbrio do Balanço de Pagamentos brasileiro e da própria economia. Esses pontos foram discutidos à luz de pensadores clássicos da economia brasileira como Francisco de Oliveira, Caio Prado Jr. e Celso Furtado, assim como também com a utilização de estudos recentes que contribuem para o apontamento das causas e conseqüências da dependência do capital externo na conjuntura atual. As conclusões a que se chega no final do trabalho apontam para o fato de que a especialização em bens de baixo valor agregado da pauta comercial brasileira não é algo recente. O Brasil é, historicamente, um país competitivo em produtos primários. Enquanto isso, a pauta importadora do país sempre foi um fator de pressão do Balanço de Pagamentos nacional, estando composta por produtos de maior valor agregado. Segundo alguns estudiosos, essa característica da economia brasileira seria superada com o processo de abertura econômica, o qual atrairia capital externo que possibilitaria a modernização do setor produtivo brasileiro. No entanto, podemos afirmar que o IDE, da forma como tem se instalado no país, não oferece saída para a dependência estrutural de commodities como geradoras de saldo do Balanço de Pagamentos, sendo que o padrão de competitividade internacional do país não sofreu alterações significativas continuando defasado em relação ao padrão mundial que tem se intensificado em produtos de maior valor agregado. A alteração do padrão de inserção nacional em direção a produtos mais intensivos em tecnologia é de grande importância para a superação do quadro histórico de dependência estrutural de commodities, tornando assim o país menos vulnerável a choques externos.
Abstract: As the beginning of the discussion about the reprimarization process of the Brazilian exportations, or about a deindustrialization process of the country foreign sales, this study purpose that the discussion, actually, should be about the existence of the commodities structural dependence as a way to face the foreign restrictions. Therefore the intention is to show that, historically, the way that the Brazilian economy has crossed for its development depends of the foreign capital, mainly in its way of Foreign Direct Investment (FDI), and in the balance generated by the primary products, which make us try to understand the impact of this capital for the equilibrium of the Brazilian Payment Balance and also for the economy. These points were discussed not only based on the Brazilian classic writers as Francisco Oliveira, Caio Prado Jr. and Celso Furtado, but also using the newest studies which contributes to point the causes and consequences of the external capital dependence in the actual scenario. The conclusions acquired in the end of the study, indicates the fact that the Brazilian specialization in products of low aggregated value is not recent. Brazil is, historically, a competitive country in primary products. At the same time, the country importation always was a pressure factor of the National Payments Balance, being composed by products with more aggregated value. According to some authors, this characteristic of the Brazilian Economy will be surpassed with the economic opening process, which will attract external capital making possible the modernization of the Brazilian productive sector. Therefore, we can claim that the FDI, in the way it has been inserted in the country, does not offer the opportunity to get out of the commodities dependence, as generators of the payment balances, because the country international competitive standard didn t get any important changes, keeping itself out of the step related to the global standard which has been intensified in products with more aggregated value. The changes in the national insertion standard directed to more technological products is really important to surpass the historical scenario of commodities dependence, making the country less vulnerable to external crisis.
Keywords: Restrição externa
Commodities primárias
Investimento direto externo
External restrictions
Primary commodities
Foreign direct investment
Produtos primários Brasil
Brasil Condições econômicas
Comércio exterior
Relações econômicas internacionais - Brasil
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: NASCIMENTO, Erica Patente. External restriction, primary commodities structural dependence and foreign direct investment in Brazil. 2011. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13536
Issue Date: 21-Sep-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf898.86 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.