Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13495
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Brasil: desnacionalização e dependência de commodities agrícolas e minerais
metadata.dc.creator: Silva, Betânia Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Carlos Alves do
metadata.dc.contributor.referee1: Avellar, Ana Paula Macedo de
metadata.dc.contributor.referee2: Souza, Marcelino de
metadata.dc.description.resumo: A pauta de exportações brasileira permanece concentrada, desde os primórdios da formação da nação, em commodities primárias, produtos intensivos em trabalho e recursos naturais e com baixo teor de tecnologia, enquanto que suas importações se concentram em produtos com alta e média intensidade tecnológica. Deste modo, o Brasil apresenta uma dependência estrutural com relação àquele perfil de exportações como motor primus da dinâmica econômica nacional e uma forte dependência de tecnologia estrangeira. Tais dependências são agravadas pelo histórico déficit em Transações Correntes e pelo aprofundamento do processo de desnacionalização da economia, os quais determinam a necessidade de se remeter lucros, dividendos, royalties e licenças, e se pagar juros de empréstimos ao exterior, corroendo, assim, grande parte das divisas que são geradas pelas exportações. Os dados que estão apresentados ao longo do trabalho permitem constatar que no Brasil não ocorre uma tendência de re - primarização, porque, de fato, a relação de dependência com os produtos primários ainda não foi quebrada.
Abstract: The list of Brazilian exports products remains concentrated, since the beginning of the formation of nation, in commodities primary, intensive work and natural resources products and low content of technology, while, their imports are concentrated on products with high and medium intensity of technology. Thus, Brazil has a structural dependence profile for those exports as motor primus of national economic dynamics and a strong dependence of foreign technology. These dependencies are aggravated by the historical deficit in currents account and by the deepening of economy denationalization, which determine the need to refer profits, dividends, royalties and licenses, and to pay interest of loans to the outside, corroding, thus, a great part of currency generated by exports. The data presented in this work allow to note that in Brazil there is not a trend of reprimarization, because, actually, the dependence relation with primary products has not yet been broken.
Keywords: Exportações
Importações
Dependência
Commodities
Tecnologia
Desnacionalização
Transações correntes
Exports
Imports
Dependency
Technology
Denationalisation
Current account
Desenvolvimento econômico
Economia agrícola - Brasil
Produtos primários
Produtos agrícolas - Comércio
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: SILVA, Betânia Pereira. Brasil: desnacionalização e dependência de commodities agrícolas e minerais. 2008. 136 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13495
Issue Date: 29-Sep-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
betania.pdf670.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.